APOLOGéTICA (1008)'
     ||  Início  ->  
Artigo

O Legado do Banquinho De Um Pé Só...


O Depósito da Fé da Igreja Católica consiste na Sagrada Escritura, na Santa Tradição e no Magistério em união com nosso Santo Padre o Papa. Podemos compará-lo com um banquinho de três pés, no qual cada pé tem sua função própria e específica. Este banquinho de três pés está firmemente fincado na autoridade divina outorgada por Cristo à sua Igreja por meio dos apóstolos, seu líder Pedro e sucessores. Leia Mt 16,18, João 1,42, Ef 2,20, 1Ped 2,4-8.


Um banquinho de três pés tem força, é firme, estável, sólido e forte. Isto é bom e está bem. Entretanto, o que acontece se cortamos um pé? O banquinho se torna instável e cai.


Durante a Reforma Protestante, os reformadores se separaram de um daqueles três pés de estabilidade. Eles rejeitaram o Papa e o Magistério, a autoridade docente da Igreja Católica. Eles amputaram um pé do banquinho de propósito e, ao fazer isso, perderam toda a autoridade. Perderam o árbitro das disputas entre pontos de vista opostos a respeito de fé e moral.
Leia
Mt 18,15-18.
Eles amputaram a si mesmos da “Coluna e Sustentáculo da Verdade” (S. Paulo) que é a Igreja Católica.
Eles também criaram para si mesmos um banquinho instável, que balançava e estava sujeito facilmente a tombar e se despedaçar.


Como os reformadores perderam toda a autoridade, a quem ou ao quê iriam recorrer para ocupar este espaço vazio? Voltaram-se para o único recurso que possuíam, a Bíblia Sagrada, que aliás, é um produto da Igreja Católica. (Veja os detalhes concretos em "A Igreja Católica é a Mãe da Bíblia ou a Filha?")
Ao fazer isso, declararam que a Bíblia era a única fonte de autoridade e prosseguiram para fabricar uma falsa tradição feita pelo homem chamada "Sola Scriptura" ou "Somente Bíblia", a fim de promulgá-la.
Veja "A Origem da Sola 
Scriptura" para um tratado histórico sobre o assunto.


Agora, por toda a Escritura, ainda há um segundo pé do Depósito Católico da Fé, do qual os reformadores não podiam tomar posse. É a Tradição Sagrada, Tradição Apostólica, Tradições de DEUS que a Igreja foi ordenada a manter e que ela já tem protegido e preservado por quase 1500 anos no tempo da reforma. 
Leia:
Salmo 44,1, Is 40,8, Is 59,21, João 15,20, Atos 20,35, 1Cor 2,13, 1Cor 11,2Fl 2,16, Fl 4,9, 2 Tess 2,15, 2Tim 1,13-14, 2Tim 2,2, 2Tim 3,142Tim 4,3, e 1Pd 1,25.

São só as tradições feitas pelo homem que são condenadas pela Sagrada Escrituras.
Leia:
Mt 15,2-9, Mc 7,3-13, 1Cor 2,13, Col 2,8, 1Tim 1,4 e Tt 1,14

Os não católicos não conseguem perceber que a Bíblia nada mais é do que parte da Tradição Apostólica escrita. Nos primeiros 200 anos do Cristianismo, não havia Novo Testamento como o conhecemos agora. Jesus não fundou um livro. Ele fundou uma Igreja Apostólica 
Docente.

Os reformadores foram forçados a cortar fora um segundo pé do banquinho deles. Agora eles só tinham um pé cambaleante para se equilibrarem, e o equilíbrio não durou muito, nem mesmo por um ano.


Já que a Autoridade do magistério para interpretação da Bíblia não estava mais disponível, os reformadores tomaram uma decisão funesta que resultaria num desastre que cresceu tão rapidamente que não podiam mais controlá-lo. Decidiram que todo mundo podia seguir seu próprio caminho em termos de interpretação da Bíblia! Esta foi mais uma tradição feita por humanos e proibida pela Sagrada Escritura!
Veja
At 8,26-40, 2Pe 1,19-21, e 2Pe 3,16.

O banquinho de um pé caiu ao chão e se espatifou em inúmeros pedaços. A interpretação individual da Sagrada Escritura resultou imediatamente em contendas e divisões no Protestantismo que continuam até os dias de hoje. Em 1521, o mesmo ano em que Martinho Lutero se separou da Igreja Católica, Thomas Munser se separou de Lutero. Pelo ano de 1600 havia mais de 200 divisões. Em 1900 havia mais de 1000. Agora há mais de 36.400 divisões no Corpo de Cristo. As divisões continuam até os dias de hoje com uma estimativa de 3 a 5 divisões por semana. Além disso, todas as seitas protestantes mais importantes estão também se dividindo. Toda essa loucura foi causada pelas falsas doutrinas elaboradas pelo homem da Sola Scriptura e a interpretação individual da Sagrada Escritura, ambas iniciadas pelos reformadores.
Martinho Lutero se lamentou quando viu o estrago que a interpretação individual da Escritura tinha feito ao seu movimento Protestante. Leia inúmeras citações do que ele disse a respeito de sua angústia por causa das divisões Protestantes em "A Origem da Sola 
Scriptura ".

O banquinho do Protestantismo é um matadouro. Partiu-se em milhares de pedaços e não há ninguém no Protestantismo que tenha autoridade para juntar os pedaços novamente. Um banquinho precisa de três pés para se manter. Não pode se sustentar em um pé por muito tempo. Assim que os ventos da mudança soprarem, ele vai cair e se espatifar, como aconteceu com esse.



A Bíblia diz claramente que devemos manter as tradições de DEUS e dos apóstolos, conforme dito acima. Não é estranho que o Protestantismo condene a Igreja Católica por manter e preservar todas as tradições enquanto ao mesmo tempo segue duas tradições manufaturadas por eles mesmos?



"Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco. Preciso conduzi-las também, e ouvirão a minha voz e haverá UM SÓ REBANHO e UM SÓ PASTOR." Jo 10:16
Leia também:
Is 40,11, e 1Pe 2,25



Onde está UM SÓ REBANHO e UM SÓ PASTOR no Protestantismo?
"Então estaria Cristo dividido?" 1Cor 1,13

 

Bob Stanley e colaboração de Claudio Maria.

 


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)