REVISTA PeR (1993)'
     ||  Início  ->  
Artigo

 

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 513 – março 2005

 

CRITÉRIOS DE SANTIDADE

QUAIS OS CRITÉRIOS PARA QUE ALGUÉM POSSA SER CONSIDERADO SANTO PELA IGREJA?

 

Antes do mais, convém notar que a aspiração à santidade não se deve a arrogância da criatura, mas corresponde a um chamado de Deus. Com efeito, todo cristão, desde o Batismo, tem a vocação para a santidade. Isto quer dizer que, da parte de Deus, não falta a graça para que cada um(a) chegue à perfeição. O ponto nevrálgico da questão está em saber se, da parte do cristão, haverá fidelidade ao chamado de Deus ou haverá a liberdade interior para dizer SIM às inspirações do Espírito Santo.

 

A santidade não requer sinais maravilhosos; como milagres, estigmas, levitação; nem consiste em fazer coisas que chamem a atenção, mas nada mais é do que viver de maneira extraordinária a vida ordinária de cada dia, como observa o Papa João Paulo II em 20/10/01, ao beatificar o casal Luigi e Maria Beltrame Quattocchi. Em conseqüência vemos que a santidade pode ser atingida dentro dos moldes de qualquer vocação pessoal e não apenas na vida de fuga do mundo. Ultimamente o Papa tem insistido na santificação dos leigos..., do casal como casal e até mesmo dos soberanos como o Imperador Carlos 1 da Áustria; vale a pena notar que os pais de Santa Teresinha estão em processo de Beatificação; esposo e esposa se santificaram pela generosidade de sua resposta ao Espírito, pois "Deus ama a quem dá com alegria" (2Cor 9, 7). Esse dar com um coração alegre e generoso nas pequenas encruzilhadas de cada dia, eis o que faz o segredo da santidade.

 

 

Dom Estêvão Bettencourt (OSB)


Pergunte e Responderemos - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-

:-)