REVISTA PeR (2906)'
     ||  Início  ->  
Artigo

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 348/Maio 1991

Livros em Destaque

A Cura pelas Mãos

A Cura pelas Mãos ou a Prática da Polaridade, por Richard Gordon. Tradução de Maria Dhyan Beatriz.Ed. do Pensamento, São Paulo 760x210 mm, 143 pp.

O autor é norte-americano, discípulo do fundador do Sistema da Polaridade, Dr. Randolph Stone, austríaco, que acabou seus dias na Índia. Afirma que o corpo humano emite cargas elétricas (positivas e negativas). Assim, por exemplo, nas mãos o polegar teria carga neutra, o indicador teria carga negativa, o dedo médio teria carga positiva, o anular teria carga negativa, o dedo mindinho teria carga positiva (cf. p. 103). Mais: a parte alta do corpo teria carga positiva, os pés teriam carga negativa, o lado direito teria carga positiva, o lado esquerdo teria carga negativa (p. 27).

Em conseqüência, o autor ensina múltiplas maneiras de aplicar as mãos sobre o corpo de um paciente, combinando, cargas positivas e cargas negativas. Pelas mãos passaria a energia vital que se transmitiria ao corpo do paciente.

O livro se restringe ao campo da antropologia e da psicologia; não entra em questões religiosas. Duas vezes refere-se superficialmente à Bíblia: Cristo terá chamado luz à força vital (cf. p. 20); a imposição das mãos remontaria pelo menos aos tempos bíblicos (cf. p. 135). Já que não menciona Deus, não se pode dizer que Richard Gordon seja panteísta, como parecem ser outros estudiosos dessa área.

Chama-nos a atenção, porém, o fato de que o livro é publicado pela Editora do Pensamento, que é espírita, e recomenda uma série de livros de índole espírita e panteísta.

Em suma, a prática da imposição das mãos, "canais de magnetismo" (segundo R. Gordon), não é incompatível com a doutrina católica, mas está associada (remotamente, ao menos) a sistemas de pensamento não católicos em alguns casos notórios no Brasil. Ver PR 340/1990, pp. 415-421 ("A Cura pela Imposição das Mãos", de H. Back e P. Grísa).

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-
#0•A61•C1005   2018-09-06 13:43:00 - Convidado/Osvaldo Gomes Cruz
Vou contar para vocês, de modo resumido, a minha história

Certa ocasião, eu senti um dor de cabeça muito forte: eu sentia a minha testa latejar! (Importante salientar, que eu dificilmente tomo remédios. Somente os tomo sob prescrição médica).À noite, eu me deitei para dormir, e continuava sentindo a referida dor. Então, eu coloquei a minha mão na testa. Depois, de alguns minutos assim, a dor passou ! Fiquei intrigado com isto! Por que não estou sentindo mais dor de cabeça?!

Assim, comecei a fazer pesquisa na internet sobre o assunto, e descobri que, realmente, as......

Ler mais...  -  Responder

:-)