Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Sola Scriptura?

Fundamento do castelo protestante: só a Bíblia.
Sola scriptura: a Bíblia é a única fonte de fé do cristão inspirado infalivelmente pelo Espírito Santo.


Parte 1: MAS...

1)
Só os protestantes se dizem inspirados pelo Espírito Santo ao lerem as escrituras. Católicos e Ortodoxos não.

2)
Existem centenas e centenas de seitas e pseudo-igrejas com doutrinas contraditórias fundadas por homens que discordaram de alguma doutrina da "igreja" em que estavam. Onde está o espírito santo protestante nessas horas não sei.

3)
Pedro afirma claramente que pessoas pouco instruídas ou não firmes podem deturpar as escrituras:

S. Pedro:
“Assim vos escreveu também o nosso caríssimo irmão Paulo, segundo a sabedoria que lhe foi dada, falando-vos dessas coisas, como faz também em todas as suas cartas. Nelas há, porém, alguma coisa difícil de compreender, que as pessoas pouco instruídas ou pouco firmes deturpam, como fazem também com as outras escrituras, para sua própria ruína” (2Pd 3, 15-16).

Ou seja, se a escritura pode levar ao engano, então a sola scriptura é uma mentira.

4)
S. Paulo:
1Tm 3 (15) "Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade".

Paulo não diz que o sustentáculo da verdade é a escritura. Diz que é a Igreja, referindo-se à Igreja instituída por Cristo sobre os apóstolos.

5)
S. João:
Jo 5,39: Aos judeus que não criam em Jesus, que ele é o Messias:
"Examinais as Escrituras, pensando ter nelas a vida eterna, e são elas que dão testemunho de mim. Vós, porém, não quereis vir a mim para terdes a vida! "

Ou seja, está recriminando os que examinam as escrituras mas não a entendem nem a aceitam, mostrando que o sola scriptura, apenas examinar as escrituras, não é garantia de entendimento.

6)
Atos 8:
"(30) Filipe acorreu, ouviu o eunuco ler o profeta Isaías e perguntou: “Tu compreendes o que estás lendo?” (31) O eunuco respondeu: “Como poderia, se Ninguém me orienta?” Então convidou Filipe a subir e a sentar-se junto dele."

O eunuco reconhece que apenas ler pode ser insuficiente para compreender as escrituras. Ele precisa do testemunho e da explicação de um discípulo de Cristo.

7)
Lutero, que adotou o dogma sola scriptura e pai do protestantismo, diz que Cristo é adúltero:
“Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher da fonte [do poço de Jacó] de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: Que fez, então, com ela? Depois, com Madalena, depois, com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim, Cristo, tão piedoso, também teve que fornicar, antes de morrer” (Lutero, Tischredden, Conversas à Mesa, N* 1472, edição de Weimar, Vol. II, p. 107, apud Franz Funck Brentano, Martim Lutero, Ed Vecchi Rio de Janeiro 1956, p. 15).

E agora?
Com quem cada um fica?

Dizer "creio em jesus" ou "só creio na Bíblia" é fácil.
Quero ver é ser honesto e agir de acordo quando confrontado com a própria Bíblia.

Protestante tem mania de onde lê "scriptura", entender "sola scriptura", e não percebe que o erro não está no scriptura, mas no SOLA. É a famosa meia-verdade que ilude para inserir uma mentira.

Bíblia sem Igreja é só papel.
Bíblia com Igreja é palavra de Deus.

 

-0-0-

Parte 2: A Contradição

O que os protestantes querem usando o dogma, o princípio, o fundamento de todo o castelo protestante, Sola Scriptura, é que a Bíblia, e apenas ela, seja a única autoridade infalível para a fé de uma pessoa. Qualquer coisa só pode ser aceita se estiver prevista na Bíblia; o que não estiver lá, não pode ser aceito como verdadeiro e, também, não pode ser tido como obrigatório. Qualquer coisa que não é encontrada na Bíblia é rotulada como "tradição" e é totalmente rejeitada, como se lê - aparentemente - em Mateus 15 (que, porém, fala da tradição farisaica, combatida por Jesus).

É lógico que, dependendo da denominação protestante avaliada, a definição de Sola Scriptura pode variar um pouco. Mas, basicamente, é nisto que todas as maiores denominações protestantes acreditam.

Além das contradições expostas na Parte 1, há vários outros pontos em que a crença na doutrina de que "somente a Bíblia basta" acaba falhando. Se o Sola Scriptura é uma doutrina verdadeira, então:

O cânon da Bíblia (lista dos livros inspirados) deveria estar na Bíblia.
Cada livro da Bíblia deveria se auto autenticar.
Os judeus deveriam acreditar na Sola Scriptura.
à A própria Bíblia deveria ensinar a Sola Scriptura!
Os primeiros cristãos deveriam ter professado a Sola Scriptura nos primeiros séculos.

Os analfabetos não poderiam obter a salvação.
As Escrituras deveriam explicar a si mesmas.
Jesus deveria ter ensinado essa doutrina.
A Bíblia deveria ser autossuficiente.

Contudo, nenhum dos quesitos acima é verdadeiro!

Vamos explicar alguns desses quesitos de forma bem breve:
Se o cânon da Bíblia estivesse incluso nas Escrituras, então nós teríamos que encontrar uma tabela inspirada do conteúdo da Bíblia. Porém, esse não é o caso.
E mesmo que existisse, nós teríamos que ter a certeza de que o conteúdo dessa tabela é realmente inspirado e que os escritos realmente são o que dizem ser.
Já que a Sola Scriptura declara que a Bíblia é a única autoridade infalível, nós não poderíamos aceitar outra autoridade além da própria Escritura para nos dizer quais livros pertenceriam à Bíblia. Como a Bíblia não informa isso, tal doutrina refuta a si mesma.
E finalmente, a grande mentira: está nas escrituras essa doutrina? Não! Ela contradiz a si mesma.
Pode a fé se basear numa mentira?

É justamente por causa desses problemas que alguns protestantes afirmam que os livros da Bíblia seriam auto autenticáveis, isto é, pela simples leitura nos convence que são sagrados.
Ora, isto não funciona porque não podemos basear o cânon da Bíblia num simples "sentimento pessoal", já que nem todas as pessoas que creem em Jesus possuem o mesmo cânon bíblico: o cânon protestante é diferente do cânon católico e ortodoxo; os mórmons e algumas outras denominações protestantes acrescentaram seus próprios livros à Bíblia, da mesma forma que fizeram os primeiríssimos cristãos e também os judeus, que não concordavam sobre quais livros eram inspirados. Para um estudo mais aprofundado sobre este assunto, auxiliam os livros de Mark P. Shea ("Sob qual autoridade?" - "By What Authority?") e Henry Graham ("De Onde nos Veio a Bíblia" - "Where we Got the Bible").

Os judeus não acreditavam na religião fundada ou determinada apenas por uma mera coleção de livros inspirados, tanto assim que as escrituras (AT) para saduceus, samaritanos e judeus não eram exatamente as mesmas. Os sacerdotes e sumo-sacerdotes eram os professores da Lei, e os judeus acreditavam em várias coisas que não estavam incluídas no Antigo Testamento. De fato, se os judeus apenas seguissem o Antigo Testamento, eles não poderiam ter uma religião tão rica em tradições como ainda possuem.

-0-0-

Parte 3: E de onde saiu?

As cinco “solas” (sola scriptura, sola Gratia, Soli Deo Gloria, sola fides e solo Christus) são as colunas do castelo protestante. Sistematizadas no século XVI pelo herege João Calvino (Jean Cauvin). Podemos comparar tais “dogmas” ao nosso sistema solar em que a “sola Scriptura” seria o Sol, enquanto as outras “solas” (advérbio de origem latina que significa somente ou apenas) seriam os planetas girando em torno do astro e dele recebendo toda a energia.

A Bíblia é a única fonte de fé e moral para o protestantismo, mas não para a Igreja Católica e Apostólica (I Timóteo 3,15), que é o Corpo Místico de Jesus Cristo (O Logos ou A Palavra Viva de Deus Pai).

 

Ora, não se deve atribuir a invenção das “solas” a Lutero e tampouco a Calvino, pois tal invenção pertence ao inimigo de Deus e da humanidade. Aos poucos os hereges foram usando essas ideias através das influências das seitas neognósticas (maniqueísmo e, sobretudo, o paulicianismo do século VII e IX). No entanto, foi Pierre de Bruys (+1131) líder de um movimento herético conhecido por petrobrussionismo, o primeiro a fazer uso dessa bizarra comédia, para negar a divindade e a humanidade (docetismo) de Nosso Senhor Jesus Cristo, além de blasfemar contra a Presença Real de Jesus na Eucaristia, contestar a eficácia do Batismo como Sacramento (para apenas um simbolozinho de fé), recusá-lo às crianças, sem esquecer da santidade entre aqueles que deram tudo de si a Jesus Cristo como a Santíssima Virgem Maria aos pés da Santa Cruz e os santos... enfim, tudo que fosse católico apostólico romano ele negava, apenas, digo, SOMENTE dava crédito a uma bíblia mutilada contendo apenas os Santos Evangelhos, negando o Antigo Testamento e admitindo, de forma secundária, os outros livros do Novo Testamento (como fez Marcião no século II) afirmando que não eram inspirados por Deus.

 

Isso lembra Lutero e cia, não? Na verdade, Pierre de Bruys tinha uma forte influência do bogomilismo (neomaniquianismo, seita mãe do catarismo) e do paulicianismo (também dualista e herdeiro de Manes). O “petrobrussianismo”, por sua vez, teve suas crenças alteradas pelos movimentos sectaristas dos valdenses (que tinham uma estrutura hierárquica semelhante à dos cátaros), os primeiros solascripturistas a utilizar integralmente a Bíblia como “única fonte de fé e moral”.

Assim, essa ideia insana foi parar nos pais da revolução protestante, Lutero e Calvino, via Wycliffe e Huss; a diferença está em que os protestantes retiraram os livros Deuterocanônicos e os versículos de Daniel e Ester de “suas” bíblias.

 

Ora, se os protestantes seguem esses “dogmas”, especialmente o princípio “sola Scriptura”, e se cada crente se autodenomina “sacerdote inspirado” pelo próprio Deus para interpretar livremente a Bíblia, para que, então, se precisa de “pastores” e de tantas denominações ou pseudo-igrejas incoerentes e contraditórias? Cada crente seria seu próprio “pastor iluminado e infalível” para examinar, como bem entender, as Sagradas Escrituras, se autobatizar “nas águas” e ser seu próprio papa. Foi isso que Jesus mandou fazer? Isso está na Bíblia? Foi adotado em 1500 anos de cristianismo, antes de Lutero?

 

Qual o principal fruto do protestantismo para conhecermos a árvore?

A DIVISÃO do cristianismo.

Obra de Deus divide?

-0-0-

É nossa intenção colocar os pingos nos is para que todos encontrem o caminho, a verdade e a vida que é nosso Senhor Jesus Cristo sem incoerências, sem acusações mútuas e sem fantasias, pois fé e razão não podem se contradizer e amor sem verdade não é amor, é ilusão, é sentimentalismo.
O dogma protestante sola scriptura nega a Igreja. Mas, se Jesus a segunda pessoa da Santíssima Trindade instituiu uma Igreja, quem é o insensato que vai querer fundar outra?

Claudio Maria


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8537145)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?31.30
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.71
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.26
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.74
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.14
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino11.11
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns11.05
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo10.86
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.57
Diversos  Mundo Atual  4134 Karl Marx, de cristão a satanista9.53
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?8.67
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo8.25
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.13
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.86
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.54
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.44
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.28
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos7.04
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.01
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes6.90
PeR  Ciência e Fé  0558 Coma Reversível e Coma Irreversível6.61
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?6.45
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?6.41
Diversos  Protestantismo  3970 A prostituição da alma6.19
Sem orientação à VERDADE toda a cultura se desfaz, decai no relativismo e se perde no efêmero.
Papa Bento XVI

Católicos Online