Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

A GRANDE BATALHA
 
Está em Amós 8, 11:  Virão dias – oráculo do Senhor Javé – em que enviarei fome sobre a terra, não uma fome de pão, nem uma sede de água, mas (fome e sede) de ouvir a palavra do Senhor. 12:  Andarão errantes de um mar a outro, vaguearão do norte ao oriente; correrão por toda parte buscando a palavra do Senhor, e não a encontrarão.
 
Durante as últimas semanas, na medida em que se intensificou a campanha dos livros, e vendo com alegria que muita gente nova se engaja nesta batalha, que é final, notei também um crescendo de cartas e telefonemas dando conta das atitudes de certos padres e bispos, também leigos em relação aos nossos livros e nosso trabalho. E se constata nos leigos, que muitos dos que antes de nós escarneciam e nos chamavam de loucos, agora buscam os livros, especialmente os ligados ao FIM. Segundo o Google, depois do tsunami do Japão, praticamente dobraram as buscas na internet pela palavra “fim do mundo”, sinal de que tem gente começando a acordar.
 
Posso lhes dizer que realmente recrudesce a batalha, que ela está se tornando insana. E ela apenas começa! De fato, a grande batalha final é pela posse das almas, e se dá ao nível do espírito. Não olhem para as bombas da Líbia, olhem para as bombas que a anti-igreja atira contra a barca de Pedro.  Esta é a luta mais importante agora. E ela somente irá terminar no dia em que o grande inimigo de nossas almas tiver sido expulso daqui, e vencido pelos homens. São muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo, pois se nota o aceleramento do processo final.
 
O primeiro dos assuntos, e que tem promovido tremendas discussões tem sido mais uma vez esta malsinada campanha da fraternidade, promovida por parte da nossa Igreja, e digo por parte porque parte dela jamais concordará com o sentido dela. E o debate não se dá apenas entre nós leigos, mas também entre os sacerdotes e bispos, provocando uma tremenda divisão. Soube que um deles, quando recebeu os livretos da campanha fez com eles uma fogueira. Isso é sinal de uma divisão profunda e já insanável, que mostra a existência entre nós de pelo menos duas Igrejas: uma Igreja latina e já apóstata, e outra Romana e ainda fiel a Pedro.
 
É literalmente incompreensível que tenhamos na Igreja pessoas de tão elevados estudos, que passam anos e até décadas esfolando traseiros em bancos de teologia e filosofia – que o Santo Padre quer reformar – mas que não conseguem atinar com a ÚNICA missão da Igreja Católica Apostólica Romana: Salvar Almas! Jesus não se abalou dos Céus e Se deixou pregar numa cruz, para que os padres e bispos se dedicassem a salvar o planeta, preterir o ser humano às bestas, lutar pela água e a vitória régia, e prestar contas de formigas e batráquios. Deus quer apenas nossas almas, dom precioso e eterno! Deus quer vida abundante de frutos de eternidade, não apenas panças cheias, a começar justamente pelas dos promotores desta falsa igreja, voltada para o mundo e a verdadeira fonte da miséria.
 
Eu disse e afirmo, com todas as letras: a Igreja católica no Brasil é a única culpada pela fome de milhares de brasileiros, porque a maior parte dela não cumpre as palavras de Jesus e distorce o sentido dos Evangelhos. Jesus disse: buscai primeiro as coisas de Deus e o resto vos será dado por acréscimo. E este “resto” significa TUDO aquilo que precisamos para uma vida digna, casa e comida, roupa e calçados, benefícios sociais e transportes. Sim, e emprego digno. Só existem pessoas sofrendo falta destas coisas, neste país tão rico, exatamente porque uma falsa igreja tem ensinado a buscar o “resto”, esquecendo-se Daquele que nos pode dar TUDO, e que vem em primeiro.
 
Há mais de 10 anos fiz um desafio num livro: tragam-me aqui, entre milhões de brasileiros, algum católico de fato, que viva os Sacramentos, que mantenha confissão em dia e nunca falte na Santa Missa, que reze o terço no mínimo, em família, e que esteja na miséria degradante e mendicante, sem emprego e com a família em barracos de lona. Este homem não existe, e se existir é somente porque ele o faz por livre opção, mas este é outro caso. E o que vale para um, vale para milhões. Ou seja: se nestes mais de 40 anos de CF a Igreja tivesse buscado realmente a Deus, não estaríamos em vias de nos estilhaçarmos em meio a uma guerra “fraterna”.
 
E um amigo o Antônio, me disse assim: se no Brasil, que é o maior país católico do mundo, todas as famílias rezassem o Terço diariamente, e os católicos de fato vivessem sua fé, nós não estaríamos sendo governados por uma dama de vermelho, nem em vias de sermos trucidados pela foice e o martelo. Tudo isso se pode colocar na conta desta falsa igreja latina, que ama os micos, venera os cágados, idolatra o lobo guará, preocupa-se com a água do planeta e o aquecimento global, mas é incapaz de ouvir os gritos das almas que buscam a confissão, nem faz conta do lamento dos famintos do Pão da Vida Eterna.
 
Esta gente acha que vida em abundância, significa uma floresta cheia de bichos, enquanto as beiras de estradas se enchem de barracas de lona, porque ela cuida na natureza, não mais das almas. Somente almas pobres das coisas de Deus se sujeitam a uma vida degradante debaixo de barracas de lona, obrigando seus filhos a este tormento. Eles somente estão ali porque não querem saber de Deus, e de fato Deus nada tem a ver com eles. Façam com que este povo reze, viva os sacramentos e se santifique e em pouco tempo não haverá um só nesta situação.
 
A coisa chega ao ponto do ridículo, onde um sacerdote do Nordeste o padre chamado Brasileiro lançou em sua paróquia a campanha: “adote um sapo”, porque o coitado é um bicho feio, desprezado e todos chutam nele. Isso mesmo: manda seu rebanho cuidar cada um de um sapo, para que ele tenha vida em abundancia, não seja mais chutado, e seja preso que o ache feio. Sim por discriminação e intolerância! Ora, isso já prenuncia um desvio mental, digno do hospício, algo que ultrapassa o ridículo e é de fazer chorar, não de rir. Será que ele acha mesmo que isso o justifica diante de Deus Altíssimo? Quantos sapos ele terá nas mãos para oferecer ao Juiz na hora da Justiça?
 
Ora, a missão do sacerdote é algo tão sublime, tão profunda, tão necessária e tão preciosa aos olhos de Deus, que todo sacerdote a deveria exercer como um São José de Copertino, que voava pelos ares em direção ao Sacrário quando entrava na Igreja para celebrar a Santa Missa. O zelo pelas almas deveria ser neles tão ardente, tão profundo, que pelo exemplo de amor e fé, converteria todo o rebanho a eles confiado por Deus, sem exceção de uma só alminha. E não haveria seitas! Seus olhos, ouvidos e coração deveriam estar de tal modo voltado para as almas, que nada, absolutamente nada os desviaria deste objetivo sublime, desde dever sagrado, desta obrigação santa. E nunca faltaria água no planeta! Nem bichos nas florestas!
 
De fato se para Deus cada alma vale mais do que toda a matéria que existe no Universo, com todas as riquezas materiais que ele contém que missão maior existe do que lutar pelo resgate delas? Querem lutar por tesouros, por que não os celestes, onde a traça não rói e o ladrão não rouba? Acaso não foi isso que Jesus nos ensinou, e mais do que para nós ensinou aos seus sacerdotes? Que tremenda perda de tempo, gasto de dinheiro e saliva para pregar sobre a água e a natureza física, quando a natureza espiritual dos homens agoniza? Tudo isso vale NADA diante de Deus e clama por justiça.
 
Não dá para imaginar que os promotores disso tudo possam ser tão cegos, tão obstinados, tão teimosos em seu orgulho. O absurdo é tão gritante que raros foram os bispos que se manifestaram publicamente contra o aborto das duas crianças da menina do Nordeste, mas estão aí turmas deles a aplaudir as tartarugas do Tamar. Lutam por uma tal de “mãe terra” que nada mais é que a deusa Gaia, o que os leva a um culto panteísta, próprio da Nova Era, desviando-os do plano divino e de salvação!
 
A campanha deles diz que a “natureza geme as dores do parto”, mas ela geme por causa do pecado da ganância exacerbada, que leva algumas pessoas e as multinacionais diabólicas, a se locupletarem de todos os recursos existentes, acumulando gigantescos patrimônios em detrimento de bilhões de famintos. Compete a Igreja então lutar contra o pecado da usura infrene, combater esta ganância exacerbada, porque esta é a causa da degradação da natureza.  Se a Igreja fizer isso, Deus irá cuidar desta mesma natureza, para que nada falte aos seus filhos e filhas. Ademais é cinismo imaginar que agora, depois de tudo destruído, o homem conseguirá reverter esta situação.
 
Nós já acionamos o gatilho da destruição irreversível, e mesmo que se empenhe toda a humanidade neste sentido – sem Deus – ela só fará piorar o estrago. Nem daqui a mil anos conseguiremos! E vejo isso aqui por nossa cidade. Nossas matas dobraram nestes últimos 20 anos, entretanto o rio continua secando dia a dia, e sabemos que mais adiante, apenas duas entre milhares de nascentes terão água para saciar o povo. Mas isso apenas porque Deus ama os filhos que aqui residem, não porque a Igreja catou o lixo, e ensinou ecologia no lugar da boa e santa catequese.
 
Quem geme as dores do parto são as almas, desorientadas, de um rebanho disperso e sem rumo, que já não sabe a quem seguir, nem como viver sua fé. Como não ter dúvidas se cada padre já tem a sua igreja e cada bispo seu rebanho? E se ambos não seguem mais o Catecismo da Igreja de Pedro! Como saber quem está certo dentro deste dilúvio de desinformações? Não haverá, acaso, na Paróquia do padre Brasileiro algum fiel que levou ao pé da letra o pedido dele e adotou um sapo ao invés de cuidar da própria alma, da conversão sua e dos seus, por uma boa confissão? A quem você vai seguir? Ao padre que diz que devemos seguir não ao Papa mas ao Boff “porque ele se aproximou mais dos pobres”, ou a Sua Santidade o Papa Bento de XVI que condenou os escritos heréticos de Boff, e devemos cuidar das almas e da “ecologia” humana? Porque vai um infinito entre um ser dotado de alma imortal e um mero ruminante e impensante. Ou um batráquio!
 
E a pergunta que não quer calar? Haveria ainda um padre tão mal informado neste país que não soubesse desta condenação? Poderia algum deles não saber que não deve usar dos escritos dele nem sequer mencionar este nome, a não ser que seja para lamentar e alertar contra um herege contumaz e desafiador? A quem você deve seguir? Ao padre que manda os fiéis irem ao psicanalista contar seus traumas, ou a aquele que atende a alma sedenta em seu confessionário, porque busca o perdão de Deus que só o Padre pode dar? Você deve seguir ao padre que manda adotar um sapo ou a aquele que luta contra o aborto? Deve seguir ao padre que manda ajudar os pobres vadios, ou a aquele que manda cuidar primeiro das almas? Deve seguir aquele que quer encher barrigas – primeiro a própria – ou aquele que quer encher as almas sedentas do Amor de Deus?
 
Uma senhora me telefonou dizendo que, sendo amiga do Bispo, foi levar a ele um de nossos livros. Ele olhou, viu que não tinha o imprimatur e disse: estes são os anticristos! São os falsos profetas de hoje! Eles não têm direito de escrever sobre as coisas da Igreja! Sim, e quem tem direito? Os hereges contumazes? Os apóstatas como Boff e outros, com seus livros cheios de imprimatur? Os livros água com açúcar do falso ecumenismo, tão vazios da verdade quanto um saco de vento.
 
Quem, de fato trabalha para o anticristo? Os que, como nós alertamos para o advento desta fera maldita ou quem, como esta insigne autoridade diz que é anticristo justamente quem adverte o mundo quanto ao demônio incarnado? Seríamos nós o “reino dividido contra si mesmo” que Jesus mencionou, ou são exatamente eles que contribuem para o advento da fera? Ou será que a desejam?
 
Claro, se torna impossível de levantar num texto todos os tipos de heresias, de falsos ensinamentos, de doutrinas falaciosas que se prega hoje usando o nome da Santa Igreja, tantos são. O que vemos é uma avalanche aterradora de desvios que induzem as ovelhas a um cristianismo estéril, a uma falsa Igreja sem Pedro, a um caminho que é realmente de perdição, não de salvação. Eu coletei já, entre os disparates doutrinários que alguns pregam em nome da Igreja Católica, mais de 100 heresias graves, invenções de cabeças teológicas, tão distantes da verdade como de Deus. Um fiel menos preparado, diante de tamanha confusão, não verá outro caminho a não ser retirar-se para religiões menos confusas, onde suas almas estão melhor guardadas do que aqui.
 
Nós temos pessoas muito valentes entre nossos divulgadores, que nada temem e enfrentam seus padres e bispos quando se desviam da verdade. Isso, de fato, não é somente um direito, como um dever! Não importa o cargo que a autoridade exerça, mesmo que seja ele o Papa, é obrigação de qualquer fiel alertar quanto a possíveis erros, que coloquem em risco a verdade e que atentem contra a fé. Não pensem que, por serem eles grandes, poderosos, famosos e coisas mais, que não erram. Já muitos santos alertaram bispos e mesmo ao Papa, quando eles se desviaram da verdade. E hoje, mais do que nunca é dever nosso cumprir isso. E cabe ao alertado ponderar com humildade a respeito da matéria, rezando para ter discernimento.
 
Mas eu gostaria de pedir aos amigos leitores, os que vão levar nossos livros aos seus padres e bispos, que ponderassem bem antes, que rezassem ao Espírito Santo, para que tudo fosse feito Nele e por Ele. Muitos vão completamente despreparados e sem argumentos, sem as mínimas condições de ponderar à altura, e são esmagados e ridicularizados, exatamente por isso. Então desanimam e choram! E antes mesmo de ir, é possível analisar com prudência sobre a índole do sacerdote, ou bispo, porque há casos em que não há diálogo possível, apenas explosões de ira. São lobos, já não pastores amorosos!
 
Por exemplo: se o seu sacerdote segue a teologia da libertação, esta praga maldita, não adianta você tentar convertê-lo, porque é tempo perdido: isso é tarefa somente para o Espirito Santo! Então nem adianta dar a ele o livro As Angústias da Igreja, porque, de duas uma, ou ele não lerá ou sairá com você nas costas, e você ficará triste! Nestes casos, resta somente rezar por ele, porque uma Ave Maria, tirada do fundo do coração, tem mais poder do que todo um livro, com escritos humanos. E como é doloroso ver nossos divulgadores sendo enxotados quase a pontapés por aqueles que deveriam ter humildade para ouvir amorosamente, ler e ponderar com sabedoria. O fato é que se agissem assim se converteriam, e por isso não fazem!
 
Eu gostaria que alguém, em todo este país, me achasse um só livro, com Imprimatur, que fale a verdade sobre a próxima vinda de Jesus! Para falar que isso nunca vai acontecer, ou que é coisa para daqui a mil anos, isso pode até haver, mas que diga, com todas as letras, que estamos na iminência de acontecimentos terríveis, segundo as Escrituras, isso não existe. Quem vai então alertar aos filhos e filhas de Deus senão os leigos e através de livros sem “imprimatur”? Quem vai falar a verdade se os livros com imprimatur se calam diante da iminência do Senhor que retorna em Glória? Certo sacerdote nos chamou de hereges, porque aplicamos textos da Bíblia aos acontecimentos atuais. Mas afinal, quando serão eles aplicados?
 
Hoje, sem dúvida, chegamos ao tempo em que os leigos devem tomar aos ombros a tarefa de alertar aos que assim o desejam, de mostrar aos filhos de Deus os sinais dos tempos, muitos dos quais anunciados pelo próprio Jesus. Foi Ele quem previu dizendo assim: sereis perseguidos, por causa de meu nome! Aí dizem a cigarras gritadeiras que a Igreja sempre foi perseguida, e realmente foi! Mas que dirão eles quando a Igreja, devido a esta divisão e apostasia, for perseguida em todo mundo, de forma implacável, e der ao Céu mais mártires e derramar mais sangue do que até hoje ela o fez, em todos os séculos? Terão ainda condições de reagir? Se já estão mortos hoje?
 
E como reagir? Através da oração! Como, porém, rezar, se por aí estão imensidades de sacerdotes que combatem a oração do Rosário por repetitiva no que também combatem Maria por intrometida? Isso quando esta é a arma dos cristãos neste mundo em estertores! Isso quando o próprio Deus, do fundo de sua imensa misericórdia instituiu e consagrou esta arma, como a mais eficiente de todas no atual combate as trevas. Há quem queria proibir de rezar o Terço até em família, quando toda aquela que não rezar unida, terminará agredida e destruída.
 
Nós temos também a armadura da Eucaristia, nosso escudo, sem o que somos frágeis diante do inimigo. Mas onde estão as horas de adoração, as procissões solenes, os momentos de união mais profunda com o Senhor? Como fazer isso, se hoje, na maioria das Igrejas, quando entramos nelas a primeira coisa que devemos procurar é onde esconderam Jesus! Ou não depende do espaço que Lhe reservaram, o tamanho da vergonha que Dele sentem? Isso quando não O trancafiam atrás de grades, como um rebelde ou de fato o Divino Prisioneiro.
 
Deus é Infinito Poder, nós somos miséria infinita, grãos de pó e menos que isso, vermes nada mais. E Deus age apenas a pedido dos filhos, que humildemente se fazer necessitados de sua graça, de seu amor e proteção. Se todos os filhos pedissem, e pedissem em estado de graça, o Criador apenas estalaria um dedo e a natureza toda se revitalizaria num instante, com tudo aquilo que a compõe. Mas quando os filhos se metem num terreno que não lhes compete, e arrogantemente imaginam que são capazes de controlar as infinitas combinações que regem a vida do planeta, nada mais resta ao mesmo Criador que não seja deixar que tudo se esvaia e se desintegre.
 
Porque tudo isso se irá desintegrar diante dos olhos arregalados desta gente, que não quer ver nem ouvir, que escarnece de quem os adverte, faz pouco caso dos sinais constantes que Deus nos envia, no que ridiculariza ao próprio Jesus que nos apontou todos estes sinais, como precursores de sua Vinda Gloriosa. É literalmente ininteligível que tais responsáveis, sejam incapazes de perceber a degradação moral acelerada da sociedade, o crescendo da tirania gay, o processo galopante de perversão da infância, e a destruição furiosa da nossa juventude, afundada em drogas, bebidas, baladas, sexo infrene e pornografia. Isso quando São Pedro nos apontava estes fatos como sinal do fim.
 
Dizem eles que não temos direito de apontar as Escrituras para mostrar tudo isso, e que devemos deixar os hereges interpretar estes sinais. Mas estes são exatamente os guias cegos aos quais Jesus se referiu, que conduzem o rebanho ao despenhadeiro. Como os poderemos seguir, se nossas almas correm risco? Teremos de ir aos cágados para ganhar o Céu? Teremos acaso de adotar um sapo para salvar nossas almas? Teremos acaso de cuidar de um mico leão, deixando de lado nossos filhos, pois é só isso que Deus quer de nós? Ou será que a vara da justiça espera os protetores de cágados, os que adotam sapos e que abortam crianças enquanto penalizam de cadeia a quem come um ovo de tartaruga? Querem com isso ganhar o Céu?
 
Bem por causa destes desvarios, porque lutam pela água do planeta não pela alma humana, a maioria das fontes secará, as águas se tornarão sangue por milhões de abortos, os lagos e rios estarão envenenados, e o que se verá por todo lado é apenas morte e destruição. Isso está nas Escrituras, e virá apenas por causa de uma falsa igreja, não mais de Pedro, não mais de Cristo, que insiste e dizer que faz, quando Jesus disse: “sem mim nada podeis fazer”.
 
Temos alguns meses de batalha pela frente, e ela será árdua. Do Vaticano surgem notícias de que o Santo Padre estará para expedir um documento que desagradará grande parte do clero. Pois se desagradar a este tipo de clero acima, de antemão nós já decidimos pelo Papa. Pois com ele venceremos! Pedro está com Jesus, e com eles vamos ao novo reino que espera este pequeno rebanho fiel, que busca o celeste e trata das almas.
 
Quanto aos orgulhosos, os teólogos libertadores, os doutores em fraternidade – e pobre em santidade – os que preferem adotar sapos, venerar animais em extinção e tratar da água do planeta, estes que têm os seus narizes voltados para a mãe terra, que invoquem a deusa Gaia sua protetora. Quem sabe os salvará! Eles podem até invocar o nome de Jesus como mero enfeite, porque o honram com os lábios, mas seu coração está Dele distante. Enfim…
 
A batalha está posta, a luta já vai alta: Jesus ou Gaia! Almas ou micos! Céu ou terra! Vida eterna ou morte! Você escolhe! Só um vencerá! Mas chegará ao fim com poucos! E estes são os loucos de hoje, e habitantes da Nova Terra de amanhã! Você já escolheu de que lado estará?

Arnaldo Haas
Recados de Aarão


GoNet - PR
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
4 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL
#0•A501•C42   2011-09-09 00:23:41 - Convidado/[email protected]

Por isso, agora eu só leio algo se for aprovado oficialmente pela Igreja.

Hoje, o que está mais me ajudando a restaurar o estrago feito à minha alma por causa desses falsos videntes, é estudar sites de apologia (que são bem mais sérios e cultos) a fim de aprender mais sobre a história e a doutrina da Igreja, a fim de conhecê-la, amá-la e respeitá-la cada vez mais (juntamente com a sua hierarquia)!

Penso que se eu conhecesse melhor a doutrina da Igreja, eu teria ouvido os bispos da Igreja e não desconfiado deles, eu não teria sido tão ingênuo e talvez não teria caído......

Ler mais...  -  Responder
#0•A501•C43   2011-09-08 23:53:51 - Convidado/[email protected]

Amigo, pelo visto você ainda acredita nas profecias do Pe. Gobbi, Medjurgorje, Vassula Ryden, etc. Pare com isso, eu perdi 10 anos da minha vida acreditando nesses falsos profetas; achando que se rezasse o rosário todos os dias poderia salvar minha família e o mundo. O mundo não acabou em 2000 como previu o Pe. Gobbi (aliás, como tudo passa neste mundo, ele já passou também) e nem o Papa Bento XVI é o falso-profeta como profetizou a Vassula Ryden (só falta ela passar também, já que ela disse que tudo o que profetizou acontecerá enquanto ela estiver viva) e nem a Maçonaria tomou conta da ......

Ler mais...  -  Responder
#0•A501•C44   2011-03-26 08:59:23 - 2/Lávio
Bem realista o artigo e, infelizmente, necessário.

Hoje, o que vejo e me impressiona, é a confusão reinante. Nosso mundinho está sucumbindo diante da ditadura relativista que endeusa o homem e sua tecnologia, mas está tornando-o um poço de contradições, mentiras e ilusões, capazes de confundir até os escolhidos... se não orarmos muito.

Só não gostei do tom excessivamente condenatório, a meu ver, especialmente com relação ao clero, ou parte dele. A verdade é radical por natureza (seja seu sim, sim, e seu não, não), mas acho que ela deve tentar esclarecer e converter, e não......

Ler mais...  -  Responder
#0•A501•C45   2011-03-26 08:03:32 - Convidado/Carlos Ramalhete
Acho que o autor tem razão nos erros que aponta, mas corre o sério risco de piorar a situação ao atiçar as pessoas contra o clero. Seria mais prudente ensinar o que é certo e condenar o erro, ao invés de se queixar do clero herético. Isso acaba criando um nível de exigência quase donatista, esquecendo-se de que mesmo o padre mais TL continua sendo padre, pq não é ele com seus pecados que age ao ministrar os Sacramentos, mas o próprio Cristo.

Vale mais, como ele mesmo disse, rezar uma Ave-Maria pelo mau padre que ir bater boca com ele. A isso, eu acrescentaria que tbm vale mais que b......

Ler mais...  -  Responder

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9582280)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?81.55
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns24.93
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.67
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.99
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo13.98
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.39
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.20
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.31
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?11.16
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.78
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes9.44
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.70
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes8.25
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.97
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.84
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.82
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?7.76
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.59
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.49
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.90
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos6.54
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.48
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo6.43
Diversos  Apologética  3960 Deus não divide sua glória com ninguém?6.29
Ao príncipe deste mundo foi ocultada a virgindade de Maria, seu parto e também a morte do Senhor.
Sto. Inácio de Antioquia (35-110)

Católicos Online