Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

O Cristo e a Cruz

 

Grégori Lopes Siqueira

 

O crucifixo é um símbolo de veneração que tem como finalidade, além de identificar que se é um cristão, lembrar que Cristo morreu para salvar a humanidade e que venceu a morte ressuscitando no terceiro dia. Mas, o que me chama a atenção é na recente ‘evolução’ em que o Cristo e a cruz têm passado.

 

Por muito tempo se representou o evento salvífico de Jesus com o Cristo agonizando pregado numa cruz, mas a partir da reforma protestante alguns grupos passaram a representar somente com a cruz, sem o Cristo. Mais recente começou-se a colocar Cristo ressuscitado na cruz, talvez para tentar unir as duas representações anteriores; e ultimamente temos visto nas igrejas a omissão da cruz, ficando apenas o Cristo ressuscitado. Então me pergunto: qual destas imagens melhor representariam a mensagem de salvação de Cristo por nós?

 

Antes de analisar e tentar responder, diria que qualquer uma das quatro representações são incompletas em si, pois não conseguem abarcar em um mesmo ícone o evento da morte e ressurreição. Logo, é necessário fazer uma opção: ou se acentua na morte, como na primeira, ou na ressurreição, como na segunda e quarta. A terceira diria que é uma tentativa de unir morte e ressurreição, mas a mensagem que fica mais acentuada é a ressurreição.

 

Passemos, então, a analisar cada umas das quatro representações. Primeiro, a imagem de Cristo agonizando na cruz retrata o que Nosso Senhor realizou por nós, pois se está lembrando que Ele morreu no nosso lugar e que agora se deve buscar morrer por Ele também. É claro que este entendimento somente tem sentido porque se crê que ele venceu a morte pela ressurreição. Daí a lembrança de que por maior que seja o sofrimento que se está passando, este também passará, enquanto se aguarda a vitória da ressurreição, a volta da alegria, na esperança da vida plena e feliz.

 

Segundo, a imagem adotada pelos protestantes de representar somente a cruz sem o Cristo, está fundamentada na acentuação na vitória de Cristo sobre a morte, pois lembra que Cristo não está mais preso na cruz, Ele ressuscitou. Porém, parece-me que tende a esquecer o evento do sofrimento de Cristo e, como consequência, pode ser visto como uma incapacidade de entender que a vida humana para atingir a realização que todos os seres buscam, a felicidade, passa pela cruz e pelo sofrimento.

 

Terceiro, a imagem do Cristo ressuscitado na cruz é uma tentativa de unir as duas representações anteriores, mas mesmo assim não escapa da incapacidade de retratar a mensagem completa do evento salvífico de Jesus. Ora, olhar para Cristo ressuscitado sobre uma Cruz pode significar que ele ressuscitou e venceu a morte, mas o que está em primeiro plano é o ressuscitado e pode ser interpretado como um acento demasiado na vida que vence o sofrimento, sendo que basta olhar ao lado ou para dentro de si que se vê que estamos rodeados e imbuídos de sofrimentos. Penso que o mais importante não é negar o sofrimento, mas ver no sofrimento a passagem para a ressurreição.

 

Quarto, a imagem do Cristo ressuscitado sem a Cruz é o acento, como nunca, do evento da ressurreição e praticamente esquecendo o anterior sofrimento passado na cruz e na morte. Ora, esta última representação parece-me imbuída de um conteúdo muito atual: o sentimento, pois vivemos num tempo em que o que importa é sentir-se bem, ter prazer, colecionar momentos de intenso gozo e felicidade, e isto pode ser a mensagem contida por detrás de uma representação de um Cristo ressuscitado sem sua Cruz. Ademais, tende a deixar uma ideia de que não importa o que se faça, Cristo lhe salvará; curta a vida o quanto possa, pois o Cristo alegre se alegra contigo; e, assim, se esquece de que a vida é feita também de cruz, renúncia e sofrimento.

 

Aqui deveríamos pensar qual foi o evento determinante que Cristo realmente nos salvou: foi a sua morte ou sua ressurreição? A princípio, parece que o mais certo é dizer que foi os dois, pois da morte se chegou à ressurreição e a ressurreição só aconteceu porque antes houve a morte. Para sair de tal impasse, penso que podemos olhar a nossa vida.

 

O que é mais determinante em nós: os sofrimentos que passamos cada dia ou a grande alegria final que virá depois desta vida na eternidade? Claro que aqui, novamente, um evento precisa do outro; mas como ainda não estamos na vida eterna, temos que nos virar com a vida que aqui levamos que, embora tenha muitos momentos realmente felizes, é marcada pela cruz e sofrimento. Por isso, concluo que a melhor representação ainda é a de Cristo pregado agonizando na cruz, pois nos lembra das nossas lutas de cada dia na esperança da vitória final.

 


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
3 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9677977)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?81.13
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns25.96
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.83
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo14.26
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.99
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.45
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.42
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.37
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?11.32
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.74
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes9.66
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.78
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?8.37
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes8.31
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade8.15
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?7.90
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.82
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.55
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.53
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.89
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos6.51
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.44
Diversos  Apologética  3960 Deus não divide sua glória com ninguém?6.43
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo6.34
A maior prova da instituição divina da Igreja é ela ter sobrevivido, e sobreviver, aos seus hierarcas.
Carlos Ramalhete

Católicos Online