Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

II Concílio de Nicéia (787 d.C)

 

Patrística

 

O santo e grande concílio ecumênico, por graça de Deus e por decreto de nossos piedosos e cristãos imperadores Constantino e Irene, sua mãe, reunido por uma segunda vez em Niceia, famosa sede metropolitana de Bitínia, na igreja de Santa Sofia, seguindo a tradição da Igreja Católica, define o que segue.

 

Aquele que nos presenteou com a luz de seu conhecimento e que nos libertou das trevas e da loucura dos ídolos, Cristo nosso Deus, havendo feito sua esposa a Santa Igreja Católica sem mancha nem ruga , prometeu conservá-la desse modo. Confirmou essa promessa dizendo a seus discípulos: “eu estou convosco todos os dias até o fim do mundo”. Mas essa promessa não a fez somente a eles, senão também a nós, que através deles cremos em seu nome. Mas, há alguns homens que descuidando desse dom, encantados pelos enganos do inimigo, desviaram-se da reta razão e sua rebelião ao que concerne à tradição da igreja católica, fracassaram na sua compreensão da verdade. Como disse o provérbio, foram errantes pelas sendas de seu próprio campo e encheram suas mãos de esterilidade porque intentaram desacreditar as sagradas imagens, convenientes ao culto de Deus. Eles pretendem ser sacerdotes, mas não o são, como disse o Senhor por boca do profeta: Muitos pastores devastaram minha vinha, pisotearam meu campo . Seguindo a homens que escutam somente suas próprias paixões, acusaram a Santa Igreja, esposa de Cristo nosso Deus, e não distinguiram entre o sagrado e o profano , pondo no mesmo plano as imagens de Deus e de seus santos e as estátuas dos ídolos diabólicos.

 

Cremos em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis. Cremos em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus, gerado do Pai antes de todos os séculos, Luz da luz, verdadeiro Deus de verdadeiro Deus, gerado, não criado, da mesma substância do Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E, por nós, homens,e para a nossa salvação, desceu dos céus: Se encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria,e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos, padeceu e foi sepultado. Ressuscitou dos mortos ao terceiro dia, conforme as Escrituras e subiu aos céus,onde está assentado à direita de Deus Pai,e de onde há de vir, em glória, para julgar os vivos e os mortos; e o Seu reino não terá fim. Cremos no Espírito Santo, Senhor e fonte de vida, que procede do Pai e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos profetas. Cremos na Igreja Una, Santa, Católica e Apostólica. Confessamos um só batismo para remissão dos pecados. Esperamos a ressurreição dos mortos e a vida do mundo vindouro.Amém.

 

De tal modo, procedendo sobre a via régia, seguindo a doutrina divinamente inspirada de nossos santos padres e a tradição da Igreja Católica — reconhecemos de fato, que o Espírito Santo habita nela — nós definimos com todo rigor e cuidado que, a semelhança da representação da cruz preciosa e vivificante, do mesmo modo as veneráveis e santas imagens, tanto pintadas como as produzidas em mosaicos ou em qualquer outro material apto, devem ser expostas nas santas Igrejas de Deus, sobre os vasos e as vestiduras sagradas, sobre as paredes e tábuas, nas casas e nos caminhos; quer se trate da imagem do Senhor Deus e Salvador nossos Jesus cristo ou da quer se trate da Imaculada Senhora Nossa, a Mãe de Deus, dos santos anjos, de todos os santos e justos. De fato, quando mais frequentemente são contempladas essas imagens, tanto mais são levados aqueles que as contemplam à recordação e ao desejo dos modelos originais e a lhes tributar, beijando-as, respeito e veneração. Não se trata, certamente, de uma verdadeira adoração (latria), reservada por nossa fé somente à natureza divina, senão de um culto similar àquele que se tributa à imagem da cruz preciosa e vivificante, aos santos evangelhos e aos demais objetos sagrados, honrando-os com o oferecimento de incenso ou de luzes segundo o piedoso costume dos antigos. Na realidade, a honra tributada à imagem pertence a quem nela está representado e, quem venera à imagem, venera a realidade de quem nela está reproduzido.

 

Desse modo se reforça o ensinamento de nossos santos padres, ou seja, a tradição da igreja universal, que recebeu o Evangelho de um confim ao outro da terra. Assim somos seguidores de Paulo, que falou em Cristo, do divino colégio apostólico e dos santos padres, mantendo as tradições que recebemos . Assim podemos cantar para a Igreja os hinos triunfais à maneira do profeta: Alegra-te, filha de Sião, exulta filha de Jerusalém. Goza e alegra-te com todo o coração; o Senhor retirou do meio de ti as iniquidades de teus adversários, foste liberada das mãos de teus inimigos. Deus, teu rei, está no meio de ti; já não serás mãos oprimida pelo mal, e a paz habite contigo para sempre.

 

Quem ouse pensar ou ensinar de outro modo, ou seguindo aos ímpios hereges, viola as tradições da Igreja ou inventando novidades ou rechaçando algo daquilo que foi entregue à Igreja como o Evangelho, a representação da Cruz, as imagens pintadas ou as santas relíquias dos mártires; quem pense subverter com astutos embustes qualquer das legítimas tradições da Igreja universal; ou quem usar para fins profanos os vasos sagrados ou os veneráveis monastérios, nós decretamos que, se é bispo ou clérigo, seja deposto, se é monge ou leigo seja excluído da comunhão.

 

Anátemas acerca das sagradas imagens:

 

I. Se alguém não admite que Cristo, nosso Deus está circunscrito segundo a humanidade, seja anátema!

 

II. Se alguém não admite que os relatos evangélicos sejam representados em imagens, seja anátema!

 

III. Se alguém não honra essas imagens, feitas no nome do Senhor ou de seus santos, seja anátema!

 

IV. Se alguém rechaça qualquer tradição eclesiástica, seja escrita ou não escrita, seja anátema!

 

ESTA É A FÉ APOSTÓLICA,
ESTA É A FÉ DOS SANTOS PADRES,
ESTA É A FÉ CATÓLICA

 


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
4 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8294256)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?30.07
Diversos  Espiritualidade  4131 Dez conselhos na luta contra o demônio18.40
Diversos  Teologia  4132 A existência de Deus17.57
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.45
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.35
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.33
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.24
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino10.81
Diversos  Apologética  4130 Paulo desprezou Pedro?10.46
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.27
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo8.96
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns8.64
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.33
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?8.25
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.91
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?7.81
Diversos  Mundo Atual  4129 Direto do Inferno7.72
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.71
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.55
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.34
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos7.30
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.05
Diversos  Protestantismo  3970 A prostituição da alma6.98
Vídeos  Mundo Atual  4128 A 'Humanae Vitae' e a apostasia dos cristãos6.72
Uma cruz sem Cristo não diz nada. Cristo na cruz diz tudo.
Claudio Maria

Católicos Online