Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Quando e porque começou a ser distribuída a Hóstia no lugar do pão?

21/11/2008.

 

Mensagem:

Questionado por um protestante não tive resposta para a seguinte questão.

Quando e porque começou a ser distribuída a Hóstia no lugar do pão? Pois os protestantes distribuem o pão.

Jesus foi o único que subiu ao céu de corpo e alma?

Agradeço a atenção

=-=-=

Caro Ely,

Agradecemos seu contato e a confiança em nosso apostolado. Ore por nós.

Há aqui um erro. Não é que a hóstia seja distribuída no lugar do pão. A hóstia é um pão. É feita de farinha com água, como um pão qualquer. É apenas mais fina em seu formato. Tanto que se diz que a matéria válida para a Eucaristia é justamente o pão feito de trigo. Nunca a Igreja deixou de usar pão. Aliás, o formato fino da hóstia não é essencial e, de fato, em muitos ritos, o pão eucarístico é usado com o formato de um pão comum, inclusive com fermento.

A palavra hóstia deriva-se do latim hostia quer dizer vítima. A Igreja, com propriedade aplica este termo a Nosso Senhor Jesus Cristo, o Cordeiro imolado em nosso lugar.

“O cristianismo, ao entrar em contato com a cultura latina, agregou no seu linguajar teológico e litúrgico a palavra “hóstia”, exatamente para referir-se à maior “vítima” fatal da agressão humana: Cristo morto e ressuscitado. Os cristãos adotaram a palavra “hóstia” para referir-se ao Cordeiro imolado (vitimado) e, ao mesmo tempo ressuscitado, presente no memorial eucarístico. A palavra “hóstia” passa, pois, a significar a realidade que Cristo mesmo mostrou naquela ceia derradeira: “Isto é o meu corpo entregue... o meu sangue derramado”. O pão consagrado, portanto, é uma “hóstia”, aliás, a “hóstia” verdadeira, isto é, o próprio Corpo do ressuscitado, uma vez mortalmente agredido pela maldade humana, e agora vivo entre nós feito pão e vinho, entregue para ser comida e bebida: Tomai e comei..., tomai e bebei...” (cf. SILVA. Frei José Ariovaldo da, OFM. Hóstia: o que esta palavra lhe sugere? )

A palavra hóstia, também se refere ao “pão ázimo, sem fermento” que os Judeus usavam na Ceia da Páscoa, como Cristo é a nossa Páscoa, na última Ceia, ele pega o pão e diz: “Isto é o meu corpo, que é dado por vós” (Lc 7,19), portanto, o pão da Eucaristia e a hóstia são a mesma coisa (Hóstia = vítima).

Para a celebração da Eucaristia no início da Igreja os fiéis traziam as oferendas, entre elas o pão e o vinho que seriam separados e utilizados na Eucaristia (1). Com o passar to tempo, a Igreja passou utilizar o pão previamente separado, em forma de hóstia, que é levado ao altar – como hoje – no momento das oferendas. A hóstia é pão ázimo, e desde cedo a Igreja o utiliza. O Papa Zeferino (199-217), no século III já se referia ao formato do pão Eucarístico como “coroa”.

Santo Agostinho, no século IV afirmava: “Comungar em pecado é atirar a Hóstia num montouro; é entregar o Cordeiro imaculado nas mãos dos demônios, que o insultam da mais horrenda maneira; é fazer papel pior que Judas” (TREVISAN, Pe. Celestino André, A Eucaristia, Raboni Ltda., Campinas-SP, 1995, p. 45) [destaque nosso]

Portanto, fica claro que desde cedo a Igreja utiliza a hóstia, que é o pão ázimo, na Celebração Eucarística, quanto ao pão utilizado nas “Ceias” protestantes, são apenas uma representação da Ceia do Senhor, não tendo nenhum valor sacramental.

Já na Celebração da Eucaristia: “Os presbíteros,… exercem o seu ministério sagrado principalmente na celebração da Eucaristia; nela, agindo na pessoa de Cristo e proclamando o seu mistério, juntam as orações dos fiéis ao sacrifício de Cristo, sua Cabeça; renovam e aplicam no sacrifício da Missa, até à vinda do Senhor (cf. 1 Cor 11,26), o único sacrifício do Novo Testamento, no qual Cristo, uma vez por todas, Se oferece ao Pai como hóstia imaculada (cf. Heb 9,11-28)”. (cf. XI ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA. A EUCARISTIA: FONTE E ÁPICE DA VIDA E DA MISSÃO DA IGREJA. INSTRUMENTUM LABORIS) [destaque nosso]

Sobre a sua segunda dúvida: “Jesus foi o único que subiu ao céu de corpo e alma?”. Posso assegurar-lhe baseado na sã doutrina da Igreja, que “a imaculada Mãe de Deus, a sempre virem Maria, terminado o curso da vida terrestre, foi assunta em corpo e alma à glória celestial” (cf. Munificentissimus Deus - Dogma da Assunção de Nossa Senhora, nº 44) [destaque nosso]

É importante observar, que Cristo sobe aos céus com seu próprio poder, por isso se diz: “Ascensão de Jesus”. Já Maria, foi levada ao céu (pelo poder de Deus) de corpo e alma, por isso se diz: “assunção” de Maria.

Uma objeção que pode ser levantada pelos protestantes, a citação do Evangelho Segundo João 3,13, é logo esclarecida por Santo Agostinho:

“O Senhor Jesus Cristo não deixou o céu quando de lá desceu até nós; também não se afastou de nós quando subiu novamente ao céu. Ele mesmo afirma que se encontrava no céu quando vivia na terra, ao dizer: Ninguém subiu ao céu, a não ser aquele que desceu do céu, o Filho do Homem, que está no céu (cf. Jo 3,13). Isto foi dito para significar a unidade que existe entre Ele, nossa cabeça, e nós, Seu corpo. E ninguém senão Ele podia realizar esta unidade que nos identifica com Ele mesmo, pois tornou-se Filho do Homem por nossa causa, e nós por meio Dele nos tornamos filhos de Deus. Neste sentido diz o apóstolo: Como o corpo é um só, embora tenha muitos membros, e como todos os membros do corpo, embora sejam muitos, formam um só corpo, assim também acontece com Cristo (1Cor 12,12). Ele não diz: "assim é Cristo", mas: assim também acontece com Cristo.Portanto, Cristo é um só, formado por muitos membros. Desceu do céu por sua misericórdia e ninguém mais subiu senão Ele; mas Nele, pela graça, também nós subimos. Portanto, ninguém mais desceu senão Cristo e ninguém subiu além de Cristo. Isto não quer dizer que a dignidade da cabeça se confunde com a do corpo, mas que a unidade do corpo não se separa da cabeça.” (Sermo de Ascensione Domini, Mai 98,1-2:PLS 2,494-495).


=-=-=

Nota

(1) “Para se unir ao sacrifício, cada fiel deve fazer uma oferta; dá-se o pão e o vinho que hão de ser consagrados; dão-se também esmolas para os pobres, para as viúvas e para os que são assistidos pela comunidade. Os diáconos separam as esmolas do resto das oferendas e colocam o pão e vinho sobre o altar (...) depois de tudo preparado, o celebrante recita uma oração coletiva em nome de toda a assistência: “Oremos, meus irmãos, para que este sacrifício, meu e vosso, seja favoravelmente acolhido por Deus”. (cf. ROPS, Daniel. A Igreja dos Apóstolos e dos Mártires, Vol I, Quadrante, 1988,p. 216) [grifo nosso]

 

=-=-=

Leandro de Martins Jesus.

Fonte: Apostolado Veritatis Splendor


Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
8 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9346433)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?82.60
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns21.69
Diversos  Igreja  4166 Papa Leão XIII e a visão de Satanás20.51
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.17
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.67
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.15
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo12.97
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.04
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.15
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.89
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?10.40
Diversos  Testemunhos  4164 Testemunho de minha travessia9.22
Diversos  Mundo Atual  4163 A Armadilha da Misericórdia8.29
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes8.29
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.21
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.89
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.83
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.76
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.73
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.69
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?7.43
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.32
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.94
Aulas  Doutrina  4165 Indulgências Plenárias, como obter?6.91
Muitos pensam em se realizar aqui ... por um meio ou outro. Sonhos carnais e mundanos. Sonhos sem transcendência. A ilusão do paraíso aqui neste mundo.
Padre Paulo Ricardo

Católicos Online