Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

A Loucura da Correria e a Serenidade da Alma

Quanto custa o seu sossego,  sua tranquilidade, sua paz e sua qualidade de vida? Qual é valor da serenidade de sua alma?

A obsessão pela atividade é uma loucura. A vida levada com muita preocupação e ocupação é uma violência, uma agressão ao estado da alma e uma atitude  grosseira e repugnante. É no ativismo exacerbado que está à ausência do equilíbrio, da moderação e da vida espiritual. A atividade incessante por demais exagerada leva ao esgotamento físico, mental e emocional. Quantas doenças que advém do pragmatismo, da velocidade dos afazeres, das tarefas impostas imperiosas, da ditadura das urgências, das máquinas dos poderosos capitalistas e da ganância ter, possuir e acumular muitas coisas. O resultado é estresse, esgotamento total, depressão, desconstrução de ideais, de amizades, romances, casamento e a perda de outras coisas e da própria vida. Para uma vida agitada, avexada, sem controle da sua ansiedade é uma cadeia infernal. A conexão do adventício com o interior tisnado resulta na tísica da alma. O esquema montado em nossa era é destruir o ser humano aos poucos e causando lucros grandiosos para a “Elite”, “Os Senhores do Poder”.

Muitas pessoas são extremamente focadas em seus objetivos, sejam de carreira, numa prática esportiva, ou numa meta, como perder peso ou preparar a festa de casamento perfeita, a jornada de trabalho pesada, as muitas horas de treino, as dietas específicas e seguidas à risca que sinalizam  um exagero. Isso causa conflitos em várias modalidades da vida. Quem vive aceso e acelerado demais sem consciência do que isso pode causar, as consequências serão catastróficas.

A  sociedade pós-moderna anda cada vez mais agitada, apressada e desrespeitosa. As próprias crianças vivem numa correria desenfreada tipo casa-escola-ginásio-casa, com múltiplas tarefas e enfrentando o trânsito caótico nas grandes cidades enquanto o pai ou a mãe desesperam ao volante.

A simples vivência dos ruídos (nas escolas, nas fábricas, nos escritórios, nas ruas, etc.) expõe as pessoas a um estresse doentio que acabará em desgaste e desmotivação. As pessoas que falam muito contribuem também com esse mal.

O Síndrome do Pensamento Acelerado descrito pelo Dr. Augusto Cury em algumas das suas obras (ex: Revolucione Sua Qualidade de Vida) é uma das consequências da vida agitada que levamos. Ele produz diversos sintomas como irritabilidade, insatisfação existencial, dificuldades de concentração, défices de memória, fadiga, sono alterado, perturbações emocionais (flutuação do humor) e leva a uma ansiedade excessiva.

Tem cura e libertação pra tudo isso? Claro que tem! Sentar e orar ao Divino Espírito Santo pedindo força e sabedoria para se organizar e administrar suas responsabilidades. Refletir sobre sua saúde e meditar para tomar posse das bênçãos de Deus e pela graça viver a gloriosa felicidade. Ter seu momento de oração, leitura sagrada e participar de retiros espirituais e beber da fonte monástica e eremítica.  A serenidade da alma deve ser à base de tudo.  Configurar sua  vida na riqueza do silêncio e na vivência da espiritualidade. Se deliciar da amizade do Anjo da Guarda (rezar sempre a o ração do Anjo da Guarda), buscar profundas experiências com Deus e caminhar na Boa Nova de Cristo.

 “O silêncio é como a espada na luta espiritual; a alma tagarela nunca atingirá a santidade. Essa espada do silêncio cortará tudo que queira apegar-se à alma. Somos sensíveis à fala e sendo sensíveis, logo queremos responder; não levamos em conta se é da vontade de Deus que falemos. A alma silenciosa é forte; nenhuma adversidade a prejudicará, se perseverar no silêncio. A alma recolhida é capaz da mais profunda união com Deus, ela vive quase sempre sob a inspiração do Espírito Santo. Deus opera sem obstáculo na alma silenciosa.”(Diário de Santa Faustina Kowalska, n°477).

Pe. Inácio José do Vale

Irmãozinho da visitação

Fraternidade Sacerdotal Jesus Cáritas

E-mail: [email protected]


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9343079)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?82.62
Diversos  Igreja  4166 Papa Leão XIII e a visão de Satanás25.51
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns21.64
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.17
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.67
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.16
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo12.89
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.04
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.15
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.89
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?10.39
Diversos  Testemunhos  4164 Testemunho de minha travessia10.05
Diversos  Mundo Atual  4163 A Armadilha da Misericórdia9.48
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes8.28
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.20
Aulas  Doutrina  4165 Indulgências Plenárias, como obter?8.15
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.90
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.83
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.76
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.72
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.69
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?7.43
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.32
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.94
Nós estamos substituindo a ética pela estética, mais preocupados com a nossa própria imagem do que com o bem de nosso irmão.
Padre Paulo Ricardo

Católicos Online