REVISTA PeR (1217)'
     ||  Início  ->  
Artigo

PERGUNTE e RESPONDEREMOS 028 – abril 1960

 

Sugestão pode curar ?

CIÊNCIA E RELIGIÃO

PERITO (Curitiba): «A Medicina pode realmente provar que se obtém a cura de verrugas por mera sugestão ? ».

 

No citado artigo de «PeR 27» (pág. 98) fizemos a afirmação acima referida, baseando-nos nas indicações do Dr. Silva Mello em seu livro «Mistérios e Realidades deste e do outro Mundo» (Rio de Janeiro 1950, pág. 421).

Podemos hoje mencionar a mais recente experiência nesse setor, a qual confirmou de maneira muito clara quanto já se dizia sobre o assunto.

 

Dois médicos da Universidade de Aberdeen (Escócia), A.H.C. Sinclair-Gieben e Derek Chalmers, resolveram submeter à prova quatorze pacientes que muito sofriam de verrugas numerosas e rebeldes. Estes, pois, foram colocados em estado de sono hipnótico, durante o qual- os operadores lhes sugeriram que todas as verrugas de um lado de seu corpo iam desaparecer, ficando, porém, as do outro lado. Desses quatorze doentes, dez puderam ser hipnotizados até o grau necessário para o sucesso do tratamento: com efeito, o seu transe foi suficientemente profundo para que, ao despertarem, executassem uma ordem recebida durante o sono sem saberem por que agiam assim e sem se recordarem do preceito recebido. Ora, dessas dez pessoas hipnotizadas em tal grau, nove viram de fato desaparecer as suas verrugas do lado indicado, permanecendo, porém, as do outro lado do corpo.

 

Tal experiência tem significado no plano não somente da técnica medicinal, mas também no da Filosofia e Religião, pois mostra como é vã a associação, apregoada pelo curandeirismo, entre cura de doenças e intervenções de forças ou poderes do Além. Na verdade, o vocabulário e as artes do curandeiro desenvolvem primariamente a ação de sugestionar; por esta via geralmente é que obtêm a cura dos pacientes, quando esta de fato se dá...

 

Veja-se a noticia da experiência na crônica «Le monde en marche» da revista «Science et Vie», dezembro de 1959, pág. 28.

 

Dom Estêvão Bettencourt (OSB)


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-

:-)