REVISTA PeR (2168)'
     ||  Início  ->  
Artigo

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 527/Maio 2006

Notícias

Pronuncia-se a Igreja sobre

O CONFLITO DINAMARCA X MUÇULMANOS

 

Em síntese: Ver as três proposições finais deste artigo.

*   *   *

A Sala de Imprensa da Santa Sé emitiu a seguinte Declaração re­ferente ao conflito causado pela publicação de caricaturas de Maomé na imprensa dinamarquesa.

DECLARAÇÃO

Em resposta a vários pedidos de esclarecimentos sobre a posição da Santa Sé perante recentes representações ofensivas aos sentimen­tos religiosos de pessoas e comunidades inteiras, a Sala de Informação da Santa Sé pode declarar:

1.  O direito à liberdade de pensamento e de expressão, sancionado pela Declaração dos Direitos Humanos, não pode implicar o direito a ofen­der o sentimento religioso dos crentes. Este princípio vale obviamente para qualquer religião.

2.  A convivência exige, também, um clima de respeito mútuo para favorecer a paz entre os homens e as nações. Também estas formas de crítica exasperada ou de escárnio dos demais manifestam uma falta de sensibilidade humana e podem constituir em alguns casos uma provoca­ção inadmissível. A leitura da história ensina que por este caminho não se curam as feridas que existem na vida dos povos.

3.  Contudo, há que dizer imediatamente que as ofensas causadas por um indivíduo ou por um órgão de imprensa não podem ser imputadas às instituições públicas do país correspondente, cujas autoridades pode­rão e deverão, eventualmente, intervir segundo os princípios da legisla­ção nacional. Portanto, são igualmente deploráveis as ações violentas de protesto. A reação ante uma ofensa não pode faltar ao verdadeiro espírito de toda religião. A intolerância real ou verbal, venha de onde vier, como ação ou como reação, constitui sempre uma séria ameaça à paz.

Com poucas palavras:

1)  Haja liberdade de pensamento e de expressão. Todavia não seja entendida como liberdade de agredir crenças alheias.

2)  Haja respeito mútuo entre as crenças religiosas de um país. Qualquer tipo de agressão pode gerar uma réplica devastadora.

3)  São igualmente lamentáveis as ações violentas de protesto da parte das vítimas. Estas não devem punir a nação inteira pelo fato de um dos seus filhos ter cometido a agressão.

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-

:-)