||  Início  ->  Revista Pergunte e Responderemos

NÚMERO

-008 Março 1957 (11)
-007 Junho 1957 (8)
-006 Julho 1957 (12)
-005 Agosto 1957 (7)
-004 Setembro 1957 (9)
-003 Outubro 1957 (10)
-002 Novembro 1957 (15)
-001 Dezembro 1957 (12)
001 Janeiro 1958 (11)
002 Fevereiro 1958 (11)
003 Março 1958 (12)
004 Abril 1958 (11)
005 Maio 1958 (9)
006 Junho 1958 (10)
007 Julho 1958 (10)
008 Agosto 1958 (9)
009 Setembro 1958 (10)
010 Outubro 1958 (10)
011 Novembro 1958 (9)
012 Dezembro 1958 (12)
013 Janeiro 1959 (7)
014 Fevereiro 1959 (8)
015 Março 1959 (7)
016 Abril 1959 (7)
017 Maio 1959 (9)
018 Junho 1959 (7)
019 Julho 1959 (8)
020 Agosto 1959 (6)
021 Setembro 1959 (7)
022 Outubro 1959 (5)
023 Novembro 1959 (7)
024 Dezembro 1959 (6)
025 Janeiro 1960 (6)
026 Fevereiro 1960 (7)
027 Março 1960 (6)
028 Abril 1960 (9)
029 Maio 1960 (6)
030 Junho 1960 (9)
031 Julho 1960 (8)
032 Agosto 1960 (8)
033 Setembro 1960 (7)
034 Outubro 1960 (7)
035 Novembro 1960 (7)
036 Dezembro 1960 (7)
037 Janeiro 1961 (7)
038 Fevereiro 1961 (6)
039 Março 1961 (5)
040 Abril 1961 (6)
041 Maio 1961 (5)
042 Junho 1961 (5)
043 Julho 1961 (6)
044 Agosto 1961 (5)
045 Setembro 1961 (6)
046 Outubro 1961 (7)
047 Novembro 1961 (6)
048 Dezembro 1961 (5)
049 Janeiro 1962 (7)
050 Fevereiro 1962 (5)
051 Março 1962 (5)
052 Abril 1962 (6)
053 Maio 1962 (7)
054 Junho 1962 (5)
055 Julho 1962 (6)
056 Agosto 1962 (7)
057 Setembro 1962 (7)
058 Outubro 1962 (6)
059 Novembro 1962 (5)
060 Dezembro 1962 (8)
061 Janeiro 1963 (6)
062 Fevereiro 1963 (5)
063 Março 1963 (5)
064 Abril 1963 (5)
065 Maio 1963 (6)
066 Junho 1963 (5)
240 Dezembro 1979 (1)
344 Janeiro 1991 (8)
345 Fevereiro 1991 (8)
346 Março 1991 (9)
347 Abril 1991 (8)
348 Maio 1991 (6)
349 Junho 1991 (9)
350 Julho 1991 (5)
351 Agosto 1991 (8)
352 Setembro 1991 (7)
356 Janeiro 1992 (9)
360 Maio 1992 (1)
368 Janeiro 1993 (7)
369 Fevereiro 1993 (5)
370 Março 1993 (5)
371 Abril 1993 (6)
373 Junho 1993 (9)
374 Julho 1993 (8)
377 Outubro 1993 (11)
379 Dezembro 1993 (7)
380 Janeiro 1994 (7)
381 Fevereiro 1994 (7)
382 Março 1994 (7)
383 Abril 1994 (6)
385 Junho 1994 (6)
386 Julho 1994 (10)
387 Agosto 1994 (7)
388 Setembro 1994 (10)
389 Outubro 1994 (10)
390 Novembro 1994 (6)
391 Dezembro 1994 (8)
392 Janeiro 1995 (6)
393 Fevereiro 1995 (7)
395 Abril 1995 (10)
397 Junho 1995 (6)
398 Julho 1995 (10)
399 Agosto 1995 (7)
400 Setembro 1995 (8)
401 Outubro 1995 (11)
402 Novembro 1995 (8)
403 Dezembro 1995 (8)
449 Outubro 1999 (1)
457 Junho 2000 (8)
468 Maio 2001 (8)
491 Maio 2003 (14)
500 Fevereiro 2004 (9)
501 Março 2004 (8)
504 Junho 2004 (15)
505 Julho 2004 (7)
506 Agosto 2004 (15)
507 Setembro 2004 (7)
508 Outubro 2004 (12)
509 Novembro 2004 (12)
510 Dezembro 2004 (9)
513 Março 2005 (10)
516 Junho 2005 (12)
517 Julho 2005 (13)
518 Agosto 2005 (20)
519 Setembro 2005 (12)
520 Outubro 2005 (13)
521 Novembro 2005 (12)
522 Dezembro 2005 (12)
523 Janeiro 2006 (11)
524 Fevereiro 2006 (11)
525 Março 2006 (14)
526 Abril 2006 (12)
527 Maio 2006 (13)
528 Junho 2006 (15)
529 Julho 2006 (14)
530 Agosto 2006 (15)
531 Setembro 2006 (13)
532 Outubro 2006 (14)
537 Março 2007 (13)
539 Maio 2007 (14)
543 Setembro 2007 (18)
545 Novembro 2007 (12)
547 Janeiro 2008 (14)
548 Fevereiro 2008 (15)
549 Março 2008 (13)
551 Maio 2008 (14)
554 Agosto 2008 (15)
555 Setembro 2008 (13)
 
...CAPA*TÓPASSUNTOTÍTULO (hits/dia)AUTORHITS PDF
1 #REVISTA = 3 
marxismo = 15 
religião = 12 
homens = 10 
homem = 8 
marxista = 8 
sociedade = 7 
mundo = 6 
vida = 6 
filosofia = 6 
classes = 6 
PeRFilosofia Católico e Marxista? (0.86) Estêvão Bettencourt 1507
#1975 Março 1958, 15 [003, março 1958, marxismo, comunismo, Lênin, Stalin, Karl Marx, ateísmo, paraíso, materialismo]

Pedro Jxiarez do Rio de Janeiro pergunta: “Por que dizem que católico não pode ser comunista?”
2 #REVISTA = 3 
espírito = 9 
fenômenos = 9 
«médium» = 8 
espíritas = 7 
médium = 7 
indivíduo = 7 
sujeito = 6 
personalidade = 6 
telepatia = 6 
pessoa = 6 
PeRO Que É? O Que Dizer da Telepatia? (0.73) Estêvão Bettencourt 1269
#1976 Março 1958, 15 [003, março 1958, telepatia, espiritismo, médium, parapsicologia, psicografia, metapsíquica]

Walter (de Matias Barbosa, MG) pergunta: “Sobre a telepatia, que se pode afirmar de certo?”
3 #REVISTA = 3 
homem = 12 
antroposofia = 11 
teosofia = 10 
steiner = 8 
deus = 6 
mundo = 6 
divindade = 5 
divina = 4 
sabedoria = 4 
besant = 3 
PeRO Que É? Antroposofia e Cristianismo (1.48) Estêvão Bettencourt 2581
#1982 Março 1958, 15 [003, março 1958, antroposofia, teosofia, Rudolf Steiner, panteísmo, reencarnação]

M. A. P. M. (Piracicaba): “Que é a Antroposofia e em que se distancia do Catolicismo?”
4 #REVISTA = 3 
missa = 23 
cristo = 13 
igreja = 12 
frutos = 10 
fiéis = 8 
sacrifício = 7 
intenção = 7 
graças = 6 
cada = 5 
cristãos = 5 
PeRDoutrina Muitas Missas por uma Intenção? (0.63) Estêvão Bettencourt 1108
#1983 Março 1958, 15 [003, março 1958, missa, Eucaristia, intenções, orações, sacerdócio, frutos da Missa]

Osvaldo, de Lorena, pergunta: “Se a Missa tem valor infinito, por que se celebra mais de uma Missa por determinada intenção?”
5 #REVISTA = 3 
santos = 21 
deus = 15 
cristo = 13 
maria = 12 
culto = 8 
jesus = 6 
afirmação = 5 
santo = 5 
piedade = 5 
culto santos = 5 
PeRDoutrina Culto dos Santos e Paganismo (0.72) Estêvão Bettencourt 1257
#1985 Março 1958, 15 [003, março 1958, santos, intercessão, veneração, Maria Santíssima, protestantismo, história do cristianismo]

CARMEN (S. João de Meriti): “O culto dos Santos não será paganismo que corrompe o Evangelho? Em particular, a devoção a Maria parece derrocar à excelência de Cristo, o único Mediador entre Deus e os homens (cf. 1Tim 2,5)”
6 #REVISTA = 3 
deus = 30 
vida = 27 
obras = 22 
eterna = 20 
batistas = 15 
homem = 13 
vida eterna = 13 
graça = 11 
salvação = 11 
coroa = 10 
PeRDoutrina A Teologia dos Batistas (0.72) Estêvão Bettencourt 1251
#1987 Março 1958, 15 [003, março 1958, Batistas, graça, fé, obras, São Tiago, São Paulo, Lutero, Calvino, predestinação]

Nazareth do Rio de Janeiro: “Quais os argumentos bíblicos e teológicos aplicáveis na controvérsia com os batistas, sobre a doutrina da graça? A maneira como concebem a salvação parece bem diferente da católica”.
7 #REVISTA = 3 
paraíso = 9 
quatro = 7 
terrestre = 5 
rios = 5 
quatro rios = 5 
África = 4 
paraíso terrestre = 4 
lugar = 4 
sido = 4 
terra = 3 
PeREscrituras Onde ficava o paraíso terrestre? (0.77) Estêvão Bettencourt 1335
#1988 Março 1958, 15 [003, março 1958, paraíso, Éden, Gênesis]

Josué, do Rio, de Janeiro: “Em que lugar da terra ficava o paraíso onde viveram Adão e Eva ?”
8 #REVISTA = 3 
magos = 9 
estrela = 5 
fenômeno = 5 
oriente = 4 
grande = 3 
sinal = 3 
conjunção = 3 
outros = 3 
aparecimento = 3 
cometa = 3 
PeREscrituras A Estrela que Guiou os Magos (0.68) Estêvão Bettencourt 1193
#1989 Março 1958, 15 [003, março 1958, reis magos, Natal, estrela guia]

“A estrela que guiou os magos ao presépio não constitui um fenômeno milagroso?”
9 #REVISTA = 3 
data = 12 
jesus = 9 
anos = 9 
roma = 7 
cristo = 7 
antes = 6 
nascimento = 6 
dionísio = 5 
dezembro = 5 
herodes = 4 
PeREscrituras A Data do Nascimento de Cristo (0.90) Estêvão Bettencourt 1574
#1990 Março 1958, 15 [003, março 1958, Natal, história]

Jerônimo (Guaratiba): “Qual a data exata do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo?”
10 #REVISTA = 3 
jesus = 6 
direita = 5 
face = 4 
palavras = 3 
verdade = 3 
direito = 3 
paris = 2 
jean = 2 
falei = 2 
causa = 2 
PeREscrituras Dar a Outra Face (0.77) Estêvão Bettencourt 1334
#1993 Março 1958, 15 [003, março 1958, sermão da montanha]

Ariel, do Rio de Janeiro: “Qual o significado autêntico da frase de Cristo ‘se alguém te bater na face direita, apresenta-lhe a outra’?” (Mt 5,39)
11 #REVISTA = 3 
cristo = 18 
zarur = 10 
evangelho = 9 
satanás = 8 
linha = 7 
deus = 7 
pessoa = 5 
religião = 5 
enquanto = 4 
linha horizontal = 4 
PeRÉtica e Moral A Legião da Boa Vontade (0.60) Estêvão Bettencourt 1051
#1994 Março 1958, 15 [003, março 1958, LBV, caridade, Alziro Zarur]

Moral Observador do Rio de Janeiro: "Não será injusta a campanha movida contra a chamada Legião da Boa Vontade ?"
12 #REVISTA = 3 
joão = 11 
papisa = 10 
joana = 9 
papisa joana = 8 
pater = 6 
pater patrum = 6 
patrum = 6 
lenda = 6 
roma = 6 
história = 5 
PeRHistória A Papisa Joana (0.65) Estêvão Bettencourt 1140
#1995 Março 1958, 15 [003, março 1958, papado, papisa Joana]

Miro Santos do Rio de Janeiro: “Houve mesmo na série dos Papas uma Papisa?”