Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

SEGUNDA EPÍSTOLA AOS CORÍNTIOS

Cerca de seis meses após a primeira Epístola aos coríntios seguiu esta segunda, ocasionada pela mudança de condições na Igreja de Corinto. Como transparece de um exame atento dos textos das duas epístolas, os acontecimentos ter-se-iam desenrolado, com toda a probabilidade, da seguinte maneira:

Tendo aparecido em Corinto inovadores judaizantes, contrários ao Apóstolo, lançam a agitação no seio dessa comunidade, e Paulo vai a Corinto, numa breve visita, a fim de restabelecer a paz (12,14; 13,1-2); essa visita deixa-lhe a alma amargurada por uma ofensa que um cristão faz à sua própria pessoa (2,5;7,12).

Voltando a Éfeso, ele escreve aos coríntios (2,3-4.9;7,8.12) uma carta enérgica e severa, que se perdeu (não é a 1Cor, que é calma e tranqüila).

Entrementes, envia Tito com a missão de restabelecer a paz na Igreja de Corinto e conseguir um relatório fiel do seu estado e dos sentimentos dos cristãos para com ele. Sobrevindo inesperadamente o violento tumulto dos ourives de Éfeso contra ele (At 19,23-40), Paulo parte e, antes do tempo que ele mesmo havia estabelecido, dirige-se para Trôade, onde marcara encontro com Tito. Não o tendo encontrado aí, passa para a Macedônia, onde, finalmente, encontra Tito, que lhe transmite as mais consoladoras notícias. Assim consolado, o Apóstolo reenvia Tito a Corinto, com a finalidade de organizar a coleta em favor dos pobres de Jerusalém. Entrementes escreve, talvez de Filipos, no fim de sua terceira viagem missionária, no ano de 57, a primeira e a segunda parte da segunda epístola, que possuímos.

Serenara o céu em Corinto, mas ainda havia nuvens escuras, cheias de tempestade: os judaizantes, depois da partida de Tito, haviam retomado a sua campanha de acusações e de calúnias contra Paulo, a fim de o enxovalhar e tolher-lhe a autoridade. O Apóstolo foi informado prontamente a esse respeito; retoma sua epístola e, numa terceira parte, ataca os seus adversários, os falsos apóstolos, os ministros de satanás, como ele os chama, com o máximo vigor.

Esta segunda epístola aos coríntios é a mais pessoal dentre as epístolas paulinas. Nela sente-se vibrar mais intensamente os diversos sentimentos que agitam o espírito tão sensível de Paulo. "Paulo não escreveu nada de mais eloqüente, nada de mais comovente, de mais apaixonado do que esta epístola. A tristeza e alegria, o temor e a esperança, a ternura e o desdém vibram nela com a mesma energia" (F. Prat).

Já na primeira parte encontram-se algumas amostras polêmicas contra seus adversários, aos quais ataca depois com todas as forças, na terceira parte, talvez por causa das notícias que recebera de Corinto enquanto ditava a carta, trabalho esse que devia durar muitos dias ou mesmo várias semanas.

Não existem, pois, razões bastante plausíveis para pôr em dúvida a sua integridade, como querem alguns críticos modernos, e fazer da segunda Epístola aos coríntios um mosaico variegado, formado de várias cartas escritas pelo Apóstolo.

A primeira Epístola aos coríntios faz--nos reviver grande parte da vida cristã da Igreja primitiva; a segunda é uma expressão prática da vida do Apóstolo, inteiramente consagrada à causa de Jesus Cristo e ao bem dos seus fiéis, e movido unicamente por motivos sobrenaturais.

Sumário

Cabeçalho e saudação (1,1-2). Ação de graças a Deus pelas consolações que lhe concedeu, para poder consolar também os outros (1,3-11).

I parte - Apologia do próprio ministério (1,12-7,16).

1.   Paulo defende-se da acusação de mutabilidade e de inconstância, e de habilidade demasiado humana (1,12-2,17).

2.   Defende-se da acusação de arrogância e de orgulho, com a glorificação do ministério apostólico (3,1-6,10).

3.   Exorta a corresponder ao seu amor, a evitar os vícios dos gentios (6, 11-7,16).

II parte - Disposições para a coleta (8,1-9,15).

1.   Motivos para se mostrarem generosos (8,1-15).

2.   Recomenda Tito e os demais delegados (8,16-24).

3.   Grandes benefícios provenientes da esmola (9,1-15).

III parte - Defende-se de seus adversários (10,1-13,10).

1.   Responde à acusação de debilidade (10,1-11).

2.   Responde à acusação de ambição (10,12-18).

3.   Depois de ter pedido desculpas, vê-se constrangido a enumerar os seus títulos de glória (11,1-12,18).

4.   Apreensões e inquietações (12, 19-13,10).

Epílogo: Recomendações, saudações, votos finais (13,11-13).


Pergunte e Responderemos
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
8 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8530531)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?31.28
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.71
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.26
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.73
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.15
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino11.07
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns10.97
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo10.89
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.57
Diversos  Mundo Atual  4134 Karl Marx, de cristão a satanista9.98
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?8.66
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo8.27
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.14
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.86
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.53
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.44
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.30
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos7.04
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.02
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes6.89
PeR  Ciência e Fé  0558 Coma Reversível e Coma Irreversível6.61
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?6.44
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?6.41
Diversos  Protestantismo  3970 A prostituição da alma6.22
A Bíblia é filha da Igreja e não sua mãe.
Carlos Ramalhete

Católicos Online