HOMILIAS (2133)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pregações: Homilias - Cala-te e sai! - por Padre Paulo Ricardo

Cala-te e sai!

A Palavra de Deus é operativa. Ela não somente explica e indica; ela faz. É assim que Jesus, Palavra que se fez carne, vem a este mundo para retomar a obra da criação. Ele rompe o silêncio no dia de sábado e liberta o homem da mentira, da palavra esquizofrênica de Satanás.

Marcos, 1,21-28 é o evangelho deste domingo. Este ano é o ano de São Marcos.

Uma característica de S. Marcos é conseguir dizer muito com poucas palavras.

Na primeira leitura, Moisés fala ao povo e profetiza: o Senhor fará surgir um profeta como eu...
Moisés teve uma característica diferente entre os profetas: ele viu Deus de perto de alguma forma e testemunha o que viu. Jesus é a realização dessa profecia. Moisés falava do Messias.
Na narrativa do evangelho Jesus se apresenta como alguém que tem uma palavra diferente, com autoridade.

Jesus faz da casa de Pedro, em Cafarnaum, sua base de operações.
Diz Marcos: "todos ficam admirados com seu ensinamento, pois ensinava com autoridade". Os doutores da lei explicavam a lei. Jesus faz e realiza. A palavra de Jesus tem poder, autoridade e uma autoridade recebida (de Deus). Ele é a própria palavra de Deus (como salienta o início do evangelho de São João), a realização da profecia de Moisés.

S. João ainda firma que tudo foi feito por meio da palavra de Deus, ou seja, ela faz e realiza imediatamente, dá realidade às coisas.
Quando Jesus olha para o endemoniado e diz ao demônio 'cala-te e sai', a palavra de Jesus realiza a libertação e a salvação.
Deus mandou seu flho, sua palavra feito carne, para nos dar a salvação. Aqui está toda a essência da vida de Jesus.

No Gênesis, há uma palavra de mentira, vinda de Satanás, para tirar Adão de Eva do caminho da obediência, ficando a vida dos seres humanos acorrentada à palavra da mentira desde então. Para isso era necessária a palavra da Verdade que nos liberta.
Assim, somos salvos e libertos por uma palavra eficaz e divina.
O demônio nos seduz com palavras de promessa de felicidade falsa. Ela não realiza, só destrói.

Até o demônio admite que Jesus é o santo de Deus: 'o que queres conosco?' Mas não adere a essa verdade, levando à morte e destruição.
Jesus dá uma ordem: 'cala-te e sai!'. Jesus fala a alguém, com autoridade, e cala o mentiroso.
Como Deus na criação, o próprio pronunciar da palavra realiza. Uma palavra que não somente diz, mas faz.

É importante notar como é importante lutar contra essa palavra de mentira.
Nós precisamos lutar constantemente contra três coisas: demônio (o pai da mentira), mundo (o mundo de mentiras criado pelos nossos pecados) e carne (o lado do ser humano afetado pelo pecado).
Quem vence a batalha contra a carne? As virgens e os castos.
Quem vence essa batalha contra o mundo? Os mártires.
E a batalha contra o demônio quem vence? O doutor da Igreja com uma palavra capaz de desmascarar a mentira demoníaca.
A luta contra o demônio é a mais importante, porque suas mentiras são o meio pelo qual somos enganados fazendo-nos perder todas as demais batalhas.

Há quem diga que é capaz de conviver com todas as idéias... impossível, outra mentira. Há idéias que são mentiras e inaceitáveis se quisermos seguir Jesus.

A obra libertadora de Jesus é nos livrar das mentiras de Satanás, contra a carne, contra o mundo e contra as mentiras de Satanás e suas palavras sedutoras.
Deixemos que Jesus cale a mentira e abramos nosso coração para a palvra eficaz de Jesus que nos reconstrói e nos liberta.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
7 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 

:-)