Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

POVO, PROTESTO E POLÍTICA

 

“Esse artigo foi escrito especialmente para os poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário”.

 

Nestes dias de povo na rua protestando contra a corrupção, a violência e a agressão à dignidade da pessoa humana, é recomendável a leitura do livro “Massa e Poder”, do búlgaro Elias Canetti (1905-1994). Um trecho do livro: “Uma aparição tão enigmática quanto universal é a massa que surge repentinamente onde antes não havia coisa alguma. (...) Nada foi anunciado, nada era esperado. Repentinamente, tudo está cheio de gente. De todos os lados pessoas começam a afluir como se todas as ruas tivessem uma única direção”. Esse célebre pensador da psicologia do fascismo diz: “Na multidão, o indivíduo não tem rosto e ganha coragem para projetar suas frustrações e ressentimentos. O próprio indivíduo tem a sensação de que, na massa, ele ultrapassa as fronteiras de sua pessoa”.

 

Para Kathleen Heide, especialista em criminalidade juvenil da Universidade do Sul da Flórida-EUA, explosões súbitas de violência geram um efeito manada de identificação com a causa e adoção de atitudes de risco. Quanto maior o número de pessoas envolvidas num ataque, menores as chances de prisão:

 

– As pessoas fazem numa multidão coisas que jamais fariam sozinhas. Essa mentalidade de aglomeração está ligada a ações como invadir e saquear lojas, atear fogo a carros, comportamentos destrutivos que impactam os vizinhos e a comunidade. Não são escolhas planejadas, são frenesis de emoção, de ação em conjunto.

 

A modernidade foi racional e cientificista e a nossa pós-modernidade é emocional, comocional, e infelizmente boçal. Dentro desse contexto, tudo pode acontecer no mais alto grau de conflitos bandalhas.

 

Já dizia a sentença latina: “Vulgus vult décipe”. – “O povo quer ser enganado”. O historiador alemão Henrik Eberle, autor do best-seller “O Livro de Hitler” (traduzido para 30 idiomas), é um incansável pesquisador do movimento social que deu origem ao fenômeno nazista. E ele é implacável com os seus conterrâneos. Afirma que o “maquinário da morte” arquitetado por Hitler jamais teria existido se não fosse “a fanatização da população, que mobilizou forças destrutivas de dimensões gigantescas”.

 

Dr. Eberle teve acesso a esse material epistolar que se encontrava em Moscou e o reproduz agora com ineditismo em seu novo livro, “Cartas para Hitler” (Ed. Planeta), que analisa a trajetória do ditador a partir desses escritos. São mais de 30 mil cartas, sendo os anos de 1934, 1938 e 1939 prolíficos – mesmo após a invasão da Polônia, festejada em bilhetes e felicitações de fim de ano. É o caso do gerente de uma fábrica de meias que escreve prometendo “lealdade inquebrantável e trabalho incansável em sua obra”. E dos versos enviados em 1941, durante a guerra, por autor anônimo: “Se todo povo tivesse um führer assim, como a Providência nos enviou, como esta Terra seria agradável, como todos seriam felizes”!

 

Se referindo à América Latina, o historiador mexicano Enrique Krauze, autor do livro “O Poder e o Delírio”, adverte que nossos povos são muito propensos à adoração de figuras históricas e religiosas. Na verdade, não é só o nosso continente, e sim o mundo inteiro. É terrível a conexão do fanatismo religioso com a política didatorial, como temos vários exemplos: no Oriente Médio, os xiitas, parte da Índia com os hindus, Afeganistão, com os Talibãs e a carnificina do Nazismo (ocultismo e racismo) na Alemanha de Hitler.

 

“Cada geração precisa estar alerta aos perigos que ameaçam a democracia tão diretamente quanto cada ser humano que deseje ser bom precisa aprender a como sobreviver nos labirintos da inveja, ganância e das confusões do julgamento moral”. “A confiança na capacidade da autoridade para lidar com questões importantes nunca esteve tão minada”, escreveu Norman Mailer.

 

Desde a publicação de “Os Nus e os Mortos” em 1948, Mailer é uma das figuras mais influentes da literatura americana. Nasceu em 1923, em Nova Jersey, e desde a estréia não parou mais, com dois prêmios Pulitzer e um National-Book. Em mais de 30 livros.

 

Faz-se necessário o povo protestar, unido e organizado, conectado com as instituições para mudanças radicais em prol do bem de toda sociedade. Não tem cabimento conviver com pobreza, violência, corrupção, exclusão e discriminação. Chega, basta, a mudança é agora e para sempre. Vamos lutar por um mundo mais digno, justo, pacífico e fraterno.

 

Dizia o Papa Paulo VI que “a participação no processo político é uma forma nobre de viver o comportamento cristão” (Octogésima adveniens n. 46).

 

Pe. Inácio José do Vale

Professor de História da Igreja

Instituto de Teologia Bento XVI

Sociólogo em Ciência da Religião

E-mail: [email protected]

 

PARA SUA REFLEXÃO: 453 é o número de municípios em situação de extrema pobreza em todo o País.

 

AS CONTAS DE 2014: Depois da confirmação do Brasil como país-sede, em 2007, o governo e a CBF afirmaram que a Copa consumiria pouco dinheiro público, mas a realidade é muito diferente. O anúncio do Ministério do Esporte de que os custos com o torneio chegarão a 28 bilhões de reais – mais até que os 25,5 bilhões anotados nas planilhas mais recentes. Desse total, mais de 80% veio de cofres alimentados com impostos do cidadão (Veja, 26/06/2013, pp. 80 3 81). “O povo foi enganado”. Até quando???


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9354793)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?82.56
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns21.83
Diversos  Igreja  4166 Papa Leão XIII e a visão de Satanás15.96
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.18
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.68
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.15
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo13.07
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.05
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.16
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.88
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?10.41
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes8.32
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.23
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.89
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.83
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.76
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.73
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.69
Diversos  Testemunhos  4164 Testemunho de minha travessia7.65
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?7.44
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.33
Diversos  Mundo Atual  4163 A Armadilha da Misericórdia7.00
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.94
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo6.79
Onde não há virtudes naturais a graça não pode operar.
Carlos Ramalhete

Católicos Online