REVISTA PeR (1632)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pergunte e Responderemos 524 – fevereiro 2006

Joia preciosa:

 

CARDEAL ORIENTAL RECOMENDA CELIBATO

 

Pela internet recebemos.

Cardeal de Rito Oriental explica por que não convém o sacer­dócio casado

 

VATICANO, 07 Out. 05 (ACI). - O Cardeal Nasrallah Pierre Sfeir, Patriarca da Antioquia dos Maronitas (Líbano), explicou por que, apesar do rito Maronita os admitir, os sacerdotes casados não são uma solução para a falta de clero.

 

Durante sua intervenção na tarde de quinta-feira, 6/10/05 no Sínodo dos Bispos, o Patriarca assinalou que "a metade de nossos sacerdotes diocesanos estão casados. Mas terá que reconhecer que se o matrimônio dos sacerdotes resolve um problema, também cria outros graves".

 

O cardeal libanês explicou que "um sacerdote casado tem o dever de ocupar-se de sua esposa e de seus filhos, de lhes assegurar uma boa educação, de lhes garantir o futuro". "Outra dificuldade para um sacerdote casado pode ser a de não entender-se com seus paroquianos. Apesar disso, seu bispo não pode transferi-lo devido à impossibilidade de que sua família se desloque com ele".

 

O Patriarca reconheceu que no rito Maronita estes sacerdotes "preservaram a fé do povo junto ao qual compartilharam uma vida dura"; mas recordou que "o celibato é a joia mais preciosa do tesouro da Igreja Católica".

 

 

Dom Estêvão Bettencourt (OSB)


Pergunte e Responderemos - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-

:-)