PERGUNTE E RESPONDEREMOS 527/Maio 2006

Notícias

ALERTA, BRASIL!

 

A Redação de PR recebeu a seguinte notícia "assustadora".

BRASILEIROS EM PERIGO DE EXTINÇÃO

Não só os países do Hemisfério Norte, mas também o Brasil está incluído na tendência contemporânea de envelhecimento e declínio populacional que, caso não seja revertida, conduzirá no longo prazo ao definhamento e extinção da nacionalidade, conforme denunciou um amigo meu, com estas mesmas palavras.

Uma tabela de taxas de fertilidade preparada pela CIA e extre­mamente atualizada (os dados foram publicados no mês passado), indi­ca que a taxa de fertilidade no Brasil caiu para 1,93 filho por mulher. A tabela encontra-se neste endereço:

http://www.cia.gov/cia/publications/ factbook/rankorder/2127rank.html

Taxa de fertilidade é o número de nascimentos com vida, propor­cionalmente ao número de mulheres em idade fértil no país. Para que a população de um país se conserve estável, é necessário que a taxa de fertilidade não seja inferior à taxa de substituição. Taxa de substitui­ção é o número de nascimentos por mulher necessários para manter inalterada a população do país, caso não haja fluxos migratórios. Se não houvesse mortalidade infantil, a taxa de substituição seria sempre 2 fi­lhos por mulher. Como há pessoas que morrem antes de chegar à idade reprodutiva, a taxa de substituição varia de país para país, conforme a variação da taxa de mortalidade. Nos países mais desenvolvidos, em que a taxa de mortalidade é mais baixa, a taxa de substituição gira em torno de 2,1 filhos por mulher. No Brasil, a taxa de substituição deve ser um pouco superior, tendo em vista uma taxa de mortalidade mais alta.

Ora, a atual taxa de fertilidade do Brasil (1,93 filho por mulher) é inferior à taxa de substituição de um país desenvolvido (2,1 filhos por mulher). O povo brasileiro precisa ser alertado de que a política de con­trole da natalidade do governo, sustentada por organizações supercapitalistas estrangeiras, está conduzindo o País a um gravíssimo problema de subpopulação. Trocando em miúdos, a vaca está indo pro brejo.

As campanhas pró-contenção da natalidade atingiram sua finalida­de.

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-

:-)