Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 524 – fevereiro 2006

Boas Notícias

 

LEFEBVRISTAS VOLTARÃO À COMUNHÃO COM A IGREJA?

 

Quem são os lefebvristas?

 

- São cristãos seguidores do arcebispo Dom Mareei Lefébvre, que se opôs às orientações do Concílio do Vaticano II (1962-65). Acabaram rompendo a comunhão com a Santa Sé, pois Dom Lefébvre ordenou, sem autorização pontifícia, novos Bispos, continuadores e propagadores da oposição. Têm sua sede matriz em Écone (Suíça) onde fundaram a Fraternidade São Pio X; esta se acha atualmente posta sob a presidência de Dom Bernard Fellay, e tem núcleos tanto na Europa como na América.

 

Alguns setores lefebvristas já voltaram à plena comunhão com a Santa Sé; tenha-se em vista, por exemplo, o setor do Norte do Estado do Rio, onde os irmãos ex-lefebvristas constituem a Administração Apostólica São João Maria Vianney, sujeita à Santa Sé, mas observante de ritos e costumes preconciliares. Ver PR 483/2002, pp. 350ss; 214/1977, pp. 415ss; 315/1988, pp. 502ss. É de notar que tais irmãos nunca incorreram em heresia negando alguma verdade da fé; nem foram tidos como cismáticos pelo Papa João Paulo II e pelo Cardeal Ratzinger. Apenas julgam os dissidentes que a Igreja está sem Papa desde a morte de Pio XII (1958).

 

Ora no fim da manhã de segunda-feira 29 de agosto de 2005, Dom Bernardo Fellay, Superior Geral da Fraternidade São Pio X, esteve como Papa Bento XVI em Castel Gandolfo numa audiência privada, que causou espécie e curiosidade a quem acompanhou o caso: quais as razões desse encontro? Pode-se crer que seja o início do retorno dos irmãos dissidentes? - Pode-se crer que sim, apesar do sigilo que encobre o teor das conversações entre o Papa e seu visitante. Este Sim decorre do teor dos Comunicados que tanto Bento XVI como D. Fellay emitiram após a visita.

 

Eis o conteúdo de tais Declarações:

 

I. SANTA SÉ

 

Aos 29/08/05 o Sr. Joaquim Navarro Valls, Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, divulgou a seguinte notícia:

 

"O Santo Padre recebeu esta manhã no Palácio Apostólico de Castel Gandolfo o Superior Geral da Fraternidade São Pio X, Monsenhor Bernard Fellay, que solicitara a audiência. O Papa estava acompanhado por Sua Eminência o Cardeal Darío Castrillon Hoyos, Presidente da Pontificia Comissão Ecclesia Dei.

O encontro decorreu em clima de amor à Igreja e anseio de chegar a plena comunhão. Conscientes das dificuldades, os dois interlocutores, manifestaram seu desejo de proceder por etapas, observando os prazos oportunos.

Albano Laziale, 29 de agosto de 2005".

 

2. FRATERNIDADE SÃO PIO X

 

Comunicado de D. Bernard Fellay.

 

"O encontro durou cerca de 35 minutos e decorreu em clima sereno. A audiência foi, para a Fraternidade, a ocasião de afirmar que ela sempre esteve ligada - e será sempre ligada - à Santa Sé ou à Roma eterna. Consideramos dificuldades ponderosas, aliás já conhecidas, numa atitude de grande amor à Igreja. Chegamos à conclusão de que deveremos proceder por etapas para resolver os problemas.

A Fraternidade São Pio X reza para que o Santo Padre tenha a força necessária para pôr fim à crise da Igreja, restaurando todas as coisas em Cristo.

Bernardo Fellay Superior Geral da Fraternidade São Pio X"

 

Além dos dois Cardeais citados, estavam presentes ao encontro o Secretário do Papa, Mons. Gaenswein, e o Pe. Schmidberger, primeiro sucessor de Dom Lefèbvre à frente da Fraternidade São Pio X. O colóquio efetuou-se em alemão.

 

Nada mais se pode dizer sobre o conteúdo do colóquio então ocorrido. Parece certo, porém, que representa um passo importante em demanda de plena comunhão entre os irmãos momentaneamente distanciados. A Deus é sempre possível o que aos homens é muito difícil ou impossível. A dissidência é provocada por falhas interpretações do Concílio.

 

 

Dom Estêvão Bettencourt (OSB)

 


Pergunte e Responderemos - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
4 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9371172)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?82.49
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns22.03
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.19
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.69
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo13.17
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.15
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.05
Diversos  Igreja  4166 Papa Leão XIII e a visão de Satanás11.39
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.16
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.88
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?10.43
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes8.38
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.25
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.88
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.82
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.75
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.75
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.69
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?7.46
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.34
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.95
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo6.76
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos6.67
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.58
Aquelas bem-aventuradas virgens, que se consagraram a Jesus Cristo, podem estar certas de que não encontrarão, nem no céu nem na terra, um esposo tão belo, tão nobre, tão rico, tão amável como Aquele que lhes foi dado, Jesus Cristo.
Sto. Inácio de Antioquia (35-110)

Católicos Online