REVISTA PeR (1997)'
     ||  Início  ->  
Artigo

Pergunte e Responderemos - Nossa Senhora - A Grande Senhora - por Estêvão Bettencourt

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 539/Maio 2007
Nossa Senhora

A GRANDE SENHORA

----- O mês de maio é, pela piedade católica, dedicado a especial devoção a Maria Santíssima. Ora este costume tem sido subestimado, como se empalidecesse a piedade para com Jesus Cristo, único Mediador entre Deus e os homens. Na verdade, porém, deve-se dizer que não somente não derroga à dignidade de Cristo, mas decorre do próprio cristocentrismo do Novo Testamento.
----- Com efeito, diz São Paulo que "fomos predestinados a ser conformes à imagem de Cristo, para que seja Ele o primogênito entre muitos irmãos" (Rm 8, 29). Ora no Coração de Cristo, modelo do nosso, havia dois sentimentos constantes: o do amor ao Pai, que O enviara (cf. Jo 5, 36; 8,18.28...) e um olhar afetuoso à sua Mãe, de quem recebera tudo o que tinha de humano. Daí se segue que, quanto mais o cristão se configura a Cristo, tanto mais concebe esse sentimento filial para com a Mãe de Jesus e nossa Mãe (cf. Jo 19,25-27). A devoção a Maria brota, por assim dizer, do próprio cristocentrismo da piedade cristã. Cristo fica sendo sempre o primeiro termo ao qual se volta o cristão, Maria está implicada nessa atitude básica do cristão.
----- Ora todo filho tem confiança na tutela que sua mãe lhe pode dar. Essa tutela não é independente da ação redentora de Cristo, mas é dela derivada. É o próprio Jesus que quer haja relacionamento de mãe e filho entre nós e Maria Ssma. O único Mediador entre Deus e os homens (cf. 1Tm 2, 5), em sua magnanimidade, quer que as criaturas participem da sua função salvífica.
----- Um espécimen muito significativo da solicitude materna de Maria com os homens se encontra nas bodas de Cana, quando a Mãe de Jesus intervém junto a seu divino Filho em favor do noivo "Eles não tem mais vinho", disse ela (Jo 2, 4). Atualmente, continua ela a exercer esse papel materno, dizendo ao Filho: "Eles não têm pão, eles não têm amor, eles não têm fé".
----- Em maio de 2007 a figura da Mãe do céu se torna ainda mais clarividente e ponderosa, pois de 13 a 31 de maio se reúne em Aparecida ("na casa da Mãe", como se diz popularmente) o episcopado da América Latina e do Caribe, a fim de estudar os grandes desafios que a Igreja enfrenta em nosso continente. De modo todo particular, o povo católico se volta para a Padroeira (Nossa Senhora de Guadalupe é a padroeira da América Latina) solicitando suas preces pelo bom êxito de tão importante certame. Possa Ela obter de seu Divino Filho as melhores graças e bênçãos para seus trabalhos que serão inaugurados pela palavra do Papa Bento XVI em visita ao Brasil.
----- E obtenha para cada cristão a graça de "ser para Maria um outro Jesus". Em Jesus renascemos e em Jesus concebemos o amor filial de Maria.

Music Contest - Soundfonts Click - Music Click
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
9 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-

:-)