Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PERGUNTE e RESPONDEREMOS 017 – maio 1959

 

Profecias do Fim do Mundo

M. XAVIER (Rio de Janeiro): Um de nossos periódicos, publicando longa série de artigos sobre profecias relativas ao fim do mundo, sugere a pergunta: "Será verdade mesmo? Arre! Vivemos uma época infernal! Já existe a crise de Berlim para estourar em junho vindouro, existe a parte misteriosamente final da profecia de Fátima e agora mais essa!

 

O autor dessas reportagens parece ser especialista em profecias, falando delas agora no Brasil e para nós... Que diz a Igreja disso tudo ? Pode-se acreditar para segurança ou deve-se menosprezar quiçá o aviso?"


Em primeiro lugar, lembraremos que as reportagens citadas não obedecem a critério algum na citação dos vaticínios. Recorrem tanto ao S. Evangelho e a S. Paulo (palavras da S. Escritura, infelizmente, porém, interpretadas arbitrariamente ou sem conhecimento das regras de hermenêutica) como a revelações particulares, de cuja autenticidade se pode duvidar, e a obras de escritores modernos destituídos de autoridade. Tal ecleticismo já por si se desacredita aos olhos do cristão. Não haja dúvida: a S. Escritura não dá margem alguma para se calcular o dia da segunda vinda do Senhor; só indica sinais precursores assaz vagos, como guerras, fome, peste, apostasia da fé, conversão dos judeus, sinais que se adaptam a mais de uma época da história. Era, aliás, a intenção mesma de Jesus não revelar "nem o dia nem a hora" (cf. Mc 13,32 ; At 1,7), a fim de que os seus discípulos estivessem sempre prontos para O receberem. Vivamos, pois, simplesmente da fé, e não queiramos com a fantasia "furar" o horizonte!


Quanto a revelações particulares, a doutrina cristã ensina o seguinte:


Deus se dignou comunicar aos homens verdades religiosas até a morte do último dos Apóstolos (S. João, por volta do ano 100). Tais proposições conservadas autenticamente pelo magistério oficial da Igreja constituem o que se chama a "Revelação pública", à qual todos os cristãos devem prestar sua adesão de fé. — Após a morte dos Apóstolos, a Igreja admite:

1) que possa haver revelações particulares (aparições, visões, oráculos dos santos...); admite mesmo

2) que as tenha havido (aprovou algumas delas direta ou .indiretamente, como as de. Lourdes, Fátima, Paray-le-Monial...,). Contudo a Igreja as examina com certa severidade, pois julga:

  a) que se deve tratar de intervenções de Deus raras, as quais hão do ser comprovadas e jamais podem ser pressupostas. Além disso, a Igreja ensina

 b) que as autênticas revelações particulares devem estar de acordo com a Revelação pública e

 c) que nunca se impõem obrigatòriamente à fé dos cristãos, a não ser que alguém tenha evidência de que Deus realmente se revelou em tal ou tal caso (está claro que quem tem essa evidência e não crê, está contrariando a Deus; mas é certo que Deus não dá a todos os homens os mesmos sinais de evidência).

 

Por conseguinte, haja muita cautela no tocante a profecias e revelações particulares. Mesmo quando impressas com o "Imprimatur" ou a licença de um bispo, nem sempre representam o pensamento comum da Igreja; o "Imprimatur" significa apenas que na respectiva obra nada se encontra contra a fé e a moral cristãs, o que está longe de ser uma recomendação positiva das idéias aí expressas.


Em conclusão: as apregoadas profecias concernentes ao próximo fim do mundo não merecem deter mais longamente a nossa atenção. O que importa ao cristão é dar ao mundo o testemunho de que Deus é vivo e está presente entre nós todos os dias, manifestando-se pela santidade de seus fiéis.

 

Dom Estêvão Bettencourt (OSB)


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9850299)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?87.68
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns28.09
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação16.04
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo14.60
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?14.06
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.50
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.95
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?11.69
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.48
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.64
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes10.04
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria9.00
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?8.67
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes8.40
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade8.21
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?8.02
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.83
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.61
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.46
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.86
Diversos  Apologética  3960 Deus não divide sua glória com ninguém?6.69
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.51
Diversos  Santos e Místicos  3587 Poesia de Santa Teresinha6.46
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos6.45
Milagres são SINAIS da ação de Deus com uma intenção muito além do próprio milagre.
Padre Paulo Ricardo

Católicos Online