Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

BUSCAR A PLENITUDE DO ESPÍRITO

 

Afirmou Bento XVI, hoje a Igreja “sente, sobretudo o vento do Espírito Santo que nos ajuda, nos mostra o caminho reto; e assim, com novo entusiasmo, estamos a caminho e damos graças ao Senhor” (Saudação à Assembléia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, 27/10/2012).

 

O Espírito Santo é Senhor (2 Cor 3,17-18) e, portanto, Ele tem todo o direito de nos dar ordens para executarmos alguma coisa (At 8,29), ou para não fazermos algo (At 16,6). São Paulo Apóstolo e os demais apóstolos foram impedidos pelo Espírito Santo, “de anunciar a palavra na Ásia” (At 16,6). Essa ordem, aparentemente inusitada, levou São Paulo a refletir sobre o Espírito Santo e a registrar suas reflexões na Carta aos Gálatas:

-- “Apenas isto quero saber de vós: recebestes o Espírito pelas práticas da Lei ou pela aceitação da fé” (G1 3,2)? “Aquele que vos dá o Espírito e realiza milagres entre vós, acaso o faz pela prática da Lei, ou pela aceitação da fé” (G1 3,5)?

-- “A prova de que sois filhos, é que Deus enviou aos vossos corações o Espírito de Seu Filho, que clama: Abba! Pai” (G1 4,6)!.

-- “Quanto a nós, é pelo Espírito que aguardamos a justiça que só a fé pode revelar” (G1 5,5).

-- “Deixai-nos conduzir pelo Espírito, e não satisfareis aos desejos da carne” (G1 5,17).

-- “O fruto do Espírito é amor, caridade, alegria, paz, paciência, afabilidade, bondade, fidelidade, brandura e temperança” (G1 5,22-23).

 

Entretanto, apesar dessas afirmações de São Paulo, há cristãos que continuam entristecendo (Ef 4,30) e oferecendo resistência ao Espírito Santo (At 7,51), fazendo-O se extinguir em suas vidas (1 Ts 5,19). Esses cristãos ainda não entenderam que o Espírito Santo sabe de antemão todas as coisas, e que é através d’Ele que Deus no-las revela (1 Cor 2,10) e ensina (Jo 14,26; 16,13). Graças ao bom Deus, os cristãos que vivem no Espírito e seguem com dedicação as Suas orientações e ordens (G1 5,25) são em quantidade bem maior. Esses cristãos estão constantemente pedindo: “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor”! “Quem se deixa conduzir pelo Espírito Santo é realista, sabe medir e avaliar a realidade, e também é fecundo: a sua vida gera vida em seu redor”, ensina o Papa Francisco. (L’osservatore Romano, 23/06/2013, p. 8).

 

SER GUIADO PELO ESPÍRITO SANTO

 

Escreve o Papa Francisco: “Muitas vezes seguimo-Lo e acolhemo-Lo, mas até um certo ponto; sentimos dificuldade em abandonar-nos a Ele com plena confiança, deixando que o Espírito Santo seja a alma, o guia da nossa vida, em todas as decisões; temos medo que Deus nos faça seguir novas estradas, faça sair do nosso horizonte frequentemente limitado, fechado, egoísta, para nos abrir aos seus horizontes”.  A novidade que Deus traz à nossa vida é verdadeiramente o que nos realiza, o que nos dá a verdadeira alegria, a verdadeira serenidade, porque Deus nos ama e quer apenas o nosso bem.   Se nos deixamos guiar pelo Espírito, a riqueza, a variedade, a diversidade nunca dão origem ao conflito, porque Ele nos impele a viver a variedade na comunhão da Igreja. O Espírito Santo faz-nos entrar no mistério do Deus vivo e nos salva do perigo de uma Igreja gnóstica e de uma Igreja narcisista, fechada no seu recinto; impele-nos a abrir as portas e sair para comunicar a alegria da Fé, do encontro com Cristo. “O Espírito Santo é a alma da missão” (Missa de Pentecostes, 19/05/2013).

 

CONCLUSÃO

 

Belíssimo conselho do Apóstolo São Paulo: “Buscai a plenitude do Espírito Santo” (Ef 5,18). Essa deve ser a nossa meta, o foco central da nossa vida espiritual. Num mundo tomado pelo engano de um espiritualismo comercial da Nova Era, do sincretismo religioso e do misticismo neopagão, só com absoluta certeza que a verdadeira espiritualidade tem como fundamento a Pessoa do Divino Espírito Santo. Este é a fonte da plenitude do poder, do amor e dos dons espirituais, da santificação, comunhão e da evangelização.

 

Buscar a plenitude é buscar para viver de forma abissal a espiritualidade carismática renovadora, avivada e sempre reavivada. Não há outra fonte para vida espiritual autêntica, salutar e fecunda sem o Espírito Santo. O mercado religioso tem oferecido uma tremenda falsidade da espiritualidade. A compra é imensa como: cursos, livros, revistas, CDs, DVDs, viagens para cidades místicas, serviços mediúnicos, terapia alternativas, meditações para viagem astral, regresso a vidas passadas, idolatria de anjos, objetos ditos sagrados para proteção, cabala para prosperidade e sessão de descarrego neopentecostal.

 

Em tudo isso, mora o terrível perigo do engodo, do estelionato, da perda da fé, da perda dos bens materiais, do sentido da vida e do encontro com a ilusão e com a loucura. Daí a nossa grande responsabilidade de buscar com intensidade o poder do Espírito Santo para anunciar com ardor a verdadeira espiritualidade. Esta sim é o caminho para uma profunda vida espiritual e fortaleza na jornada à casa do Pai Celestial.

 

Sem perda de tempo, busquemos a “plenitude do Espírito Santo”!

 

Pe. Inácio José do Vale

Pesquisador de Seitas

Professor de História da Igreja - Instituto de Teologia Bento XVI -  Sociólogo em Ciência da Religião

E-mail: pe. [email protected]


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8924224)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?32.23
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns17.22
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.01
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.49
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.94
Vídeos  Milagres  4159 Imagens intactas em catástrofes!12.14
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino11.89
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.38
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.03
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.95
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?9.77
Vídeos  Doutrina  4160 Tudo está consumado9.20
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.02
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.94
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.83
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.61
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo7.44
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.41
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes7.26
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria7.12
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.08
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.99
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.97
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?6.86
Uma liturgia participativa é importante, mas uma que não seja sentimental. A liturgia não deve ser simplesmente uma expressão de sentimentos, mas deve emergir a presença e o mistério de Deus no qual ele entra e pelo qual nós nos permitimos ser formados.
Papa Bento XVI

Católicos Online