Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Nossa Senhora desvela os símbolos

do livro do Apocalipse 13,1-10:

“A Besta semelhante a uma pantera”

 

 

 

"Então vi surgir do mar uma Besta que tinha dez cornos e siete cabeças. [...]
O Dragão entregou-lhe o seu poder e o seu trono, e concedeu-lhe grande poder."
(Ap 13,1a.2b)

 

 

 

Mensagens de Nossa Senhora aos Sacerdotes,

Seus filhos predilectos, através do Pe. Stefano Gobbi

(1973-1997)

 

 

Imprimatur do Cardeal Bernardino Echeverría Ruiz, Arcebispo de Guayaquil.

Imprimatur do Arcebispo Metropolitano de Pescara – Penne, D. Francesco Cuccarese.

Imprimatur do Cardeal Ignace Moussa Daoud, Patriarca emérito de Antioquia dos Sírios, e Perfeito da Congregação para as Igrejas Orientais.

 

 

Milão, 3 de Junho de 1989,

1º Sábado e Festa do Imaculado Coração de Maria

 

«Filhos prediletos, hoje reunis-vos nos Cenáculos de oração, para celebrar a festa do Coração Imaculado da vossa Mãe Celeste.

Chamei-vos de toda a parte do mundo a consagrar-vos ao meu Coração Imaculado e vós respondestes com amor filial e generosidade.

Já formei o meu exército com os filhos que acolheram o meu convite e escutaram a minha voz.

Chegou o tempo em que o meu Coração Imaculado deve ser glorificado pela Igreja e por toda a humanidade. Porque nestes tempos da apostasia, da purificação e da tribulação, o meu Coração Imaculado é o único refugio e o caminho que vos conduz ao Deus da salvação e da paz.

O meu Coração Imaculado torna-se hoje sobretudo, o sinal da minha segura vitoria, na grande luta que se combate entre os sequazes do enorme dragão vermelho e os da Mulher revestida de sol.

Nesta luta terrível, levanta-se do mar, para ajudar o dragão, uma besta semelhante a uma pantera (cf. Ap 13,1-2).

Se o dragão vermelho é o ateísmo marxista, a besta negra é a maçonaria.

O dragão manifesta-se no vigor do seu poder, a besta negra, ao contrário, age na sombra, esconde-se, oculta-se, de maneira a entrar em toda a parte. Tem patas de urso e boca de leão, porque actua em toda a parte com astúcia e por meio dos meios de comunicação social, isto é, com a propaganda.

As sete cabeças indicam as várias lojas maçônicas, que agem em toda a parte de maneira astuciosa e perigosa.

Esta besta negra tem dez chifres e sobre os chifres dez diademas que são sinais de domínio e de realeza.

É por meio dos dez chifres que a maçonaria domina e governa todo o mundo.

O chifre, no mundo bíblico, sempre foi um instrumento de amplificação, um modo de fazer ouvir mais alto a própria voz, um forte meio de comunicação. Foi por isso que Deus comunicou a sua vontade ao seu povo por meio de dez chifres que deram a conhecer a sua Lei, os dez Mandamentos. Quem os acolhe e os observa, caminha na vida pela senda da vontade divina, da alegria e da paz.

Quem faz a vontade do Pai, acolhe a Palavra do seu Filho e participa na Redenção realizada por Ele. Jesus dá ás almas a própria Vida divina através da Graça que Ele nos alcançou com o seu Sacrifício consumado no Calvário.

 

A Graça da Redenção é comunicada por meio dos sete Sacramentos. Através da Graça, são inseridas na alma as sementes da vida sobrenatural, que são as virtudes. Entre estas, as mais importantes são as três virtudes teologais e as quatro virtudes cardeais, a fé, a esperança a caridade, a prudência, a fortaleza, a justiça e a temperança.

Estas virtudes germinam, crescem e desenvolvem-se cada vez mais ao sol divino dos sete dons do Espírito Santo e conduzem assim as almas pelo caminho luminoso do amor e da santidade.

A tarefa da besta negra, isto é, da maçonaria, é combater de maneira astuciosa, mas tenaz, para impedir que as almas percorram este caminho indicado pelo Pai e pelo Filho e iluminado pelos dons do Espírito Santo.

De fato, se o dragão vermelho age para levar toda a humanidade a prescindir de Deus, para a levar à negação de Deus, difundindo, e por isso, o erro do ateísmo, o objectivo da maçonaria não é negar Deus, mas blasfemar contra Ele.

A besta abre a boca para proferir blasfêmias contra Deus, para blasfemar contra o seu Nome e a sua morada, contra todos aqueles que habitam no Céu (cf. Ap 13,6).

A maior blasfêmia é negar o culto devido só a Deus para o dar a outras criaturas e ao próprio Satanás.

Eis o motivo por que, nestes tempos, por detrás de perversa ação da maçonaria, se difundem, por toda a parte, as missas negras e o culto satânico.

Além disso, a maçonaria age por todos os meios para impedir que as almas se salvem e, deste modo, pretende tornar vã a obra de Redenção realizada por Cristo.

Se o Senhor comunicou a sua Lei com os dez Mandamentos, a maçonaria difunde por toda a parte, com o poder dos seus dez chifres, uma lei que é totalmente oposta à Lei de Deus.

 

Ao Mandamento do Senhor “Não terás outros deuses além de Mim” ela opõe-se, construindo outros falsos ídolos, diante dos quais, hoje em dia, muitos se prostram em adoração.

Ao Mandamento “Não invocar o santo Nome de Deus em vão” ela opõe-se, blasfemando contra Deus e o seu Cristo de muitos modos astuciosos e diabólicos, até ao ponto de reduzir o seu Nome a uma marca comercial indecorosa e a fazer filmes sacrílegos sobre a sua vida e sobre a sua divina Pessoa.

Ao Mandamento “Lembra-te de santificar as festas” ela opõe-se, transformando o domingo em “weekend”, no dia do desporto, das competições e dos divertimentos.

Ao Mandamento “Honra pai e mãe” ela contrapõe um novo modelo de família, fundada sobre a convivência até mesmo entre homossexuais.

Ao Mandamento “Não matar” ela opõe-se, conseguindo legitimar em toda a parte o aborto, levando a acolher a eutanásia e fazendo quase desaparecer o respeito devido ao valor da vida humana.

Ao Mandamento “Não cometer atos impuros” ela opõe-se, justificando, exaltando e publicitando todas as formas de impureza até ao ponto de justificar os atos impuros contra a natureza.

Ao Mandamento “Não furtar” ela opõe-se, agindo para que se propaguem cada vez mais os furtos, a violência, os sequestros de pessoas e as rapinas.

Ao Mandamento “Não levantar falso testemunho” ela opõe-se, agindo para que se propague cada vez mais a lei do engano, da mentira, da duplicidade.

Ao Mandamento “Não desejar as coisas e a mulher do próximo” ela opõe-se agindo para que corromper no íntimo a consciência, enganando a mente e o coração do homem.

 

Deste modo, as almas são impelidas para o caminho perverso e mau da desobediência à Lei do Senhor, são submersas pelo pecado e impedidas assim de receber o dom da Graça e da vida de Deus.

Às sete virtudes teologais e cardeais, que são o fruto de viver em Graça de Deus, a maçonaria opõe-se com a difusão dos sete vícios capitais, que são o fruto de viver habitualmente em estado de pecado.

À fé, ela opõe a soberba; à esperança a luxúria; à caridade a avareza; à prudência a ira; à fortaleza a preguiça; à justiça a inveja; à temperança a gula.

Todo aquele que se torna vítima dos sete vícios capitais é conduzido gradualmente e eliminar o culto que é devido só a Deus, para o dar a falsas divindades, que são a própria personificação de todos estes vícios. E é nisto que consiste a maior e mais terrível blasfêmia.

 

Eis o motivo por que sobre cada cabeça da besta está escrito um título blasfemo.

Cada loja maçônica tem a tarefa de fazer adorar uma divindade diferente.

A primeira cabeça tem o título blasfemo da soberba, que se opõe à virtude da fé e leva a prestar o culto ao deus da razão e do orgulho, da técnica e do progresso.

A segunda cabeça tem o título blasfemo da luxúria, que se opõe à virtude da esperança e leva a prestar o culto ao deus do sexo e da impureza. 

A terceira cabeça tem o título blasfemo da avareza, que se opõe à virtude da caridade e difunde por toda a parte o culto ao deus do dinheiro.

A quarta cabeça tem o título blasfemo da ira, que se opõe à virtude da prudência e leva a prestar o culto ao deus da discórdia e divisão.

A quinta cabeça tem o título blasfemo da preguiça, que se opõe à virtude da fortaleza e difunde o culto ao ídolo do medo, da opinião pública e da exploração.

A sexta cabeça tem o título blasfemo da inveja, que se opõe à virtude da justiça e leva a prestar o culto ao ídolo da violência e da guerra.

A sétima cabeça tem o título blasfemo da gula, que se opõe à virtude da temperança e leva a prestar o culto ao ídolo tão exaltado do hedonismo, do materialismo e do prazer.

A tarefa das lojas maçônicas é atuar hoje, com grande astúcia, para levar a humanidade a desprezar em toda a parte a santa Lei de Deus, a actuar em aberta oposição aos dez Mandamentos, a subtrair o culto devido ao único Deus, para o prestar a falsos ídolos, exaltados e adorados por um número de homens cada vez maior: a razão, a carne, o dinheiro, a discórdia, a supremacia sobre os outros, a violência, o prazer.

 

Assim, as almas são precipitadas na tenebrosa escuridão do mal, do vício e do pecado e, no momento da morte e do juízo de Deus, no pântano de fogo eterno que é o Inferno.

Compreendeis agora como o meu Coração Imaculado se torna, nestes tempos, o vosso refúgio contra o terrível e insidioso ataque da besta negra —isto é, da maçonaria— e o caminho seguro que vos leva a Deus.

 

No meu Coração Imaculado delineia-se a Táctica usada pela vossa Mãe Celeste para contra atacar a astuciosa trama usada pela besta negra.

Por isso, formo os meus filhos na observância dos dez Mandamentos de Deus; na vivência à letra do Evangelho; na prática frequente dos Sacramentos, especialmente da Penitência e da Comunhão Eucarística, como auxiliares necessários para permanecer na Graça de Deus; no exercício forte das virtudes, a fim de seguirem sempre pelo caminho do bem, do amor, da pureza e da santidade.

 

Assim, sirvo-Me de vós, meus pequenos filhos, que vos consagrastes a Mim, para desmascarar todas as astuciosas insídias que a besta negra vos arma e para tornar, por fim, vão o grande ataque que a maçonaria lançou hoje contra Cristo e a sua Igreja.

 

E no final aparecerá, sobretudo na sua maior derrota, o triunfo do meu Coração Imaculado no mundo em todo o seu esplendor.»

 

Fonte:

A Autoridade Eclesiástica

respeito das mensagens de Nossa Senhora ao P. Stefano Gobbi

Ver a primeira publicação sobre as Mensagens de Nossa Senhora ao P. Gobbi, aqui nos “Apelos de Nossa Senhora”.

http://apelosdenossasenhora.blogspot.it/2014/09/mensagens-de-nossa-senhora-aos_25.html


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
1 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 6291043)/DIA
Diversos  Milagres  3892 O Milagre Eucarístico de Lanciano186.80
Diversos  Reflexões  3891 Carta Aberta aos Católicos Perplexos169.37
Diversos  Liturgia  3889 Comunhão na mão: quatro consequências77.37
Pregações  Homilias  3893 Deixa a luz de cristo entrar!66.01
Diversos  Aparições  3888 Ainda o terceiro segredo de Fátima64.06
Diversos  História  3890 Jesus Cristo existiu mesmo?53.80
Pregações  Homilias  3887 Como pedir, o que pedir e a quem pedir50.56
Diversos  Documentos  3885 Quando há nulidade de casamento?32.00
Diversos  Eventos  3886 Fiat Lux !29.75
PeR  História  3880 Idade Média, o que não nos ensinaram28.78
Diversos  Escrituras  3884 Como surgiu a Bíblia?27.50
Pregações  Homilias  3882 O evangelho da transfiguração25.05
Diversos  Ética e Moral  3881 O Vaticano e a Igreja, quem está no controle?24.56
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?24.18
Pregações  Homilias  3878 As tentações do deserto24.07
Vídeos  Aparições  3879 Não há muito tempo, Jesus virá!23.92
Pregações  Mundo Atual  3877 Paradoxos de nosso tempo23.18
Diversos  Prática Cristã  3883 A quem devemos agradar?17.99
Diversos  Protestantismo  3738 Como Calvino me fez Católico16.07
Diversos  Eventos  3869 O que significa Maria no carnaval?16.05
Diversos  Testemunhos  3876 De Adventista a Freira!15.47
Pregações  Homilias  3870 Perdoar é curar com auxílio da fé15.13
Diversos  Ciência e Fé  3862 A origem traumática da homossexualidade masculina13.89
Diversos  Sociedade  3873 A maçonaria e o estado laico13.36
A Igreja não é simplesmente uma escola, muito menos uma Câmara Legislativa, mas um organismo vivo, o Corpo de Cristo prolongado na terra.
Dom Estêvão Bettencourt

Católicos Online