Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PRODUÇÃO EM SÉRIE DE SERIAL KILLERS

 

Vem sendo recolhido rapidamente do mercado americano o videogame School boys killer. Lançado há três semanas, tornou-se um sucesso de vendas imediato. Reproduz imagens semelhantes às que aparecem na televisão quando um serial killer ataca crianças indefesas numa escola, matando muitas delas. Durante o jogo os contendores disputam o título de mais eficiente em eliminar crianças numa escola virtual. Os tiros dos contendores se alternam, enquanto as crianças, professores e outras pessoas tentam se defender, jogando-se ao chão ou escondendo-se atrás e debaixo de móveis. Os responsáveis pela segurança escolar também participam, porém com armas ou meios de ação limitados por restrições legais.

 

Dois estudantes foram barrados quando tentaram entrar armados numa escola em Silentshot, e durante o interrogatório afirmaram que prosseguiriam na escola a disputa iniciada na internet. Essas declarações alertaram as autoridades para a periculosidade desse jogo eletrônico, e logo se conseguiu uma liminar judicial ordenando recolhê-lo em todo o país.

 

Já foram recolhidas todas as cópias colocadas em pontos de venda. Mas um complicador para atingir todos os jogos já vendidos é a falta de endereços de muitos compradores, que não foram todos anotados. Por meio de espionagem eletrônica, os computadores do país estão grampeados a fim de localizar quem está usando o jogo. Calcula-se que por esta via possam ser recolhidos ou inativados, numa primeira fase, cerca de 92% dos jogos vendidos, mas outros podem estar desconectados da internet ou sendo usados em dois ou mais computadores ligados diretamente entre si.

 

Até o momento não foi questionada a decisão de proibir a venda do perigoso videogame, mas esperam-se para breve manifestações de fanáticos do politicamente correto, que não admitem restrições à liberdade.

 

Para evitar inquietação, a opinião pública só será alertada sobre o assunto depois de concluída a primeira fase. Enquanto são tomadas essas providências, o serviço de segurança das escolas foi orientado a intensificar discretamente a vigilância. Espera-se que isso seja suficiente para evitar nova catástrofe, que no entanto pode ser iminente.

 

Prezado leitor, tranquilize-se. Tudo o que descrevi é invenção minha. A única pista proposital que deixei, para você desconfiar do enredo, foi o nome da cidade onde se teria passado o fato. Silentshot não existe, pelo menos não a encontrei na minha memória. Você pode indagar por que me atrevi a tomar o seu tempo com uma invenção de tão mau gosto. E já vou respondendo que minha intenção é didática, de advertência. Estou empenhado em ressaltar os perigos dos jogos eletrônicos. De todos os jogos eletrônicos, não apenas do inexistente School boys killer.

 

Antes de prosseguir, devo esclarecer que nunca joguei nenhum videogame, nem sequer acompanhei quem estivesse jogando. Não preciso disso para entender como esses jogos cativam a mente dos contendores infantis, criam um mundo virtual bem próximo do real, apresentam situações que exigem perícia e rapidez para obter bom resultado. Isso não difere das situações criadas e desenvolvidas no cinema, embora os filmes não permitam variações do enredo nem decisões à escolha dos contendores.

 

Em um cenário qualquer, o jovem é estimulado a eliminar os inimigos que surgem, e vencerá se abater mais do que o contendor. Assim ele se habitua a matar por matar, sem qualquer consideração de ordem moral ou legal. Situações concretas podem fazer emergir na sua mente o desejo de eliminar um ou muitos obstáculos, para resolver uma hostilidade ou dificuldade. Em crianças com escasso discernimento moral, sobretudo quando já têm tendência para a violência, isso pode tornar-se um desejo obsessivo e gerar mais catástrofes.

 

Você acha que crianças mergulhadas nesse mundo virtual conseguem distingui-lo inteiramente do mundo real? Seu filho adepto de videogames consegue isso? Sempre? Devo sugerir que a sua dúvida seja tão grande quanto a minha, pois neste caso é perfeitamente possível ele se transformar em assassino. Mas não menospreze também a probabilidade, até maior, de ele se tornar uma das próximas vítimas.

 

Imagino que alguém possa considerar fantasioso esse risco que apontei. Se lamentavelmente for este o seu caso, devo trocar por um conselho a recomendação de tranquilidade que fiz acima: Prezado leitor, não se tranquilize!

 

Jacinto Flecha, médico e colaborador da Abim

Fonte: Agência Boa Imprensa


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
4 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8281551)/DIA
Diversos  Espiritualidade  4131 Dez conselhos na luta contra o demônio36.75
Diversos  Teologia  4132 A existência de Deus33.07
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?30.02
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.43
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.29
Diversos  Apologética  4130 Paulo desprezou Pedro?11.50
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.23
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.19
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino10.80
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.24
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo9.01
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns8.44
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.34
Diversos  Mundo Atual  4129 Direto do Inferno7.97
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?7.96
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.92
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.75
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?7.72
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.56
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.32
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos7.31
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.05
Diversos  Protestantismo  3970 A prostituição da alma7.03
Vídeos  Mundo Atual  4128 A 'Humanae Vitae' e a apostasia dos cristãos6.98
Uma liturgia participativa é importante, mas uma que não seja sentimental. A liturgia não deve ser simplesmente uma expressão de sentimentos, mas deve emergir a presença e o mistério de Deus no qual ele entra e pelo qual nós nos permitimos ser formados.
Papa Bento XVI

Católicos Online