PROTESTANTISMO (2668)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Os protestantes são os idiotas úteis atacando a Igreja católica

Frei Clemente Rojão

No capítulo VII da Política Eclesiástica comento os três blocos de poder que dividem o mundo: o político-militar (1º), o financista-ocidental (2º) e o muçulmano (3º) e como todos são inimigos da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo. Um leitor pergunta (em verde tempo comum):

Gostaria de saber em qual destes blocos os protestantes que também odeiam a Igreja Católica se aliam. Tenho para mim que se aliam ao segundo bloco, mas gostaria de saber a opinião do frei Clemente Rojão. 

 

Respondi no título. Os protestantes são os idiotas úteis atacando a Igreja Católica. Na verdade, os protestantes são um grupo heterogêneo e sem unidade, que vai desde o luterano tradicional mais anódino numa Escandinávia descristianizada até o fervoroso pastor neopentecostal semianalfabeto colhedor de dízimo da periferia carioca, não sendo aliados a nenhum grupo.

 

Junto dos católicos, os protestantes também são martirizados pelo primeiro e pelo terceiro bloco. Aliás, uma vez no facebook, comentando sobre ataques de muçulmanos a uma missa na Nigéria que matou sessenta cristãos, eu realmente usei católico como sinônimo de cristão. E está muito correto teologicamente, já que os católicos SÃO os cristãos originais (Quem não gostar, reclame com Santo Inácio de Antioquia) e está muito correto mesmo mundanamente, já que se os católicos estão contidos no grupo de cristãos. Mas um crente reclamou e me chamou de "rato de instituição" relembrando que cristãos eram atacados. (Aqueles protestantes que negam o status de cristãos aos católicos na verdade são servos de Satã espalhando mentiras, faccionistas que não entendem o que Jesus Cristo ensinou nem o fundamento comum das Igrejas cristãs, mesmo separadas entre si.). Sim, os protestantes também são atacados. Mas no caso nigeriano eram católicos sendo atacados, era uma missa. Sim, há centenas de casos de igrejas protestantes das mais diversas matizes sendo atacadas. E igrejas católicas ainda sem comunhão com Roma também. Morremos iguais. Os protestantes, de qualquer corrente, e católicos, sejam romanos, sejam orientais, são massacrados impiedosamente pelos adeptos da religião de paz (de acordo com Barack Hussein Obama) e pelo governo comunista chinês.

 

No segundo bloco, o Financista-Ocidental de EUA e Europa, há muita variedade: 

 

Os protestantes tradicionais europeus foram responsáveis pela capitulação mais vergonhosa da História do cristianismo ao Mundo. Basta ver como Suécia, Noruega, Dinamarca, Holanda, Grã-Bretanha, países unificados nas igrejas protestantes históricas dos séc XVI se descristianizaram com uma velocidade surpreendente. Vivem uma sociedade pagã em que a religião foi relegada a segundo plano. Mesmo suas igrejas foram dominadas pelo relativismo. Exemplo clássico é a Igreja anglicana, que vive uma zorra total doutrinária, aceitando mulheres-padres e casamentos do mesmo sexo, a tal ponto que vivemos o segundo êxodo de anglicanos conservadores para a santa Igreja romana desde a época do glorioso cardeal Newmann, especialmente depois da Anglicanus Coetibus de Bento XVI Magno. In summa, os protestantes europeus tradicionais são os idiotas úteis do Segundo Bloco.

 

Já os protestantes americanos tendem a ser menos tolos. Há grandes pensadores conservadores no protestantismo americano, dignos de toda atenção e estímulo, como o professor Willian Craig Lane, o flagelo de Richard Dawkins. Os Estados Unidos têm uma tradição conservadora muito mais forte em seu protestantismo, já que foi formado por um protestantismo de segunda geração com os puritanos, os presbiterianos, os metodistas, e como o grande ramo dos batistas e seus desdobramentos neopentecostais (não cito aqui os adventistas, seita sem crédito, cada vez mais familiar nas mãos da dinastia White). Também devo lembrar a força do Mormonismo e das Testemunhas de Jeová. Isto não quer dizer que não haja focos de relativismo "a moda européia” na miríade de igrejas e seitas protestantes americanas, especialmente nas classes universitárias mais emburrecidas pela Escola de Frankfurt, mas é bem menos. Os protestantes americanos são mais fiéis e junto dos católicos são grandes guerreiros na guerra contra o marxismo cultural. Neste ponto os protestantes têm até uma vantagem em relação aos católicos: É muito fácil para o marxismo cultural atacar e cooptar uma hierarquia, como foi com a hierarquia católica, e forçar os fiéis pela obediência a ela. Como os protestantes são desunidos e cada um faz o que quer nas suas igrejas que não formam um corpo místico, a infecção do marxismo cultural é mais lenta para penetrar pastor a pastor, líder a líder. Do limão do facciosismo, esta é a limonada da resistência. Há males que vem para o bem. 

 

Falei dos protestantes americanos. Já os evangélicos brasileiros, com seus líderes e pastores prontos para beijar a bunda do PT na primeira eleição em troca de um carguinho no governo, sem chance. Por sorte o rebanho ainda é conservador e nem sempre segue estes líderes. Mesmo Marco Feliciano, que foi empurrado para o campo conservador pela guerra civil do marxismo cultural dentro da base governista, era aliado de primeira ordem do PT. Exceção a outros, como Silas Malafaia, combatedor acérrimo contra o marxismo cultural. Diga-se de passagem, Malafaia fez mais pelos valores cristãos que os seis cardeais brasileiros e toda a CNBB. É vergonha de fazer corar Baruc, Ezequiel e Jeremias para nós católicos.

 

Mas uma coisa os protestantes são: idiotas úteis. Porque em seu ódio demoníaco contra a Igreja de Cristo, dividem cristão contra cristão, Bíblia contra Bíblia, Cristo contra Cristo. Ao espalhar lendas negras contra a Igreja sobre as Cruzada, Inquisição, Galileu, eles ajudam o marxismo cultural do Segundo Bloco, o Ocidental, a tirar o crédito do cristianismo. Eles não entendem que ao atacarem o cristianismo medieval, uma pessoa comum não vai pegar raiva da Igreja católica para virar protestante, ela vai pegar raiva do cristianismo para virara pagã! Exemplo claro e clássico é o crescimento evangélico no Brasil (felizmente já encerrado), nunca vi nenhum ateu virando evangélico, só ex-católicos. A evangelização já havia sido feita pela Igreja católica, foi a Igreja católica que ensinou o nome de Cristo a estes brasileiros. Eles só trocaram de igreja. De um padre formado em Filosofia e Teologia, celibatário e dedicado complemente a Deus em corpo e espírito, na sucessão apostólica em linha reta aos doze, os convertidos evangélicos brasileiros trocaram por um pastor sem formação alguma, que ensina coisas de sua cabeça e está mais dedicado a tosquiar as ovelhas por doações que ministrar os sacramentos. Estas pessoas nunca deixaram de crer em Cristo, mas estas pessoas nunca aprenderam quem é Cristo, no máximo passaram a usar o nome de Jesus como amuleto mágico, citando-o a cada meia dúzia de palavras ou em adesivos, numa paródia de devoção. Da mesma maneira citações da Bíblia fortemente mutiladas a la carte.

 

Por outro lado, os protestantes não têm a menor chance de fazer a diferença mundialmente contra a perseguição, porque não são unidos, não há ninguém que fale por eles. Por mais massacrado que seja, o papa é o papa. O papa fala pela Igreja, e acaba falando pelos cristãos.  Mesmo pelos que não o reconhecem como líder. Os católicos orientais na perseguição já aprenderam isto, seus líderes regionais não têm o impacto mundial, e pedem ajuda à Igreja romana para vocalizar seus males. O que o papa fala é ouvido, nem que seja para ser atacado. Isso é o que os protestantes não têm, nem nunca terão. Mas ao espalhar lendas negras de pedofilia e corrupção no Vaticano, enfraquecem a única tribuna livre para a defesa de seus interesses como cristãos. São idiotas úteis mesmo. 

 

A protestantes e católicos está destinado o martírio. Simultaneamente. Talvez seja aí que a Igreja obterá sua unidade.

A diferença é que os protestantes, ao atacarem a Igreja católica, são os idiotas úteis.  

 


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
9 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
#0•A3715•C881   2016-09-08 14:09:24 - Convidado/Danie Acioli
Vinicius Silva, vai se informar:

1)Pesquisa no Reino Unido aponta que suicídio entre protestantes é três vezes maior.
Disponível em 02/10/2015 - http://bizarricesprotestantes.blogspot.com.br/2013/04/pesquisa-no-reino-unido-aponta-que.html

2)Estudo aponta que evangélicos se suicidam mais que católicos
Disponível em 02/10/2015 -http://izidoroazevedo.blogspot.com.br/2012/04/estudo-aponta-que-evangelicos-se.html

3)Abuso sexual: evangélicos em pior situação que os católicos?
Disponível em 02/10/2015 - http://ultimato.com.br/sites/mao......

Ler mais...  -  Responder
#0•A3715•C858   2016-08-14 13:43:54 - Convidado/Vini Silva
Derrubando a farsa dos primeiros Papas com a Patrística

http://missionariovinisilva.blogspot.com.br/2015/10/derrubando-farsa-dos-falsos-papas-com.html

Responder

#1•R858•C859   2016-08-14 14:25:46 - 1/Manager
Você, missionário?
Amanhã vai se autoproclamar "bispo" também?
Tá bom.
Não é assim que funciona. A sua única defesa é que o Sr. não sabe o que está fazendo.

Responder

#0•A3715•C849   2016-08-11 15:07:28 - Convidado/Bel Dantas
SOLANO PORTELA E CIRO ZIBORDI FATIANDO A BIBLIA COMO SE NADA QUISESSEM

É público e notório que parte dos pregadores evangélicos usa palavras soltas e fora de contexto para atacar a doutrina católica, quase sempre modificando o real sentido das Escrituras.

Uma das questões que geram mais indignação e raiva por parte dos pastores evangélicos é a veneração católica à Santíssima Virgem Maria.
Desejando mais uma vez atacar a figura da mãe de Jesus Cristo, e imaginando que seriam notados apenas por seus súditos habituais, dois destes pregadores desta época tenebr......

Ler mais...  -  Responder
#0•A3715•C838   2016-07-30 22:18:25 - Convidado/A.Silva
DESMASCARANDO ROBERTO TORRECILHAS E SEU PROTESTANTISMO DELIRANTE

Segundo ensinou Matinho Lutero, pai do protestantismo, mentir contra a Igreja Católica ou contra o papado não tem nada demais.
Martinho Lutero:

“QUE MAL PODE HAVER SE UM HOMEM DIZ UMA BOA E GROSSA MENTIRA POR UMA CAUSA MERITÓRIA E PARA O BEM DA IGREJA (LUTERANA)?”
“PARA ENGANAR E SUBVERTER O PAPADO JULGAMOS QUE TUDO NOS É LÍCITO.” (DE WETTE. I, 478).

Infelizmente, alguns dos seus seguidores tem preservado a máxima de Lutero e assim dedicam parte de seu tempo a escrever te......

Ler mais...  -  Responder

:-)