HOMILIAS (1741)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pregações: Homilias - Acaso e Providência Divina - por Padre José Ruy

Acaso e Providência Divina

Pregação em 17/12/2012 gravada na paróquia de Santa Ana, Nova Friburgo/RJ.

Evangelho segundo São Mateus (Mt), capítulo 1

1 Genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão.
2 Abraão gerou Isaac. Isaac gerou Jacó. Jacó gerou Judá e seus irmãos.
3 Judá gerou, de Tamar, Farés e Zara. Farés gerou Esron. Esron gerou Arão.
4 Arão gerou Aminadab. Aminadab gerou Naasson. Naasson gerou Salmon.
5 Salmon gerou Booz, de Raab. Booz gerou Obed, de Rute. Obed gerou Jessé. Jessé gerou o rei Davi.
6 O rei Davi gerou Salomão, daquela que fora mulher de Urias.
7 Salomão gerou Roboão. Roboão gerou Abias. Abias gerou Asa.
8 Asa gerou Josafá. Josafá gerou Jorão. Jorão gerou Ozias.
9 Ozias gerou Joatão. Joatão gerou Acaz. Acaz gerou Ezequias.
10 Ezequias gerou Manassés. Manassés gerou Amon. Amon gerou Josias.
11 Josias gerou Jeconias e seus irmãos, no cativeiro de Babilônia.
12 E, depois do cativeiro de Babilônia, Jeconias gerou Salatiel. Salatiel gerou Zorobabel.
13 Zorobabel gerou Abiud. Abiud gerou Eliacim. Eliacim gerou Azor.
14 Azor gerou Sadoc. Sadoc gerou Aquim. Aquim gerou Eliud.
15 Eliud gerou Eleazar. Eleazar gerou Matã. Matã gerou Jacó.
16 Jacó gerou José, esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado Cristo.
17 Portanto, as gerações, desde Abraão até Davi, são quatorze. Desde Davi até o cativeiro de Babilônia, quatorze gerações. E, depois do cativeiro até Cristo, quatorze gerações.

Há duas formas de ver a história: Tudo é fruto do acaso ou é providência de Deus.
Jesus Cristo é a verdadeira realização da promessa de Deus.
Para os judeus no tempo de Jesus guardar a genealogia era muito importante, pois o povo de Deus era nômade e tinha localidade de origem fixa. Assim, dizia-se José filho de Davi e não José de Belém.
Os judeus faziam números com as letras e o catorze vem da palavra Davi que numericamente significa catorze. Daí Jesus Cristo ser Davi três vezes, o verdadeiro rei de Israel.

Notemos que, no início, de Abraão não é citado o pai. Igualmente, no final, Jesus não tem pai, só mãe, pois o pai de Jesus é Deus.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Padre José Ruy
Ver mais pregações do Pe. José Ruy.

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
10 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)