Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 518 – agosto 2005

 

A MORTE DE VOLTAIRE

 

Todos sabemos quem foi Voltaire: o pior inimigo que teve o cristianismo naquele século XVIII, em que emitia críticas cruéis. Com os anos crescia seu ódio ao cristianismo e à Igreja. Era nele uma obsessão. Cada noite queria afastar a infâmia e cada manhã sentia a necessidade de voltara declarar: o Evangelho só havia trazido desgraças sobre a Terra.

 

Manejou como ninguém a ironia e o sarcasmo em seus inúmeros escritos, chegando até o inominável e o degradante. Chamaram-no de o anticristo. Foi o mestre de gerações inteiras incapazes de compreender os valores superiores do cristianismo, cujo desaparecimento prejudica e empobrece a humanidade.

 

Pois bem, no número de abril de 1778 da revista francesa "Correspondance Lutteraire, Philosophique et Critique" (páginas 87-88) se encontra nada menos que a cópia da profissão de fé de M. Voltaire. Literalmente diz assim:

 

"Eu, o que escreve, declaro que, havendo sofrido um vômito de sangue faz quatro dias, na idade de oitenta e quatro anos e não havendo podido ir à igreja, o pároco de São Suplício quis de bom grado me enviar M. Gauthier, sacerdote. Eu me confessei com ele, se Deus me perdoou, morro na santa religião católica em que nasci, esperando a misericórdia divina que se dignará perdoar todas minhas faltas, se tenho escandalizado a Igreja, peço perdão a Deus e a ela.

Assinado: Voltaire, 2 de março de 1778 na casa do marquês de Villete, na presença do senhor abade Mignot, meu sobrinho e do senhor marquês de Villevielle. Meu amigo".

 

Assinam também: o abade Mignot, Villevielle, que.acrescenta:

 

"Declaramos a presente cópia conforme a original, que foi entregue às mãos do senhor abade Gauthier e que ambos confirmamos e que ambos temos firmado, como firmamos o presente certificado. Paris, 27 de maio de 1778. Abate Mignot Villevielle".

 


Pergunte e Responderemos
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 10561143)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?84.43
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns30.80
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação16.10
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo14.86
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?14.47
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.31
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino13.16
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?12.26
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.74
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes11.26
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.24
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria9.28
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes8.86
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?8.75
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra8.30
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade8.29
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?8.21
Diversos  Apologética  3960 Deus não divide sua glória com ninguém?7.82
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.79
Diversos  Santos e Místicos  3587 Poesia de Santa Teresinha7.33
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.33
Diversos  Mundo Atual  3795 O que há de vir?7.11
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.79
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo6.58
Se Cristo veio ao mundo para salvar e não para condenar (cf. Jo 3,17), a existência da Igreja visível de Cristo não poderia ser motivo de condenação para a maioria do gênero humano, que talvez não lhe pertença visivelmente, mas certamente lhe pertence invisivelmente.
Dom Estêvão Bettencourt

Católicos Online