Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Nos EUA, acelera-se a queda da frequência de católicos às igrejas

 


Percentuais da queda de ida aos templos


Nos Estados Unidos, o comparecimento de católicos às igrejas vem caindo há décadas, mas houve uma aceleração nos últimos anos.
O instituto Galupp apurou que no período 2014-2017 a média de católicos que participaram de atividades religiosas nos últimos sete dias foi de 39%, contra 45% de 2005-2008. Portanto, uma queda de seis pontos percentuais. Em 1955, 75% dos católicos compareciam semanalmente a um templo.
Por faixa etária, o declínio mais acentuado é dos jovens na faixa de 21 a 29 anos. Na pesquisa mais recente, apenas 25% deles informaram ter ido a uma igreja nos últimos sete dias.

Hoje, o que segura um pouco da frequência católica é o crescimento da população hispânica. Em relação aos protestantes (evangélicos incluídos), tem havido uma estabilidade. Em 2014-2017, 45% dos protestantes declararam comparecimento semanal a templos, um ponto percentual a menos em relação ao referido período anterior.

Há 62 anos, essa presença era de 42%. (1).

 


Maioria dos jovens europeus afirma não ter religião


Banimento da religião no velho continente

Por Arnaud Bevilacqua e Gauthier Vaillant

para La Croix International

 

Números estatísticos de um estudo conjunto do Instituto Católico de Paris e da St. Mary’s Catholic University, em Twickenham, região metropolitana de Londres, sobre a filiação religiosa de jovens com idade de 16 a 29 anos mostram que dos 21 países europeus estudados, mais Israel, a maioria diz não ter religião. Este número sobe para 91% na República Tcheca.

Essa queda na filiação religiosa, que não deve ser confundida com a crença em Deus, forma uma das principais conclusões desse estudo, que se baseou em informações coletadas pelas últimas duas sondagens feitas pela European Social Survey em 2014 e 2016.

Os autores fundamentam os resultados em subamostragens de várias centenas de jovens entre 16 e 29 anos de cada país, analisando suas crenças e práticas religiosas.

No entanto, essas amostras foram às vezes bastante limitadas em tamanho, o que significa que é preciso ter cautela na hora de considerar as conclusões alcançadas.

Assim, na França, 64% declararam-se viver sem uma religião em comparação com os 23% que se disseram católicos e os 10% que se identificaram como muçulmanos.

Uma outra pesquisa conduzida pela agência OpinionWay e encomendada pelo jornal La Croix em julho de 2016, com base numa amostragem muito maior e mais representativa, descobriu que 42% dos jovens entre 18 e 30 anos descreviam-se como católicos enquanto 47% diziam não ter religião.

Mas claro está que as referências religiosas estão em queda acentuada.

O que observamos é a situação de um declínio geral na prática religiosa”, disse o professor Stephen Bullivant, teólogo e sociólogo da religião da St. Mary’s University e um dos autores do estudo.

A frequência semanal à igreja está extremamente baixa com apenas quatro países – a saber: a Polônia (39%), Israel (26%), Portugal (20 %) e a Irlanda (15%) – tendo números de frequência acima dos 10% entre os jovens.

Por outro lado, há sete países em que mais da metade das pessoas envolvidas no estudo disse que nunca participar de cerimônias religiosas. (República Tcheca, Países Baixos, Reino Unido, Bélgica, França e Hungria).

Não obstante, os resultados não foram uniformes. Os bastiões católicos tradicionais resistiram à secularização de maneira mais forte do que as principais nações luteranas e anglicanas.

Pondo de lado a Polônia, que é uma exceção com uma população de 82% de católicos, Portugal e Irlanda igualmente demonstraram um nível invejável de dinamismo. (A Itália não esteve entre os países pesquisados.)

“Muitas vezes se diz que a Irlanda está no processo de completa descristianização e que os jovens não vão mais à igreja”, afirmou Bullivant.

“Isso é verdade se olharmos para estes números ao longo do tempo, mas hoje, comparado com o restante da Europa, os jovens irlandeses ainda são extraordinariamente religiosos”, indicou.

A pesquisa também mostra que a religiosidade é mais forte entre pequenas minorias cristãs que não são afetadas por pressões sociais ou questões identitárias.

O exemplo mais notável aqui é a República Tcheca. Embora os católicos sejam um setor bastante pequeno da população (7%), os jovens católicos representam 24% dos que frequentam a missa pelo menos uma vez por semana e 48% dos que rezam semanalmente.

“O exemplo tcheco ilustra aquilo que Bento XVI chamou de ‘minorias criativas’”, disse Bullivant, que acha que o cenário tcheco prefigura os cenários da França e Espanha no médio prazo.

Este tipo de cristianismo de “pertença” em oposição a um cristianismo “cultural”, que está diminuindo, também aparece em menor grau no Reino Unido, nos Países Baixos e na França.

“As comunidades católicas são menores, mas, num reflexo majoritário, as pessoas estão mais comprometidas”, falou o teólogo François Moog, reitor da Faculdade de Educação no Instituo Católico de Paris.

“A pertença religiosa está se tornando cada vez mais existencial e engajadora. A transmissão pela família está mais forte assim como está o apoio entre os membros da comunidade”, explicou.

“Por outro lado”, segundo Moog, “estas minorias têm dúvidas sobre o modo deles de ser cristão hoje e sobre como se expressar no espaço público. Na França, vários livros recém-lançados abordam este tema” (2).

Estudo confirma extinção das religiões em países europeus


 República Checa lidera lista das populações de jovens menos religiosos

Novo estudo mostra que a maioria dos jovens de países religiosos não segue nenhuma crença, confirmando que as religiões organizadas estão em extinção naquele continente.

O estudo “Jovens, Adultos e Religião na Europa” foi feito pelo professor de teologia e sociologia da religião Sthephen Bullivant, da universidade católica de St. Mary, em Londres, com base em pesquisa europeia do período 2014-2016. A religião está moribunda, admite Bullivant.

“Com exceções notáveis, os jovens [de 16 a 29 anos] não se identificam com religião ou a praticam”. Diz que em cem anos não restará nada das referências morais e de comportamento do cristianismo.

Os jovens menos religiosos são os da República Tcheca. Do total, 91% deles afirmam não ter filiação à igreja. Em seguida, vêm os jovens da Estônia, Suécia, Holanda, Reino Unido, Hungria, Bélgica e França.

Em Portugal, os jovens desvinculados da religião chegam a 42% [ver gráfico acima]. Bullivant afirma que os jovens vão a um templo uma única vez, para serem batizados.

As pessoas não estão passando sua identidade religiosa aos seus filhos” (3).

 

Ateus já representam 19,4% da população de jovens brasileiros

Pesquisa feita pela PUC do Rio Grande do Sul sobre a geração Y (pessoas solteiras na faixa de 18 a 34 anos) revela no item religião que os ateus são o segundo maior grupo, representando 19,3% desse extrato da população, abaixo dos católicos, com 34,3%.


Em terceiro lugar estão os evangélicos (14,9%), seguidos pelos espíritas (9,4%), pelo com fé sem religião (6,7%) e agnósticos (6,2%).


Os jovens ateus estão concentrados no Sul e Sudeste.
Ateísmo, agnosticismo e fé sem religião representam juntos, 32,14% ou quase um terço do total do segmento.

 

Geração Y é um conceito sociológico para delimitar as pessoas que nasceram na época da explosão da internet, com abundância de informação e facilidade em seu acesso.

 

Para 92,9% desses jovens, de acordo com a pesquisa da PUC, o item mais importante no dia a dia é ter acesso à internet (4).


Conclusão

Um modelo matemático tenta medir a relação entre as pessoas religiosas e os motivos sociais por trás disso. O resultado foi publicado em um encontro da Sociedade Americana de Físicos em Dallas (EUA).

Para fazer a análise, eles usaram o sistema dinâmico não linear – um método matemático que pode explicar fenômenos complexos que são influenciados por vários fatores. O mesmo sistema foi usado, por exemplo, em uma pesquisa de 2003 que buscou explicar o que motiva o declínio do uso de certas línguas.

No caso do presente estudo, ele baseou-se em dados obtidos em censos em nove países: Austrália, Áustria, Canadá, República Checa, Finlândia, Irlanda, Holanda, Nova Zelândia e Suíça. Nesses países, todos democracias modernas e seculares, o número de pessoas que se declaram sem filiação religiosa tem aumentado ano a ano chegando a 40% na Holanda e 60% na República Checa (5).

Os religiosamente não afiliados são o segundo maior grupo religioso na América do Norte e na maior parte da Europa. Nos Estados Unidos, compõem quase um quarto da população. Na última década, superaram católicos, protestantes e todos os seguidores de religiões não cristãs, por exemplo. Dentro do grupo dos sem religião, as divisões são tão profundas como entre os religiosos. Alguns são ateus confessos, outros são agnósticos e outros são desigrejados, ou seja, não pertence a nenhuma igreja.

Em todo o mundo, o Pew Research Center constata que as mulheres tendem a ser mais propensas a ter uma religião e a rezar. Isso muda quando elas têm mais oportunidades, no entanto. “As mulheres que estão na força de trabalho são mais como os homens na religiosidade”, disse Conrad Hackett, do Pew Research Center (6).

Os desafios para manter a estrutura religiosa é muito cara, ou seja, requer um sistema financeiro empreendedor com custos elevadíssimos. Os fiéis não suportam esse peso e muitos abandonam o sistema religioso. Há de rever renovações celebrativas; motivações para encontros de louvor e adoração; fomentar pedagogicamente a espiritualidade; o testemunho da liderança nos fatores delicadeza e santidade; formação psicológica, teológica e sociológica para ministros da palavra e líderes de comunidades e movimentos; estudar profundamente a doutrina do Espírito Santo, seus dons e viver o Evangelho de Cristo na prática da caridade e da sua proclamação.

Frei Inácio José do Vale

Professor e Conferencista

Sociólogo em Ciência da Religião

Fraternidade do Bem-aventurado Charles de Foucauld

E-mail: [email protected]

Fontes:

(1)        https://www.paulopes.com.br/2018/04/nos-eua-acelera-se-queda-da-frequencia-de-catolicos-as-igrejas.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+Paulopes+(Paulopes)#.Ws9qqy7wbIU

(2)        https://www.paulopes.com.br/2018/03/maioria-dos-jovens-europeus-afirma-nao-ter-religiao.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+Paulopes+(Paulopes)#.Ws9shC7wbIU

(3)        https://www.paulopes.com.br/2018/03/estudo-confirma-extincao-das-religioes-na-europa.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+Paulopes+(Paulopes)#.Ws9vgy7wbIU

(4)        http://www.paulopes.com.br/2015/11/ateus-ja-representam-dezenove-por-cento-populacao-de-jovens-brasileiros.html#more

(5)        https://hypescience.com/religiao-sera-extinta-nestes-9-paises-possivelmente/

(6)        https://hypescience.com/nao-ter-religiao-e-nova-maior-religiao-do-mundo/


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
2 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8281871)/DIA
Diversos  Espiritualidade  4131 Dez conselhos na luta contra o demônio35.12
Diversos  Teologia  4132 A existência de Deus31.75
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?30.02
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.43
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.29
Diversos  Apologética  4130 Paulo desprezou Pedro?11.47
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.23
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.19
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino10.80
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.24
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo9.01
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns8.45
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.34
Diversos  Mundo Atual  4129 Direto do Inferno7.99
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?7.97
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.92
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.75
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?7.72
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.56
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.32
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos7.31
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.05
Diversos  Protestantismo  3970 A prostituição da alma7.03
Vídeos  Mundo Atual  4128 A 'Humanae Vitae' e a apostasia dos cristãos6.99
A mais poderosa obra de evangelização é o nosso testemunho.
Claudio Maria

Católicos Online