Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

APRENDA A SE CONFESSAR E NÃO DEIXE PARA AMANHÃ

Recebendo o perdão, recebemos a cura de nosso ser interior, de nosso espírito, de nossa mente, de nossas emoções, até de nosso corpo. Mas, precisamos também perdoar; assim como recebemos o perdão de Deus, devemos perdoar a nós mesmos e aos outros. Quando nós recebemos a reconciliação, Deus não se lembra mais dos nossos pecados - acabou e eles foram embora.

Confissão ou Penitência é o Sacramento instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo, para que os cristãos possam ser perdoados de seus pecados e receberem a graça santificante. Também é chamado de sacramento da Reconciliação.

Esse poder de perdoar os pecados, o Senhor o confiou aos homens pecadores, aos Apóstolos e a seus legítimos sucessores, no dia mais solene: na Ressurreição quando lhes apareceu e disse:

“Assim como o Pai me enviou, também Eu vos envio a vós. Tendo dito estas palavras, soprou sobre eles e disse-lhes: “Recebei o Espírito Santo. Àquele a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados, e àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos” (Jo 20,21-23).

Não resta dúvida nas palavras de Cristo ressuscitado, expressando claramente que os Apóstolos não obtiveram o poder de perdoar os pecados em virtude de sua santidade ou impecabilidade, mas como um dom especial, merecido por Cristo e a eles conferido em favor das almas, remidas pelo Sangue derramado na cruz.

Daí dizer: “Eu não me confesso com os padres, porque eles também são pecadores” demonstra igual insensatez ao se afirmar: “Eu não vou, com minha doença, procurar conselho e remédio dos médicos, porque eles também ficam doentes”.

Talvez faça anos que você não se confessa. Qual seria o motivo disso: talvez medo, vergonha, comodismo, ou quem sabe o orgulho de achar que não precisa desse sacramento? Seja qual for, queria que você parasse seriamente neste momento e pensasse alguns segundos, em um breve exame de consciência, do estado da sua alma. Em outras palavras, qual seria seu destino se Deus te chamasse agora: o céu ou a condenação eterna? Seja sincero com você mesmo.

A confissão apaga tudo, e tudo é tudo mesmo! Ela limpa a alma de todo o pecado e Deus não se lembra de nada mais. Não adianta dizer que já confessou diretamente a Deus, sem passar pelo sacerdote, porque foi o próprio Jesus que instituiu este sacramento. E não foi à toa, certo?

Não perca tempo, não deixe pra amanhã. Nós temos uma grande desvantagem aqui na Terra porque não sabemos quando é que vamos morrer, quando Deus nos chamará. Procure um sacerdote imediatamente e retire o pecado da sua alma. Não tenha medo nem vergonha de se confessar com um padre; é Jesus quem estará ali diante de ti e do sacerdote, não para te condenar, mas para te amar e salvar. Embora não O vejamos, tenha a certeza que Ele se encontra presente em todas as confissões com Seus braços abertos, disposto a perdoar quem se arrepende, muito feliz pela pessoa que ali está. Ele não te julgará, nem te condenará. Jesus é Misericórdia!

Digo, sim, tenha medo é de perder seu tempo com as coisas desse mundo e ir para o inferno. Isso sim deve causar medo. Adiar este Sacramento e não usufruir dele freqüentemente é abusar da Misericórdia e da paciência Divina, o que pode ter conseqüências por toda a eternidade: arder no fogo que nunca se apaga, onde há choro e ranger de dentes e onde a alma é atormentada para todo o sempre.

Informe-se logo quanto aos horários de Confissão na secretaria da sua paróquia, ou se preferir, procure um padre não conhecido seu, para que você se sinta mais à vontade. Deus te dá a liberdade para isso. Não perca tempo, e após a confissão, sinta a paz do Senhor invadir a sua alma e o seu coração.

SEGUE ABAIXO UM MODELO PARA SE PREPARAR ANTES DA CONFISSÃO:
MODO DE CONFESSAR-SE:

Para fazer boa Confissão é preciso:

1) Exame de consciência: lembrar os pecados cometidos.
2) Arrependimento: ter pena e verdadeira dor de ter ofendido a Deus e detestar o pecado.
3) Propósito: prometer não pecar mais.
4) Confissão: contar todos os pecados (mortais, obrigatoriamente; os veniais, facultativamente), ao padre para ele, em nome de Deus, nos perdoar.
5) Satisfação: Executar a penitência que o padre impuser.

EXAME DE CONSCIÊNCIA:

MANDAMENTOS DA LEI DE DEUS

1º MANDAMENTO – Amar a Deus sobre todas as coisas.

- Deixei de rezar a oração da manhã e da noite por negligência? (pecado venial) 
- Rezei orações sem devoção, rindo-me ou voluntariamente distraído? (pecado venial)
- Neguei alguma verdade da fé? (pecado mortal)
- Falei contra a Religião: zombei de coisas santas, p.ex., da Santa Missa? (pecado mortal ou venial, conforme a matéria e o modo)
- Li livros ou revistas espíritas, protestantes, maçons? (pecado mortal)
- Mandei consultar espíritas, feiticeiros, benzedeiros ou cartomantes? Fiz feitiços ou usei devoções supersticiosas? (pecado mortal; pode ser venial se for sem plena advertência ou conhecimento)
- Desconfiei de Deus, murmurando contra Ele, entregando-me ao desânimo nas desgraças e até ao desespero? (pecado venial muitas vezes; mortal se há desespero da misericórdia de Deus ou da salvação)
- Pequei e continuei a pecar contando com a misericórdia divina? (pecado mortal)
- Esperei não perder a vida, por milagre de Deus, expondo-me ao risco da vida ou a outro grave perigo? (pecado mortal; venial se não houve plena advertência)

2º MANDAMENTO – Não tomar o santo nome de Deus em vão.

- Disse o nome de Deus ou dos santos sem respeito? (pecado venial)
- Jurei falso? (se for verdadeiro juramente falso, é pecado mortal)
- Jurei à toa? (pecado venial)
- Roguei pragas, proferi maldições? (pecado mortal; venial, se for sem plena advertência, ou a matéria leve)
- Blasfemei, disse injúrias contra Deus ou os santos? (pecado mortal)
- Não cumpri as promessas que eu fiz a Deus e aos santos? (é grave, se a matéria o for e se se teve a intenção de ficar gravemente obrigado. Caso contrário, é leve)

3º MANDAMENTO – Guardar domingos e festas de guarda.

- Faltei por minha culpa à Missa toda ou grande parte dela nos domingos e festas de guarda? (pecado mortal; venial se a parte omitida não é das principais e for pequena)
- Ri ou conversei na Igreja? (pecado venial)
- Trabalhei nos domingos e dias santos sem necessidade? - diga que trabalho foi e quanto tempo (pecado mortal, conforme o trabalho e o tempo)

4º MANDAMENTO – Honrar pai e mãe.

- Desobedeci, contrariei ou aborreci ou faltei com o respeito a meus superiores? (é geralmente leve; pode ser grave se a matéria é grave)
- Deixei de socorrê-los nas necessidades? - diga em que foi (pecado mortal ou venial conforme a matéria e as circunstâncias)
- Desejei a meus pais grande (pecado mortal) ou pequeno mal (venial)?

Os pais examinem a consciência a respeito de seus filhos: se não houve descuido da sua educação e instrução religiosa; se lhes deram bons exemplos; se não deixaram faltar-lhes o necessário. Os superiores, a respeito dos criados: se os trataram bem, pagaram o devido salário, deram instrução e tempo para o cumprimento dos deveres religiosos (pecado mortal ou venial conforme o descuido). Os cidadãos a respeito do amor à Pátria: revolta contra a devida autoridade; pagamento de impostos e defesa do seu território. Os eleitores examinem se votaram ou não, e em quem votaram: se em pessoas competentes e de princípios cristãos, ou em outros só por serem amigos.

5º MANDAMENTO – Não matar.

- Briguei com meus irmãos ou outras pessoas? Injuriei, maltratei-os? (pecado venial; mortal quando há gravidade nestes maus tratos)
- Matei? Procurei matar? Desejei matar? (pecado grave) Provoquei aborto? (grave e excomunhão) Provoquei acidentes de trânsito? Fui imprudente ao guiar?
- Feri alguém? (conforme o ferimento é grave ou leve)
- Tive raiva e inimizade, desejo de vingança? (pecado mortal ou venial segundo o tempo longo ou curto e a matéria for leve)
- Fiz os outros pecarem por maus exemplos, conselhos, palavras ou obras? (pecado mortal ou venial segundo o pecado de que fomos causa)

6º E 9º MANDAMENTO – Não pecar contra a castidade. Não desejar a mulher do próximo.

Todos os pecados de luxúria ou impureza são mortais, exceto se não há advertência e pleno consentimento. Os pecados, porém, de impudicícia ou imodéstia podem ser graves ou leves: depende isto do maior ou menor perigo de impureza, do escândalo que causa e da intenção da pessoa.

- Pensei involuntariamente em coisas desonestas?
- Quis ver, ouvir, falar, ler ou fazer coisas desonestas? (dizer com que classe; homem ou mulher, parente ou não, etc., sem citar nomes)
- Olhei com prazer, falei, ouvi coisas desonestas?
- Vi figuras ou li escritos imorais? Mostrei e emprestei-os a outros? (a quantos outros e onde ficaram tais escritos?)
- Trajei roupas indecentes? Decotes exagerados? Faltei à modéstia ao vestir-me ou despir-me ou em outras ocasiões?
- Fiz ações desonestas ou deixei que as fizessem em mim? Com parentes, com pessoas do mesmo ou de outro sexo? (dizer se é casado ou não, e se a pessoa com que se fez o é ou não)
- Evitei filhos no matrimônio? Tomei remédios ou coisas semelhantes para tal fim?
- Ensinei, provoquei ou ajudei a outros por palavras, ações, etc., a cometerem o pecado desonesto?
- Expus-me a ocasiões próximas de pecado, como são certas pessoas ou companhias, teatros e bailes indecentes, lugares suspeitos, livros obscenos ou perigosos?
- Os noivos examinem-se sobre se foram castos com suas noivas. A mocidade, sobre os bailes, as danças, os lugares suspeitos, os teatros e filmes indecentes, os livros obscenos ou perigosos.

7º MANDAMENTO – Não furtar. Não cobiçar as coisas alheias.

Pecados graves ou leves: segundo os objetos injustamente tirados ou segundo as circunstâncias.

- Furtei? Desejei furtar alguma coisa?
- Aceitei, comprei ou tive coisas roubadas? Fiquei com coisas emprestadas ou achadas sem procurar o dono?
- Não paguei ou demorei em pagar as dívidas?
- Prejudiquei aos outros nos seus bens, estragando-lhes objetos, enganando-os no preço ou na medida do que lhes vendi?
- Ajudei outros a fazerem tais pecados por ordem, conselho ou silêncio culposo? Gastei no jogo? Não sustentei a família?

8º MANDAMENTO – Não levantar falso testemunho.

- Menti? Menti com prejuízo para os outros? (geralmente, pecado venial; mortal, se o prejuízo causado for grave)
- Murmurei da vida alheia, critiquei ou revelei faltas do próximo? (pecado mortal se a murmuração ou a falta descoberta for grave)
- Pensei mal do próximo sem razão? (pecado leve ou grave, conforme o que se pensou)
- Caluniei? Provoquei ou favoreci críticas ao próximo? (pecado mortal ou venial conforme a falta inventada ou apontada for grave ou leve)
- Causei discórdias por minhas murmurações? (pecado mortal ou venial conforme as discórdias causadas)

MANDAMENTOS DA SANTA IGREJA

- Passei um ano sem me confessar? Deixei de comungar no tempo da Páscoa? (pecado mortal)
- Deixei de jejuar nos dias de jejum e comi carne nos dias de abstinência sem causa grave e sem licença? (pecado mortal ou venial segundo as circunstâncias)
- Ajudei com esmolas a Igreja?

PECADOS CAPITAIS

- Fui vaidoso? (pecado venial)
- Fui orgulhoso, desprezando os outros? (pecado venial; mortal, se pelo desprezo ofendemos gravemente o próximo)
- Fui avarento? (pecado mortal ou venial, segundo a gravidade da avareza)
- Embriaguei-me? (se se perde o sentido, é grave) Comi demais, prejudicando a saúde? (em geral é leve)
- Tive inveja dos outros? (pecado venial; mortal, se sobre coisas graves como a de Caim)
- Alegrei-me das desgraças alheias? (pecado mortal ou venial segundo o mal de que nos regozijamos)
- Tive raiva? (pecado venial, geralmente) E ódio? (pecado mortal)
- Fiquei com preguiça, deixando de cumprir minhas obrigações? (pecado venial; mortal, se a preguiça for ocasião de graves prejuízos materiais ou espirituais)

NO ATO DA CONFISSÃO

Dirigir-se recolhido ao confessionário e dizer “Padre, dai-me a bênção, porque pequei”.
Dizer em seguida quanto tempo faz que se não confessa.
Contar então claramente os pecados; se houver dúvidas, perguntar; ouvir as palavras do confessor e responder-lhe às perguntas. É necessário declarar todos os pecados mortais ainda não confessados, dos quais houver lembrança, indicando o número deles, ao menos aproximadamente, a espécie e as circunstâncias que mudam a espécie do pecado. É muito útil e meritório acusar também os pecados veniais, embora não seja obrigatório.
Ouvir bem os conselhos e a penitência que o sacerdote der e rezar depois o ato de Contrição, durante o tempo em que o padre recita a forma de absolvição, terminando-o antes que o sacerdote a complete.

ATO DE CONTRIÇÃO

Meu Deus, eu me arrependo de todo o coração de Vos ter ofendido, porque Sois tão bom e amável. Prometo com a Vossa graça nunca mais pecar. Meu Jesus, misericórdia!

 

Paulo Lelis

Fonte: Facebook


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 2
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL
#0•A2973•C454   2013-11-30 14:02:08 - Convidado/Moysés Magno
CONFESSAR-SE A HOMEM PECADOR ALÉM DE PECAMINOSO É CRASSA ESTUPIDEZ! COMO SE CONFESSAR A ALGUÉM COMO VC COM FALTAS,LIMITES,PECADOS?!

CONFESSE-SE A DEUS EM NOME DE JESUS!

Responder

#1•R454•C459   2013-12-01 20:30:29 - Convidado/A.Silva
Moyses Magno, quando o Senhor voltar diga a ele em alto em bom som que você não concorda com a ordem que ele deu aos apóstolos para perdoarem e reterem pecados. Diga ao Senhor que o teu pastor é que está certo. Simples meu amigo. Se Jesus deu poderes aos apóstolos para reterem ou perdoarem pecados, é indispensável que antes alguém lhes confesse estes mesmos pecados. Do contrário a ordem de Jesus seria sem sentido. Mas tudo bem. Diga a Jesus com o dedo na cara dele que você não aceita. E diga também que você não concorda com a autoridade que ele deu a Pedro. E diga ainda que você não a......

Ler mais...  -  Responder
#1•R454•C455   2013-11-30 14:36:06 - 14/Claudio Maria
"CONFESSE-SE A DEUS EM NOME DE JESUS!"

É exatamente o que os católicos fazem em obediência ao que Nosso Senhor mandou:

Jo 20, 22s: "Jesus soprou sobre os Apóstolos e disse-lhes: 'Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, serão perdoados. Àqueles aos quais não os perdoardes, não serão perdoados".

Jesus comunica o Espírito Santo aos Apóstolos para indicar que o ministério a eles conferido logo a seguir não dependerá da prepotência humana, mas será exercido com a eficácia do próprio Deus. Perdoar e não perdoar (aphíemi e kratéo) os pecados, t......

Ler mais...  -  Responder

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8916263)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?32.21
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns17.15
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.01
Vídeos  Doutrina  4160 Tudo está consumado14.17
Vídeos  Milagres  4159 Imagens intactas em catástrofes!13.55
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.48
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.94
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino11.88
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.34
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.03
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.95
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?9.75
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.02
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.93
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.83
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.61
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo7.45
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.40
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes7.23
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria7.10
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.07
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.99
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.97
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?6.86
A Igreja precisa se opor às 'marés de modismos e das últimas novidades'.
Papa Bento XVI

Católicos Online