Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

FALAR AO CORAÇÃO

 

Não oferecer coisas, ou pior, doar ofensas. Jamais sejamos portadores de incompatibilidades.

 

Ofertar amor, carinho, gratidão, perdão e falar ao coração com a alma do otimismo, da fortaleza, da fé, da coragem e da esperança.

Falar ao coração é alcançar a pessoa rumo ao sentindo real da vida feliz e com fundamento na âncora do porto seguro, onde há um verdadeiro encontro com a dignidade da pessoa humana e seus mais profundos sentimentos.

 

A desconstrução de não falar ao coração é o óbito progressivo e consistente da pessoa como coisa e como consumidor. O jogo é conduzir a pessoa opilada. Não é lucrativo perder em curto prazo o sujeito gastador, esbanjador e devedor.

 

Adoecer a mente e opilar o coração para não raciocinar e não ter sentimentos nobres, e sim, vangloriar na falsa idéia de ter, possuir e aparecer com coisas e jamais entender e saber que é fantoche do processo capitalista. A melhor forma de escravidão é fazer o escravo pensar que é livre e sua ação nunca seja fator de libertação.

 

A máquina do sistema ganha de forma colossal, pela industrialização de marionetes. Libertar-se desse sistema alienante, manipulador e condicionante, ou seja, dessa cultura boçal e de morte, só mesmo dando abertura à missão, ao poder do Espírito Santo para realizar a conversão e fazer do coração morada do amor de Deus. (Rm 5,5).

 

Temos que acreditar na palavra: "AMOR", na unção libertadora, no acalanto da acolhida, na força da caridade e no mar de bênçãos de Deus! Temos que derrubar os muros, destruir as algemas, acabar com as armas, eliminar a vingança e o ódio, dar fim às passagens para o mal, dar cabo às palavras assassinas, tirar as pedras do caminho, fechar as covas e ser: ponte, escada, caminho, alimento, luz e ser da paz, ser Jesus.

 

Chega de prisão, escuridão, confusão, depressão, solidão e perdição.

Haja coração, afeição, perdão, paixão, comunhão, consolação e morada na mansão da eterna união.

 

Em tempos nenhum podemos ser escravocratas e compactuar com a ignorância e a violência por gestos e por palavras, ser sim, de fato e de verdade: instrumentos de libertação e anunciador da Boa Nova do Reino de Deus.

Que a nossa palavra e a nossa atitude tenham aceitabilidade nos corações.

Quando somos rejeitados, ou seja, quando as pessoas se afastam de nós, é porque as nossas palavras e as nossas atitudes não foram recebidas e nem guardadas em seus corações. Esse é o resultado de palavras ferinas e gestos soberbos e pedantes.

 

Em nosso dicionário não existem as palavras: crítica maliciosa, censura, reprovação, humilhação e condenação. A pessoa pode se tornar uma criminosa em potencial quando usa a palavra para matar. A péssima educação, a mídia e a falta de espiritualidade colaboram com essa fábrica de palavreado assassino. Tem palavra que corta mais do que uma faca afiada e perfura muito mais do que um punhal, tudo isso procede da fonte de Belial. E em nossa defesa o poder angelical do arcanjo São Miguel. Seja a nossa boca uma fonte de palavras abençoadoras.

 

É maravilhoso saber que a boca e a língua estão no cérebro - razão - juízo, e no coração, o paraíso da palavra: amor, carinho, vida feliz, respeito e gratidão.

O coração é a fonte da docilidade, da sabedoria, do equilíbrio, da paciência do amor e da misericórdia.

Que nossas palavras sejam mais doces do que o mel, abissais em ternuras e os nossos gestos sejam motivadores e amorosos. Por tudo isso, sejamos solícitos e agregadores.

 

Pe. Inácio José do Vale

Sociólogo em Ciência da Religião

Professor no Instituto de Teologia Bento XVI

Fraternidade Sacerdotal Jesus Cáritas

Irmãozinho da Visitação da Fraternidade de Charles de Foucauld

E-mail: [email protected]

 


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
3 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9004197)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?32.29
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns18.10
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.04
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.48
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.02
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino11.94
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.47
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.03
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.02
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?9.93
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.97
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.95
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.81
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.65
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria7.57
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes7.55
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.53
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo7.24
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.20
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?6.98
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.97
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.82
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos6.66
PeR  Ciência e Fé  0558 Coma Reversível e Coma Irreversível6.43
Onde não há virtudes naturais a graça não pode operar.
Carlos Ramalhete

Católicos Online