||  Início  ->  Revista Pergunte e Responderemos

NÚMERO

-008 Março de 1957 (11)
-007 Junho de 1957 (8)
-006 Julho de 1957 (12)
-005 Agosto de 1957 (7)
-004 Setembro de 1957 (9)
-003 Outubro de 1957 (10)
-002 Novembro de 1957 (15)
-001 Dezembro de 1957 (12)
001 Janeiro de 1958 (11)
002 Fevereiro de 1958 (11)
003 Março de 1958 (12)
004 Abril de 1958 (11)
005 Maio de 1958 (9)
006 Junho de 1958 (10)
007 Julho de 1958 (10)
008 Agosto de 1958 (9)
009 Setembro de 1958 (10)
010 Outubro de 1958 (10)
011 Novembro de 1958 (9)
012 Dezembro de 1958 (12)
013 Janeiro de 1959 (7)
014 Fevereiro de 1959 (8)
015 Março de 1959 (7)
016 Abril de 1959 (7)
017 Maio de 1959 (9)
018 Junho de 1959 (7)
019 Julho de 1959 (8)
020 Agosto de 1959 (6)
021 Setembro de 1959 (7)
022 Outubro de 1959 (5)
023 Novembro de 1959 (7)
024 Dezembro de 1959 (6)
025 Janeiro de 1960 (6)
026 Fevereiro de 1960 (7)
027 Março de 1960 (6)
028 Abril de 1960 (9)
029 Maio de 1960 (6)
030 Junho de 1960 (9)
031 Julho de 1960 (8)
032 Agosto de 1960 (8)
033 Setembro de 1960 (7)
034 Outubro de 1960 (7)
035 Novembro de 1960 (7)
036 Dezembro de 1960 (7)
037 Janeiro de 1961 (7)
038 Fevereiro de 1961 (6)
039 Março de 1961 (5)
040 Abril de 1961 (6)
041 Maio de 1961 (5)
042 Junho de 1961 (5)
043 Julho de 1961 (6)
044 Agosto de 1961 (5)
045 Setembro de 1961 (6)
046 Outubro de 1961 (7)
047 Novembro de 1961 (6)
048 Dezembro de 1961 (5)
049 Janeiro de 1962 (7)
050 Fevereiro de 1962 (5)
051 Março de 1962 (5)
052 Abril de 1962 (6)
053 Maio de 1962 (7)
054 Junho de 1962 (5)
055 Julho de 1962 (6)
056 Agosto de 1962 (7)
057 Setembro de 1962 (7)
058 Outubro de 1962 (6)
059 Novembro de 1962 (5)
060 Dezembro de 1962 (8)
061 Janeiro de 1963 (6)
062 Fevereiro de 1963 (5)
063 Março de 1963 (5)
064 Abril de 1963 (5)
065 Maio de 1963 (6)
066 Junho de 1963 (5)
240 Dezembro de 1979 (1)
344 Janeiro de 1991 (8)
345 Fevereiro de 1991 (8)
346 Março de 1991 (9)
347 Abril de 1991 (8)
348 Maio de 1991 (6)
349 Junho de 1991 (9)
350 Julho de 1991 (5)
351 Agosto de 1991 (8)
352 Setembro de 1991 (7)
356 Janeiro de 1992 (9)
360 Maio de 1992 (1)
368 Janeiro de 1993 (7)
369 Fevereiro de 1993 (5)
370 Março de 1993 (5)
371 Abril de 1993 (6)
373 Junho de 1993 (9)
374 Julho de 1993 (8)
377 Outubro de 1993 (11)
379 Dezembro de 1993 (7)
380 Janeiro de 1994 (7)
381 Fevereiro de 1994 (7)
382 Março de 1994 (7)
383 Abril de 1994 (6)
385 Junho de 1994 (6)
386 Julho de 1994 (10)
387 Agosto de 1994 (7)
388 Setembro de 1994 (10)
389 Outubro de 1994 (10)
390 Novembro de 1994 (6)
391 Dezembro de 1994 (8)
392 Janeiro de 1995 (6)
393 Fevereiro de 1995 (7)
395 Abril de 1995 (10)
397 Junho de 1995 (6)
398 Julho de 1995 (10)
399 Agosto de 1995 (7)
400 Setembro de 1995 (8)
401 Outubro de 1995 (11)
402 Novembro de 1995 (8)
403 Dezembro de 1995 (8)
449 Outubro de 1999 (1)
457 Junho de 2000 (8)
468 Maio de 2001 (8)
491 Maio de 2003 (14)
500 Fevereiro de 2004 (9)
501 Março de 2004 (8)
504 Junho de 2004 (15)
505 Julho de 2004 (7)
506 Agosto de 2004 (15)
507 Setembro de 2004 (7)
508 Outubro de 2004 (12)
509 Novembro de 2004 (12)
510 Dezembro de 2004 (9)
513 Março de 2005 (10)
516 Junho de 2005 (12)
517 Julho de 2005 (13)
518 Agosto de 2005 (20)
519 Setembro de 2005 (12)
520 Outubro de 2005 (13)
521 Novembro de 2005 (12)
522 Dezembro de 2005 (12)
523 Janeiro de 2006 (11)
524 Fevereiro de 2006 (11)
525 Março de 2006 (14)
526 Abril de 2006 (12)
527 Maio de 2006 (13)
528 Junho de 2006 (15)
529 Julho de 2006 (14)
530 Agosto de 2006 (15)
531 Setembro de 2006 (13)
532 Outubro de 2006 (14)
537 Março de 2007 (13)
539 Maio de 2007 (14)
543 Setembro de 2007 (18)
545 Novembro de 2007 (12)
547 Janeiro de 2008 (14)
548 Fevereiro de 2008 (15)
549 Março de 2008 (13)
551 Maio de 2008 (14)
554 Agosto de 2008 (15)
555 Setembro de 2008 (13)
 
...CAPA*TÓPASSUNTOTÍTULO (hits/dia)AUTORHITS PDF
1 #REVISTA = 500 
cristo = 5 
deus = 4 
juventude = 4 
ajudar = 3 
igreja = 3 
número = 3 
olhar = 3 
revista = 3 
sempre = 3 
ação = 2 
PeRReflexões A Revista PR chega ao número 500 ! (0.62) Estêvão Bettencourt 1447
#865 Fevereiro 2004, 15 [500, fevereiro 2004, revista PR, ação de graças, dom Estêvão]

A nossa revista PR chega ao seu número 500! Vale a pena refletir um pouco.
2 #REVISTA = 500 
igreja = 22 
morte = 17 
calvino = 16 
inquisidor = 13 
pena = 13 
católica = 13 
inquisição = 13 
inquisidores = 13 
contra = 12 
igreja católica = 11 
PeRHistória A Inquisição Protestante (1.34) Estêvão Bettencourt 3148
#866 Fevereiro 2004, 15 [500, fevereiro 2004, protestantismo, Lutero, Calvino, Zvinglio, inquisição, anglicanismo, luteranismo, perseguição]

Muito se tem escrito sobre a Inquisição da Igreja Católica, menos, porém, sobre a Inquisição movida por Calvino e os Calvinistas e pela rainha Isabel Tudor na Inglaterra. As páginas seguintes referem algo a respeito. É muito comentada a Inquisição dirigida pela Igreja Católica na Idade Média e na época moderna em Espanha e Portugal. - Sem querer negar os erros cometidos, deve-se dizer que muitos falam e escrevem a respeito sem exato conhecimento de causa, movidos por preconceitos e paixões.
3 #REVISTA = 500 
salmos = 37 
cristo = 37 
jesus = 20 
vida = 17 
oração = 17 
povo = 16 
saltério = 15 
igreja = 14 
cristão = 12 
deus = 12 
PeREscrituras Como cristianizar os salmos? (0.77) Estêvão Bettencourt 1809
#869 Fevereiro 2004, 15 [500, fevereiro 2004, salmos, redenção]

Os salmos, redigidos por um orante singular ou por um grupo de orantes judeus, foram repetidos por todo o povo israelita como oração da comunidade, que procurava atualizar o texto sagrado. Na plenitude dos tempos Jesus não só rezou os salmos, mas viu neles uma profecia de sua obra messiânica; assim os salmos, longe de perder seu valor, foram sendo mais e mais valorizados. A Igreja, como Corpo de Cristo, continua a rezar os salmos, pois nela se desenvolve a obra da Redenção.
4 #REVISTA = 500 
livro = 40 
livros = 10 
duas = 6 
católica = 6 
joão = 6 
igreja = 6 
apóstolo = 6 
sete = 5 
testamento = 4 
sete livros = 4 
PeRHistória A Igreja acrescentou livros ao catálogo bíbli.. (0.84) Estêvão Bettencourt 1968
#871 Fevereiro 2004, 15 [500, fevereiro 2004, cânon, escritura, bíblia, concílio de Trento, protestantismo, Lutero, Tomus Damasi]

Os protestantes alegam que a Igreja Católica, no Concílio de Trento (1545-63), acrescentou sete livros ao catálogo bíblico. Para dissipar esta afirmação, já foram publicados vários testemunhos em PR 432/1998, pp. 194ss, aos quais seja adicionado o Tomus Damasi abaixo transcrito.
5 #REVISTA = 500 
nome = 32 
jesus = 24 
deus = 11 
yehoshua = 10 
nome jesus = 10 
panfleto = 9 
texto = 7 
cristo = 6 
cavalo = 6 
igreja = 6 
PeRTeologia Yehoshua ou Jesus? (1.29) Estêvão Bettencourt 3037
#872 Fevereiro 2004, 15 [500, fevereiro 2004, Jesus, Yehoshua, Iesous, Yeshua, Zeus, Javé, linguística, anticristo]

Tem sido espalhado um panfleto que acusa o Catolicismo (o Papa) de haver mudado o nome do Salvador YEHOSHUA para JESUS. Este último seria um deus pagão ou o Deus CAVALO. - A alegação é totalmente falsa, pois após o exílio babilônico (587-538 a.C.) os judeus mesmos preferiram usar a forma breve JESHUA para designar os heróis do Antigo Testamento chamados YEHOSHUA: assim o sucessor de Moisés, que em português é dito Josué; assim também o Sumo Sacerdote que acompanhou Zorobabel na volta do exílio... Ora da forma hebraica JESHUA fez-se a grega IESOUS e a latina IESUS. Em tal procedimento não tomou parte a Igreja Católica.
6 #REVISTA = 500 
mulheres = 24 
diaconisas = 22 
igreja = 16 
diaconisa = 13 
mulher = 13 
viúvas = 9 
cristo = 8 
século = 7 
eram = 7 
batismo = 7 
PeRO Que É? Diaconisas, quem eram? (0.65) Estêvão Bettencourt 1536
#874 Fevereiro 2004, 15 [500, fevereiro 2004, diaconisa, diácono, Igreja, história, diaconato]

São Paulo e antigos documentos da Igreja referem-se a diaconisas. Eram mulheres de conduta Irrepreensível chamadas a participar dos serviços que a Igreja prestava a pessoas do sexo feminino, principalmente por ocasião do Batismo (ministrado por imersão). Recebiam o seu ministério pela imposição das mãos do Bispo, que não conferia caráter sacramental. - Com a rarefação do Batismo de adultos, foi-se extinguindo a figura da diaconisa na Igreja a partir do século VI.
7 #REVISTA = 500 
igreja = 31 
evangélica = 9 
igreja evangélica = 7 
igrejas = 5 
nomes = 5 
pentecostal = 5 
membros = 4 
cristo = 4 
fundar = 4 
vender = 3 
PeRIgreja Escolha sua igreja ! (0.74) Estêvão Bettencourt 1736
#875 Fevereiro 2004, 15 [500, fevereiro 2004, Lutero, protestantismo, Igreja]

O sociólogo Gilson Gondim comenta a multiplicação de "Igrejas"protestantes, mostrando a manipulação do conceito de Igreja por parte de empreendedores que chegam a vender igrejas com seus membros. As novas comunidades eclesiais têm nomes fantasiosos, que ilustram o vilipêndio da noção de Igreja.
Ver comentários...
8 #REVISTA = 500 
igreja = 21 
reino = 13 
universal = 12 
deus = 12 
igreja universal = 11 
pastores = 8 
bispo = 7 
universal reino = 7 
reino deus = 7 
bastidores = 6 
PeRTestemunhos A Vida Secreta na Igreja Universal (1.26) Estêvão Bettencourt 2950
#876 Fevereiro 2004, 15 [500, fevereiro 2004, Igreja, protestantismo, IURD, Universal]

Um ex-pastor narra sua experiência na Igreja Universal do Reino de Deus, que ele considera "uma empresa com fins lucrativos como qualquer outra na ciranda financeira". A única diferença, segundo o autor, está no produto vendido: sal que tira vício, lencinhos molhados no "vinho curativo", (o conhecido K-Suco), água da Embasa...
9 #REVISTA = 500 
yoga = 30 
hindu = 23 
deus = 22 
yogui = 21 
espírito = 14 
homem = 14 
cristão = 13 
corpo = 12 
alma = 12 
indivíduo = 10 
PeRO Que É? Yoga, o que é? (1.05) Estêvão Bettencourt 2474
#877 Fevereiro 2004, 15 [500, fevereiro 2004, yoga, hunduísmo, panteísmo, reencarnação]

Faz-se necessário distinguir, na Yoga, filosofia ou cosmovisão, de um lado, e práticas físicas e dietéticas, de outro lado. Aquela é panteísta e, como tal incorre na condenação não só da fé, mas também da razão, já que o panteísmo identifica entre si a Divindade, o mundo e o homem. Todavia os exercícios físicos e dietéticos da Yoga são compatíveis com a fé católica, desde que o iogui não assimile as proposições panteístas que tais exercícios têm em sua origem.