Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

O MODELO DE FILHO

 

Uma das “Epifanias” ou manifestações divinas, que celebramos no domingo passado, aconteceu no Batismo de Jesus, com a descida, sobre Ele, do Divino Espírito Santo, em forma de pomba, e a voz do Pai Eterno, apontando-o como seu filho amado e predileto. Jesus se manifestava assim de modo especial aos judeus, como se tinha manifestado a todos em geral, especialmente aos povos gentios, na pessoa dos Magos.

 

No Batismo de penitência, dado por João Batista, Jesus se iguala aos pecadores, para nos dar exemplo de humildade. “A Palavra de Deus, que por amor assumiu a fragilidade e as contradições da condição humana, quis descer até o fundo dessa situação assumindo sobre si até o pecado, para reconciliar todos e tudo com Deus (cf. Cl 1,20), dando início em si mesmo ao retorno do mundo à ordem e à paz original na submissão perfeita a Deus. “Aquele que não conhecera o pecado, Deus o fez pecado por causa de nós, a fim de que, por ele, nos tornemos justiça de Deus” (2 Cr 5,21). ‘Nas águas é lavado/ o celestial cordeiro; / O que não tem pecado / nos lava em si primeiro’. O mergulhar de Jesus nas águas do rio Jordão desenvolve o processo da sua descida na carne (Natal) e antecipa a sua conclusão no ‘batismo’ da sua Paixão e Morte (Páscoa) (cf. Mc 10, 39), com a descida aos infernos, onde o crucificado, que deu sua própria vida por amor, chama novamente Adão e Eva, as raízes simbólicas da existência humana, à vida nova dos resgatados como filhos e filhas de Deus. “Depois de ser batizado, Jesus saiu logo da água”. Com ele é o mundo inteiro que sai das obscuridades do pecado e inicia um novo caminho” (Dom Emanuele Bargellini).

 

O Batismo dado por João Batista era um ritual de penitência, não um sacramento, esse instituído depois por Nosso Senhor. Mas essa comemoração é uma ocasião para refletirmos no nosso Batismo, o primeiro sacramento que recebemos, pelo qual nos tornamos filhos de Deus, por adoção, e membros da Igreja, incorporados ao Corpo Místico de Cristo, recebendo assim a graça santificante, que nos eleva à ordem sobrenatural, tornando-nos participantes da natureza divina. Foi algo importantíssimo que marcou definitivamente a nossa vida como cristãos.

 

Mas, infelizmente, muitos cristãos só ficam no seu Batismo, não vivem mais na graça recebida nem a desenvolvem, não são coerentes com o seu cristianismo. Como disse o Papa Bento XVI, “há muitos que são batizados, mas não suficientemente evangelizados” (Verbum Domini, 96). Falta, além do Batismo, a necessária conversão, ou seja, uma vida coerente com o Batismo recebido. A consequência foi bem lembrada no Documento de Aparecida (12): “Não resistiria aos embates do tempo uma fé católica reduzida a uma bagagem, a um elenco de normas e proibições, a práticas de devoção fragmentadas, a adesões seletivas e parciais das verdades da Fé, a uma participação ocasional em alguns sacramentos, a moralismos brandos ou crispados que não convertem a vida dos batizados... A todos nos toca recomeçar a partir de Cristo”. Jesus, saindo das águas do Batismo, é o modelo para a nossa conversão.

 

Dom Fernando Arêas Rifan,

Bispo da Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8824598)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?32.18
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.95
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns14.68
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.46
Pregações  Prática Cristã  4156 Eles pertencem ao mundo13.24
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.85
Pregações  Santos e Místicos  4157 O Número dos Eleitos11.92
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino11.80
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.13
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.04
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.83
Pregações  Doutrina  4153 O Purgatório e a salvação10.59
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?9.49
Diversos  Espiritualidade  4151 Fortalecer a Fé9.27
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.97
Pregações  Ética e Moral  4155 A Dança7.94
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.82
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo7.63
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.57
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.54
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.26
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.04
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.01
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?6.90
A Bíblia é filha da Igreja e não sua mãe.
Carlos Ramalhete

Católicos Online