Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

É mentira

Parafraseando o mestre Câmara Cascudo

 

SANTOS, Ivanaldo. É mentira. Parafraseando o mestre Câmara Cascudo. In: O Coyote, Natal, março/abril, 2015 p. 10.

Ivanaldo Santos

Filósofo. E-mail: [email protected].

 

No dia 01/07/1934 Câmara Cascudo, grande antropólogo brasileiro, publicou no jornal A Offenciva, na época editado na cidade do Rio de Janeiro, uma crônica bem-humorada e crítica, cujo titulo era É Mentira. Nessa crônica ele brinca e, ao mesmo tempo, denuncia o caráter autoritário do socialismo implantado na Rússia, denuncia a ditadura, o massacre de milhares de civis, o patrulhamento ideológico às ideias e aos intelectuais e a perseguição aos poetas, aos místicos, a religião e a qualquer coisa que seja um pouco diferente do pensamento oficial do partido socialista e do governo russo.

 

Segundo Câmara Cascudo, o mais grave é que tanto no Brasil como no exterior, especialmente na Europa culta, uma legião de militantes esquerdistas e socialistas, de intelectuais orgânicos, de artistas engajados e coisas semelhantes ficavam publicando artigos nos jornais e revistas da época dizendo que todo o horror vivido pelo povo russo não passava de mentira, de invenção da pretensa mídia  burguesa e da sociedade cristã. Por causa disso, Câmara Cascudo não perde o humor. Ele sai enumerando os horrores do regime socialista e o sofrimento do povo russo e sempre terminando com a frase “É mentira”. Ao final ele conclui que a “Verdade é que a Rússia é um paraíso onde todos os anjos querem sair [fugir]”.

 

Como bem lembrou Karl Marx, o guru da mais desastrada aventura humana nos últimos 250 anos, a “história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa”. Na versão da história como tragédia, a Rússia e vários outros países do Leste Europeu (Polônia Hungria, etc.) viveram no período que vai da década de 1920 até o início da década de 1990.  Nas primeiras décadas do século XXI um conjunto de países na América do Sul (Argentina, Venezuela, Brasil, etc.) resolveram experimentar o neosocialismo, mas dessa vez é a versão no estilo farsa. Os países que compõem a chamada revolução bolivariana ou o socialismo do século XXI (socialismo tropical, socialismo moreno, etc.) passam pelos mesmos dramas e problemas enfrentados pela população russa na década de 1930, época em que Câmara Cascudo publica É Mentira . Assim como na Rússia, daquele momento histórico, hoje em dia não faltam uma legião de militantes esquerdistas e socialistas, de intelectuais orgânicos, de artistas engajados e coisas semelhantes que ficam publicando artigos nos jornais, revistas, nas redes sociais (coisa que Câmara Cascudo não conheceu) dizendo que todo o horror vivido pelo povo não passa de mentira, de invenção da pretensa mídia burguesa e da sociedade cristã. Por isso, parafraseando o mestre Câmara Cascudo, afirma-se:

- É Mentira que o bolivarianismo (socialismo do século XXI, socialismo tropical, socialismo moreno, etc.) seja autoritário;

- É Mentira que a imprensa, nos países bolivarianos, seja reprimida e censurada;

- É Mentira que o judiciário seja censurado e até mesmo instrumentalizado, transformado em braço do partido governista;

- É Mentira que poetas e intelectuais que criticam o governo são censurados, perseguidos e boicotados;

- É Mentira que a Igreja e os cristãos são perseguidos pelo regime neossocialista;

- É Mentira que os países neossocialistas tenham uma agenda radical que pregam, entre outras cosias, a legalização do aborto e a legalização de drogas ilícitas.

 

Nessa triste história, nessa repetição como farsa, a única verdade que existe é que o neossocialista (bolivarianismo ou outro nome que seja dado) é um tipo de falso paraíso onde as pessoas que são livres são exatamente as pessoas que estão fora dessa farsa.


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
7 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 7796213)/DIA
Vídeos  Testemunhos  4122 A conversão de Peter Kreeft74.09
Diversos  Espiritualidade  4121 O Espírito Santo entre nós69.38
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?29.52
Vídeos  História  4117 O nascimento da Igreja Católica22.81
Diversos  Igreja  4111 9 coisas que afastam as pessoas da Igreja21.94
Diversos  Aparições  4119 Nossos tempos são os últimos?21.17
Diversos  Doutrina  4120 A importância do catecismo18.88
Diversos  Apologética  4109 A virgindade perpétua de Maria na Bíblia15.67
Diversos  Testemunhos  4118 Como a Igreja mudou minha vida14.98
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.25
Diversos  Mundo Atual  4113 É o fim do cristianismo e da religião?12.26
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?11.65
Diversos  Apologética  4102 Somente a Bíblia? Mentira!11.62
Diversos  Sociedade  4116 O controle do povo11.40
Diversos  Igreja  4114 Unidade e Contradição11.32
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.25
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.03
Pregações  Doutrina  4091 O discurso do pobre10.98
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino10.53
Diversos  Sociedade  4115 Honestos e Corruptos10.16
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo10.15
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas9.80
Diversos  Doutrina  4110 Cristo assumiu todas as fraquezas humanas?9.04
Diversos  Protestantismo  3970 A prostituição da alma8.70
Muitos estão prontos a 'rasgar as vestes' diante de escândalos e injustiças, naturalmente cometidos por outros, mas poucos parecem disponíveis a agir sobre o próprio 'coração', sobre a própria consciência e sobre as próprias intenções, deixando que o Senhor transforme, renove e converta.
Papa Bento XVI

Católicos Online