REVISTA PeR (1876)'
     ||  Início  ->  
Artigo

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 516/junho 2005

Prática Cristã

 

Carta de Jesus

Quando você se levantava, hoje cedo, Eu o estive observando e esperando que você me falasse, mesmo que fossem apenas umas poucas palavras, perguntando a minha opinião, agradecendo-me por alguma coisa boa que tivesse acontecido com você ontem.

Mas notei que você estava muito ocupado, buscando a roupa adequada para vestir e ir ao trabalho. Continuei esperando você, enquanto corria pela casa, arrumando-se. Supus que você teria uns poucos minutos, para me dizer um "Oi!", mas você estava apressado demais.

Observei você, ainda, quando ia ao trabalho, e esperei pacientemente durante todo o dia. Com tantas atividades, suponho que você estaria ocupado demais para me dizer alguma coisa. "Ainda encontrará um tempinho para mim", pensei.

Depois, você ligou a TV. Esperei pacientemente. Enquanto você jantava, escutava as notícias, novamente esqueceu-se de falar comigo. Na hora de deitar, certamente, você estava muito cansado. Depois de dizer "Boa noite" à sua família, você caiu na cama e dormiu.

Não faz mal, porque talvez você não cai na conta de que sempre estou aí para você. Tenho mais paciência do que você imagina. Também gostaria de lhe ensinar a ter paciência com os outros. Amo tanto você que espero, todos os dias, uma oração, um pensamento ou um pouco de gratidão do seu coração.

Bem. Vejo que você está se levantando, de novo. E, mais uma vez, esperarei sem outro motivo do que meu amor por você, aguardando sempre que, algum dia, você me dedique um tempinho.

Tenha, hoje, um bom dia. Seu amigo, Jesus.

(Transcrito da revista ITAICI, março 2005, p. 96)

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
4 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-

:-)