HOMILIAS (2784)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pregações: Homilias - Perseverança e Oração - por Padre José Ruy

Perseverança e Oração

Pregação do Pe. José Ruy em 11/10/2012 gravada na paróquia de Santa Ana, Nova Friburgo/RJ.

Evangelho segundo São Lucas (Lc), capítulo 11

5 Em seguida, ele continuou: Se alguém de vós tiver um amigo e for procurá-lo à meia-noite, e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães,
6 pois um amigo meu acaba de chegar à minha casa, de uma viagem, e não tenho nada para lhe oferecer,
7 e se ele responder lá de dentro: Não me incomodes, a porta já está fechada, meus filhos e eu estamos deitados, não posso levantar-me para te dar os pães,
8 eu vos digo: no caso de não se levantar para lhe dar os pães por ser seu amigo, certamente por causa da sua importunação se levantará e lhe dará quantos pães necessitar.
9 E eu vos digo: pedi, e dar-se-vos-á, buscai, e achareis, batei, e abrir-se-vos-á.
10 Pois todo aquele que pede, recebe, aquele que procura, acha, e ao que bater, se lhe abrirá.
11 Se um filho pedir um pão, qual o pai entre vós que lhe dará uma pedra? Se ele pedir um peixe, acaso lhe dará uma serpente?
12 Ou se lhe pedir um ovo, dar-lhe-á porventura um escorpião?
13 Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai celestial dará o Espírito Santo aos que lho pedirem.

Temos que entender a necessidade de perseverar na oração.
Tudo devemos pedir a Deus, como mendigos.
Devemos orar sem cessar como nos ensina S. Paulo, sem desanimar e com perseverança.
Uma fórmula garantida é estabelecer uma hora fixa, um tempo determinado diariamente, para a oração.
Um católico sem oração é o mesmo que um soldado sem as armas. Como enfrentar as batalhas diárias sem oração?
Temos que ser neste mundo almas de oração.
No séc. 21 ou os cristãos serão místicos ou não serão cristãos. Ou nos colocamos diante de Deus sabendo que Dele recebemos todas as coisas na oração ou acabaremos esfriando nossa fé e deixaremos a bandeira de Nosso Senhor.
Oremos com assiduidade e grandes coisas acontecerão.
Quem pensar já fez de tudo, deve-se perguntar: quantas marcas tenho nos joelhos?

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Padre José Ruy
Ver mais pregações do Pe. José Ruy.

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)