||  Início  ->  Revista Pergunte e Responderemos

NÚMERO

-008 Março de 1957 (11)
-007 Junho de 1957 (8)
-006 Julho de 1957 (12)
-005 Agosto de 1957 (7)
-004 Setembro de 1957 (9)
-003 Outubro de 1957 (10)
-002 Novembro de 1957 (15)
-001 Dezembro de 1957 (12)
001 Janeiro de 1958 (11)
002 Fevereiro de 1958 (11)
003 Março de 1958 (12)
004 Abril de 1958 (11)
005 Maio de 1958 (9)
006 Junho de 1958 (10)
007 Julho de 1958 (10)
008 Agosto de 1958 (9)
009 Setembro de 1958 (10)
010 Outubro de 1958 (10)
011 Novembro de 1958 (9)
012 Dezembro de 1958 (12)
013 Janeiro de 1959 (7)
014 Fevereiro de 1959 (8)
015 Março de 1959 (7)
016 Abril de 1959 (7)
017 Maio de 1959 (9)
018 Junho de 1959 (7)
019 Julho de 1959 (8)
020 Agosto de 1959 (6)
021 Setembro de 1959 (7)
022 Outubro de 1959 (5)
023 Novembro de 1959 (7)
024 Dezembro de 1959 (6)
025 Janeiro de 1960 (6)
026 Fevereiro de 1960 (7)
027 Março de 1960 (6)
028 Abril de 1960 (9)
029 Maio de 1960 (6)
030 Junho de 1960 (9)
031 Julho de 1960 (8)
032 Agosto de 1960 (8)
033 Setembro de 1960 (7)
034 Outubro de 1960 (7)
035 Novembro de 1960 (7)
036 Dezembro de 1960 (7)
037 Janeiro de 1961 (7)
038 Fevereiro de 1961 (6)
039 Março de 1961 (5)
040 Abril de 1961 (6)
041 Maio de 1961 (5)
042 Junho de 1961 (5)
043 Julho de 1961 (6)
044 Agosto de 1961 (5)
045 Setembro de 1961 (6)
046 Outubro de 1961 (7)
047 Novembro de 1961 (6)
048 Dezembro de 1961 (5)
049 Janeiro de 1962 (7)
050 Fevereiro de 1962 (5)
051 Março de 1962 (5)
052 Abril de 1962 (6)
053 Maio de 1962 (7)
054 Junho de 1962 (5)
055 Julho de 1962 (6)
056 Agosto de 1962 (7)
057 Setembro de 1962 (7)
058 Outubro de 1962 (6)
059 Novembro de 1962 (5)
060 Dezembro de 1962 (8)
061 Janeiro de 1963 (6)
062 Fevereiro de 1963 (5)
063 Março de 1963 (5)
064 Abril de 1963 (5)
065 Maio de 1963 (6)
066 Junho de 1963 (5)
240 Dezembro de 1979 (1)
344 Janeiro de 1991 (8)
345 Fevereiro de 1991 (8)
346 Março de 1991 (9)
347 Abril de 1991 (8)
348 Maio de 1991 (6)
349 Junho de 1991 (9)
350 Julho de 1991 (5)
351 Agosto de 1991 (8)
352 Setembro de 1991 (7)
356 Janeiro de 1992 (9)
360 Maio de 1992 (1)
368 Janeiro de 1993 (7)
369 Fevereiro de 1993 (5)
370 Março de 1993 (5)
371 Abril de 1993 (6)
373 Junho de 1993 (9)
374 Julho de 1993 (8)
377 Outubro de 1993 (11)
379 Dezembro de 1993 (7)
380 Janeiro de 1994 (7)
381 Fevereiro de 1994 (7)
382 Março de 1994 (7)
383 Abril de 1994 (6)
385 Junho de 1994 (6)
386 Julho de 1994 (10)
387 Agosto de 1994 (7)
388 Setembro de 1994 (10)
389 Outubro de 1994 (10)
390 Novembro de 1994 (6)
391 Dezembro de 1994 (8)
392 Janeiro de 1995 (6)
393 Fevereiro de 1995 (7)
395 Abril de 1995 (10)
397 Junho de 1995 (6)
398 Julho de 1995 (10)
399 Agosto de 1995 (7)
400 Setembro de 1995 (8)
401 Outubro de 1995 (11)
402 Novembro de 1995 (8)
403 Dezembro de 1995 (8)
449 Outubro de 1999 (1)
457 Junho de 2000 (8)
468 Maio de 2001 (8)
491 Maio de 2003 (14)
500 Fevereiro de 2004 (9)
501 Março de 2004 (8)
504 Junho de 2004 (15)
505 Julho de 2004 (7)
506 Agosto de 2004 (15)
507 Setembro de 2004 (7)
508 Outubro de 2004 (12)
509 Novembro de 2004 (12)
510 Dezembro de 2004 (9)
513 Março de 2005 (10)
516 Junho de 2005 (12)
517 Julho de 2005 (13)
518 Agosto de 2005 (20)
519 Setembro de 2005 (12)
520 Outubro de 2005 (13)
521 Novembro de 2005 (12)
522 Dezembro de 2005 (12)
523 Janeiro de 2006 (11)
524 Fevereiro de 2006 (11)
525 Março de 2006 (14)
526 Abril de 2006 (12)
527 Maio de 2006 (13)
528 Junho de 2006 (15)
529 Julho de 2006 (14)
530 Agosto de 2006 (15)
531 Setembro de 2006 (13)
532 Outubro de 2006 (14)
537 Março de 2007 (13)
539 Maio de 2007 (14)
543 Setembro de 2007 (18)
545 Novembro de 2007 (12)
547 Janeiro de 2008 (14)
548 Fevereiro de 2008 (15)
549 Março de 2008 (13)
551 Maio de 2008 (14)
554 Agosto de 2008 (15)
555 Setembro de 2008 (13)
 
...CAPA*TÓPASSUNTOTÍTULO (hits/dia)AUTORHITS PDF
1 #REVISTA = 374 
alma = 3 
filhos = 3 
navio = 3 
deixa = 2 
ameaça = 2 
vida = 2 
qualquer = 2 
estagnação = 2 
humano = 2 
algo = 2 
PeRSabedoria A Alma Viajadora do teu Barco (0.83) Estêvão Bettencourt 2146
#174 Julho 1993, 01 [374, julho 1993, dom Hélder Câmara, peregrino, alma, acomodação]

Há breves dizeres que podem longamente impressionar os leitores, deixando-lhes margem para profícua reflexão. Entre outros, vão aqui transcritos alguns versos de D. Hélder Câmara.
2 #REVISTA = 555 
maná = 8 
vida = 5 
deus = 4 
sabores = 4 
século = 3 
história = 3 
culpa = 3 
insípido = 3 
anos = 2 
durante = 2 
PeRSabedoria O Pão de Mil Sabores (0.65) Estêvão Bettencourt 1722
#45 Setembro 2008, 01 [êxodo, Moisés, maná, 555, setembro 2008]

Narra o livro do Êxodo que o povo de Israel, atravessando o deserto no século XVI a.C, sentiu fastio do alimento que Deus lhe dava, o maná, e revoltou-se...
3 #REVISTA = 539 
você = 8 
lápis = 7 
qualidade = 5 
sempre = 5 
escrevendo = 4 
estou = 3 
lápis sempre = 2 
coisas = 2 
história = 2 
carta = 2 
PeRSabedoria A história do lápis (0.60) Estêvão Bettencourt 1596
#5 Maio 2007, 01 [sabedoria, 539, Maio 2007]

Uma história simples para ensinar crianças.
4 #REVISTA = 520 
passarinho = 5 
você = 4 
joelho = 4 
galho = 3 
cair = 3 
dobrado = 3 
joelho dobrado = 3 
maior = 2 
segurar = 2 
qualquer coisa = 2 
PeRSabedoria O Pássaro e a Oração (0.69) Estêvão Bettencourt 1579
#978 Outubro 2005, 15 [520, outubro 2005, parábola, oração, humildade, adoração]

Você já viu um passarinho dormindo num galho ou num fio, sem cair? Como é que ele consegue isso?
5 #REVISTA = 523 
pedra = 3 
bela escultura = 1 
escultura = 1 
extraiu-lhe bela = 1 
bela = 1 
esses = 1 
diferença = 1 
esses casos = 1 
casos = 1 
escultura esses = 1 
PeRSabedoria A Pedra (0.57) Estêvão Bettencourt 1509
#16 Janeiro 2006, 01 [superação, obstáculos, cruzes, 523, janeiro 2006]

6 #REVISTA = 519 
tempo = 10 
hora = 4 
valor = 3 
deus = 3 
vida = 3 
hoje = 2 
mortal = 2 
homem = 2 
passado = 2 
amanhã = 2 
PeRSabedoria O Valor do Tempo (0.65)S. Afonso de Ligório 1391
#1536 Setembro 2005, 15 [519, setembro 2005, tempo, eternidade]

Sêneca dizia que nada pode equivaler ao valor do tempo... E S. Agostinho dizia: como te podes prometer o dia de amanhã, se não dispões de uma hora de vida?
7 #REVISTA = 347 
tempos = 12 
roma = 5 
cristo = 4 
homem = 4 
cristão = 3 
maus = 3 
tempos maus = 3 
séculos = 2 
amor = 2 
século = 2 
PeRSabedoria "Os Tempos são Maus" (0.56) Estêvão Bettencourt 1341
#804 Abril 1991, 01 [347, abril 1991, Santo Agostinho, bem, mal, tempos]

Num de seus sermões, S. Agostinho referia-se a um chavão do linguajar de sua gente: "Os tempos são maus e ingratos! Outrora eram melhores!" Os cristãos o diziam no século V, apavorados pelas invasões dos bárbaros, que ameaçavam Roma e o Norte da África, onde Agostinho vivia. O mestre lhes -respondia: "Os tempos somos nós! Nós é que fazemos os tempos!"
8 #REVISTA = 548 
amigo = 6 
escreveu = 4 
pedra = 3 
areia = 3 
hoje = 2 
escreveu areia = 2 
apagar = 2 
deveremos = 2 
vento = 2 
melhor amigo = 2 
PeRSabedoria Lenda Árabe (0.62) Estêvão Bettencourt 1339
#1448 Fevereiro 2008, 15 [548, fevereiro 2008, perdão]

Diz uma lenda árabe que dois amigos viajavam pelo deserto, e em determinado ponto da viagem discutiram...
9 #REVISTA = 520 
bolas = 8 
coisas = 7 
pote = 6 
areia = 6 
professor = 6 
bolas golfe = 5 
café = 5 
golfe = 5 
pegou = 4 
gude = 4 
PeRSabedoria O café (0.57) Estêvão Bettencourt 1300
#1011 Outubro 2005, 15 [520, outubro 2005, parábola, prioridades]

Um professor, diante de sua classe de filosofia, sem dizer uma só palavra pegou um pote de vidro, grande e vazio, e começou a enchê-lo com bolas de golfe. Em seguida, perguntou aos seus alunos se o frasco estava cheio e, imediatamente, todos disseram que sim...
10 #REVISTA = 531 
possui = 2 
bandeja = 2 
cada possui = 1 
entristeça = 1 
cartão cada = 1 
cada = 1 
devolve-a cartão = 1 
flores devolve-a = 1 
cartão = 1 
ignorância = 1 
PeRSabedoria O que você possui? (0.59) Estêvão Bettencourt 1291
#1405 Setembro 2006, 15 [531, setembro 2006, coração]

"A língua do sábio adorna o conhecimento, mas a boca dos tolos derrama a estultícia" (Prov 15, 2).
11 #REVISTA = 545 
sabedoria = 9 
vida = 3 
deus = 3 
olhar = 3 
basta = 2 
trono = 2 
cristão = 2 
enviai-a = 2 
além = 2 
basta olhar = 2 
PeRSabedoria Dai-me a Sabedoria (0.62) Estêvão Bettencourt 1271
#1837 Novembro 2007, 15 [545, novembro 2007, sabedoria, Salomão, harmonia]

Uma das mais belas orações contidas no Antigo Testamento é a que se encontra em Sb 9, 1-6.9-11. "Deus de nossos pais,... dai-me a sabedoria que está junto a Vós no vosso trono". Que é essa sabedoria? É o atributo de Deus que deu existência harmoniosa e proporcionada a todas as coisas. Para reconhecê-la, basta olhar para a grandeza do universo e o equilíbrio dos astros; basta olhar também para o microcosmos...
12 #REVISTA = 525 
filho = 21 
pintura = 8 
leiloeiro = 8 
grande = 5 
soldado = 5 
leilão = 5 
obras arte = 4 
homem = 4 
deus = 4 
retrato = 4 
PeRSabedoria O Filho (0.52) Estêvão Bettencourt 1264
#605 Março 2006, 01 [525, março 2006, parábola, sinais]

Deus vem a nós por meio de sinais aparentemente inexpressivos. Feliz é quem compreende tal linguagem.
13 #REVISTA = 547 
persistência = 8 
poder = 4 
poder persistência = 3 
esforço = 3 
fato = 2 
tenha = 2 
podem = 2 
pequeno = 2 
pequeno esforço = 2 
seguir = 1 
PeRSabedoria O Poder da Persistência (0.60) Estêvão Bettencourt 1229
#1812 Janeiro 2008, 15 [547, janeiro 2008, paciência, persistência, virtudes]

"Muitos dos fracassos que as pessoas experimentam são devidos ao fato de que elas não sabem quão próximo estão do sucesso quando resolvem desistir". Thomas Edison.
14 #REVISTA = 543 
conta = 23 
fazem = 15 
fazem conta = 14 
pais = 5 
pessoas = 5 
sabem = 3 
esse = 3 
fiéis = 3 
mesma = 3 
outros = 3 
PeRSabedoria Faz de Conta (0.47) Estêvão Bettencourt 1222
#101 Setembro 2007, 01 [543, setembro 2007, comportamento]

As fases do ser, do ter e do faz de conta.
15 #REVISTA = 521 
deus = 13 
você = 5 
súdito = 5 
estrada = 5 
dedo = 5 
havia = 4 
senhor = 4 
servo = 4 
ponto = 4 
vida = 4 
PeRSabedoria O mal e a divina providência (0.58) Estêvão Bettencourt 1222
#1590 Novembro 2005, 15 [521, novembro 2005, providência, Deus, parábolas]

Estas linhas abordam o problema do mal não em termos especulativos (o que já foi feito mais de uma vez em PR), mas em linguagem figurada sob forma de parábolas, que podem ter um cunho infantil sem deixar de exprimir a grande realidade da Providência Divina.
16 #REVISTA = 530 
velho = 10 
cavalo = 6 
desgraça = 4 
filho = 4 
cavalos = 3 
sereis = 3 
vocês = 3 
pessoas = 3 
pernas = 3 
julgar = 3 
PeRSabedoria Julgamento (0.53) Estêvão Bettencourt 1148
#1494 Agosto 2006, 15 [530, agosto 2006, julgamento, juízo]

Disse São Paulo: "Por isso, não julgueis antes do tempo; esperai que venha o Senhor: Ele porá às claras o que se acha escondido nas trevas. Ele manifestará as intenções dos corações. Então cada um receberá de Deus o louvor que merece". (1Cor 4, 5).
17 #REVISTA = 517 
você = 13 
valor = 7 
pergunte = 7 
perceber valor = 7 
perceber = 7 
você perceber = 5 
tempo = 4 
saldo = 3 
cada = 3 
perdeu = 3 
PeRSabedoria Tempo (0.52)Leda Tormén 1133
#1339 Julho 2005, 15 [517, julho 2005, tempo]

Imagine que você tenha uma conta corrente e a cada manhã você acorde com um saldo de R$ 86.400,00. Só que não é permitido transferir o saldo do dia para o dia seguinte. Todas as noites o saldo é zerado, mesmo que você não tenha conseguido gastá-lo durante o dia. O que você faria?
18 #REVISTA = 518 
deus = 4 
abrigo = 3 
fumaça = 3 
algum = 2 
sinal = 2 
ajudar = 2 
chamas = 2 
sinal fumaça = 2 
único = 2 
desesperados coisas = 1 
PeRSabedoria Ele Não Falta (0.39) Estêvão Bettencourt 930
#688 Agosto 2005, 01 [518, agosto 2005, providência divina]

O único sobrevivente de um naufrágio foi parar em uma pequena ilha desabitada, fora de qualquer rota de navegação. Ele orava fervorosamente a Deus para ser resgatado, mas os dias passavam e nenhum socorro vinha...