Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Diversos: Teologia - Qual o Valor da Oração ? - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

Qual o valor da oração?

Muitas vezes, os cristãos se dispõem a interceder pela conversão de alguém que se encontra numa situação de pecado ou se destruindo por um vício. Surge, porém, uma dúvida: quem recebe uma oração de intercessão tem a sua liberdade destruída?
A resposta católica de hoje tenta mostrar a relação existente entre a ação de Deus e a liberdade de uma pessoa que é alvo de uma oração de intercessão.

Qual é o método teológico para responder a esse tipo de dúvida?
Partirmos da revelação. E o que nos foi revelado é que precisamos interceder. Esta é a atitude fundamental.
Os apóstolos rezavam pelos seus inimigos, eles rezavam por aqueles que não aceitaram a verdade da fé. Esta é a realidade, a do Cristo vivo em sua Igreja. Isto é que os apóstolos faziam nos primeiros séculos do cristianismo e é o que jesus fez ('pai, perdoai-lhes porque não sabem o que fazem').
Jesus orava pelos que o rejeitavam. Essa é a atitude de NSJC. Se ele fazia assim, façamos o mesmo também nós.

O primeiro passo para responder a uma dificuldade teológica não é procurar argumentos racionais para crer, mas crer, ter fé e então procurar uma explicação racional, se possível.

Primeira dificuldade teológica: por que é preciso pedir a um Deus onisciente?
Segunda: ao pedir por alguém, isso não tira a liberdade da pessoa por meio da intercessão?

A razão pode nos dizer:
A oração cristã nos insere num mundo em que Deus e o homem estão unidos. Jesus é a união entre a vontade divina e a vontade humana.
No Horto dos Oliveiras vemos o grande mistério da vida de oração em que a vontade humana precisa adequar-se à vontade divina. Jesus pede, concede e consegue, pois através da redenção completa do ser humano a oração é atendida.
Na humanidade de Cristo está incluída toda a humanidade. E na divindade do Cristo está incluído o Deus único e verdadeiro.
No mistério do Cristo que ora as duas vontades, divina e humana, se conformam e entram em harmonia, em profunda comunhão.

E como fica nossa oração nisso?
A nossa oração faz parte desse mistério. A vontade do homem Jesus, a minha vontade e as pessoas pelas quais intercedo, tudo isto está unido no mistério do Cristo que ora.
Temos assim uma comunhão entre nós, que nos permite crer no mistério da oração. A mãe e o filho fazem parte do mesmo corpo, do Cristo total.
E como Deus age? Não sabemos exatamente, mas sabemos que Deus age. Nós não somos alheios e independentes um dos outros, mas somos como um que faz parte de muitos, um que faz parte do outro.

Esse é o Cristo total que como diz o filósofo Pascal está em agonia até o fim dos tempos, em que toda a humanidade e Cristo na humanidade oram, gemem e suam sangue, dirigindo-se ao Pai.
A história da humanidade inteira resume-se na história de Cristo. Ali acontece o mistério da oração cristã.
Nós somos parte desse mistério que é o mistério da Igreja, do Corpo de Cristo.

A oração de intercessão não é uma mágica. Quando a oração se aproxima da vontade de Deus, isso afeta a todos.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
7 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9817667)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?87.76
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns27.39
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.98
Vídeos  Testemunhos  4175 Professor de Harvard se converte15.87
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo14.44
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?14.06
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.50
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.92
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?11.61
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.43
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.66
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes9.91
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.95
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?8.67
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes8.37
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade8.20
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?8.00
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.82
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.59
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.48
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.87
Diversos  Apologética  3960 Deus não divide sua glória com ninguém?6.64
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.48
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos6.46
Esforçai-vos por ficar firmes na doutrina do Senhor e dos apóstolos, para que tudo quanto fizerdes tenha bom êxito na carne e no espírito, pela fé e pela caridade, no Filho, no Pai e no Espírito, no princípio e no fim, com vosso digno bispo e a bem entretecida coroa espiritual de vosso presbitério, juntamente com os diáconos agradáveis a Deus. Sede submissos ao bispo e uns aos outros como, em sua humanidade, Jesus Cristo ao Pai, e os apóstolos a Cristo e ao Pai e ao Espírito, para que a união seja corporal e espiritual.
Sto. Inácio de Antioquia (35-110)

Católicos Online