ESCATOLOGIA (1676)'
     ||  Início  ->  
Artigo

2012: O ANO DO GRANDE ENGANO!

 

Disse Jesus: “Atenção para que ninguém vos engane. Pois muitos virão em meu nome, dizendo: ‘O Cristo sou eu’ e enganarão a muitos” (Mt 24, 4.5).

 

Houve e sempre haverá na História da Humanidade falsos profetas, falsos messias e falsos mestres prevendo o fim do mundo e se colocando como ‘salvador’, prometendo o ‘paraíso’ a seus seguidores e enganando muita gente.

 

Profecias falsas de várias tendências religiosas estão determinando o fim do mundo para o dia 21 de dezembro de 2012.

 

O simulacro profético causa:

 

1.                  Fanatismo. O fiel se fecha no seu mundo pequeno e perturbado. Torna-se intolerante.

2.                  Escândalos. Moral, financeiro e religioso.

3.                  Perda da fé e da convivência com os outros devido à profecia não cumprida.

4.                  Morte física, espiritual e emocional.

5.                  Enriquecimento dos líderes religiosos que promovem tais profecias.

6.                  Perda de católicos menos esclarecidos na fé da Igreja: Una, Santa, Católica e Apostólica.

 

O fundamentalismo, a ignorância dos crentes sobre a correta Doutrina Cristã e a esperteza dos líderes apocalípticos são as causas para o engano dos falsos ensinos da volta de Cristo e do fim do mundo.

 

É urgente a formação cristã e a informação sobre os acontecimentos profetizados pelas seitas, gurus, videntes, profetas, messias, espiritualistas e outros mentores religiosos.

 

Via a Santa Missa deve passar tais informações e para aprofundar nos temas são necessários cursos, seminários, palestras e retiros. Requer para assuntos de seitas e congêneres uma sólida e constante formação para o povo católico. Jamais devemos vacilar diante da indústria sectarista avassaladora dos tempos atuais.

 

Diz o Documento de Aparecida: “Hoje se faz necessário reabilitar a autêntica apologética que faziam os Pais da Igreja como explicação da fé. Mais do que nunca os discípulos e missionários de Cristo de hoje necessitam de uma apologética renovada para que todos passam ter vida nele” (n.229).

 

Exorta o Papa Bento XVI: “Nos tempos atuais é urgente um conhecimento adequado da fé. A coerência na fé necessita também de uma sólida formação doutrinal e espiritual, contribuindo assim para a construção de uma sociedade mais justa, mais humana e Cristã” (1).

 

O cristão fiel na doutrina da Santa Tradição, da Sagrada Escritura e do Santo Magistério, jamais será enganado, nunca perderá a santíssima fé e nem o glorioso amor a Santa Madre Igreja. O verdadeiro católico arde no seu coração à fidelidade da fé ortodoxa e a coragem de anunciar os ensinos do DEPÓSITO DA FÉ. “Guarda o bom depósito, por meio do Espírito Santo que habita em nós” (2 Tm 1,14).

 

A nossa missão é urgente: orar, se preparar e proclamar o Santo Evangelho em prol da salvação das almas. A verdade de Cristo liberta o ser humano de todo engano.

 

O mundo tem 194 países, 5 continentes, 7 bilhões de habitantes e 5 bilhões que não são cristãos. Disse Jesus: “Este Evangelho do Reino será proclamado no mundo inteiro, como testemunho para todas as nações. E então virá o Fim” (Mt 24,16).

 

Das cerca de 6.700 línguas existentes no mundo, em mais de 2.508 há um trecho da Bíblia traduzido. A Bíblia completa está disponível em 459 línguas.

 

Temos muito trabalho a realizar para fazer o povo ler e ouvir a mensagem do Reino de Deus. Como estudioso da Sagrada Escritura e pesquisador de seitas, afirmo: “o mundo não vai acabar em 21de dezembro de 2012”.

 

 

Pe. Inácio José do Vale

Pesquisador de Seitas

Professor de História da Igreja

Especialista em Ciência Social da Religião

 

NOTA:

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil/Pronunciamento do Papa Bento XVI no Brasil.

Brasília: Edições CNBB, 2007, pp.32 e 47.

 


Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)