Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 547 – janeiro 2008

Grupos de Oração:

 

AINDA VASSULA RYDEN

 

Em síntese: Aos 25 de janeiro 2007 a Congregação para a Doutrina da Fé emitiu um parecer segundo o qual não convém a um fiel católico participar de reuniões de oração promovidas pela Sra. Vassula Ryden. Esta, ortodoxa não católica diz receber mensagens de Jesus dirigidas aos fiéis católicos, nem sempre dentro das linhas da fé católica.

 

Há mais de dez anos fala-se de Vassula Ryden como pessoa profundamente mística, que interpela os fiéis católicos com mensagens atribuídas a Jesus Cristo. Em janeiro 2007 a Santa Sé manifestou-se mais uma vez a respeito - o que tem causado certa inquietação na Igreja. Em vista disto, vamos apresentar a figura da Sra. Vassula e a atitude da Igreja frente à mesma.

 

1. Quem é Vassula Ryden?

 

Vassula nasceu no Egito, de pais gregos, no dia 18/01/1942. Casou-se em novembro de 1966 na igreja ortodoxa ([1]) de Lausanne (Suíça) com um sueco luterano, do qual se divorciou em 26/11/1980. Em 1981 voltou a casar-se, somente no foro civil (desta vez), com o sueco Per Ryden, também ele luterano.

 

Vassula, não sendo religiosa convicta, ignorava o Credo; acreditava sinceramente estar legitimamente casada em segundas núpcias. Eis, porém, que se converteu à vida de fé convicta em 1985; foi então que começou a se inquietar pelo fato de não se ter casado no foro religioso. A conselho de um sacerdote católico, do qual era dirigida, realizou o seu segundo casamento na igreja ortodoxa de Lausanne aos 31/10/1990. Vassula permanece ortodoxa, não católica, como ela mesma afirma:

 

"Eu, ortodoxa, vivo a união. Eu serei sempre ortodoxa, porque o batismo é válido. Tudo aquilo em que nós acreditamos é válido. Por conseguinte, não há razão alguma para que me torne católica; creio que iria desagradar a Jesus o mudar por mudar. O que Ele quer é a união pelo coração. A nova Igreja que Ele quer unida é unida pelo coração. No domingo vou à igreja ortodoxa de rito bizantino, e nos outros dias vou às igrejas católicas. Não me sinto diferenciada; adoro o mesmo Jesus Cristo. Jesus guia-me e jamais pôs objeção alguma à minha forma de proceder.

 

Já vos interrogastes, porventura, sobre o motivo pelo qual Jesus não se serviu de uma católica para revelar uma tal Mensagem? É justamente quando Ele mesmo se apresenta como sendo o Sagrado Coração. Ora, porque se quis servir de uma ortodoxa, que nada conhece, Ele mesmo a forma como deseja, em terminologia católica? É precisamente para demonstrar que não há diferença alguma.

 

Sim, a união far-se-á pelo coração. Nossa Senhora disse-o também em Medjugorje. E recentemente voltei a encontrar-me com Mirna de Soufanich; ficamos espantadas ao verificar a que ponto as mensagens que recebemos de parte a parte são idênticas" (vol. 1, 138s).

 

Estas declarações são altamente significativas e comprometedoras em sentido negativo. A profissão de fé dos ortodoxos difere da dos católicos.

 

Após o seu primeiro casamento, Vassula viajou com o marido (que era funcionário da FAO) por alguns continentes: passou dezesseis anos na África (Serra Leoa, Etiópia, Sudão, Moçambique, Lesotho), esteve na Ásia (Bangladesh) alguns anos, além de ter domicílios provisórios na Europa e na América do Norte. Tem dois filhos: Jan e Fabiano, sendo o segundo colaborador de sua mãe e defensor nas dificuldades.

 

Durante muito tempo, Vassula foi uma pessoa mundana: manequim na capital de Bangladesh, pintora rodeada de amigos e admiradores, bem sucedida como campeã de tênis - coisas que ela agora tem como ultrapassadas. Por trinta anos (1955-1985) não frequentava a igreja, a não ser em cerimônias de casamento ou funerais; atualmente, Vassula quer viver exclusivamente para Cristo, que a chama à sua intimidade.

 

Na infância, Vassula teve dois sonhos que muito a impressionaram:

 

Aos dez anos de idade sentiu no sono uma chamada de Cristo, que com força irresistível a atraía a si. No ano seguinte, aos onze anos, viu, em sonho, o seu matrimônio espiritual com Jesus. Nossa Senhora a esperava, de braços abertos e tinha-lhe preparado o vestido e o toucado para o casamento; estava presente Maria Madalena. De tal modo ficou impressionada por este último sonho que dele falou à sua mãe; contudo, a sua vida não se modificou. Atualmente, os sonhos de infância já esquecidos tornaram-se realidade viva, à guisa de promessa realizada, segundo afirma Vassula.

 

No mês de novembro de 1985, em Bangladesh, deu-se a conversão: o seu anjo da guarda comunicou-lhe mensagens que ela escrevia com a própria mão, "movida por força irresistível", o anjo se identificou como sendo Daniel e moveu a mão de Vassula para fazer um desenho que o representava. Daniel fez ver à senhora mundana os seus pecados, que lhe pareciam um nada, e que passaram a ter importância colossal para ela; começou a repudiá-los. Após três meses de aprendizado com o anjo, Vassula foi visitada por Jesus, que passou a lhe mover a mão, revelando-lhe suas mensagens por meio de locuções internas. A caligrafia de Vassula, quando escreve sob ditado, é grande e bem diferente da sua grafia habitual, que é miúda. A linguagem das revelações é o inglês.

 

2. As mensagens

 

As mensagens que Vassula Ryden diz transmitir em nome de Jesus, têm provocado perplexidade e interrogações: Merecem crédito? Será que o Senhor está realmente falando mediante tal emissária? - Há teólogos propensos a responder que Sim e dar apoio à obra de V. Ryden. Todavia também há vozes abalizadas que se levantam e merecem atenção, pois são vozes de prelados da Igreja inspirados por genuína fé e grande zelo pastoral.

 

A Congregação para a Doutrina da Fé emitiu duas Notificações até o ano de 2006, apontando pontos falhos nos escritos de Vassula. Após a segunda Notificação, Vassula esclareceu mais precisamente o seu pensamento perante a Congregação para a Doutrina da Fé, o que parecia desonerá-la de qualquer censura por parte da Igreja Católica.

 

Eis, porém, que em janeiro 2007 é assinada pelo Prefeito dessa Congregação uma Carta que dissipa qualquer suposta aprovação dada aos dizeres de Vassula por parte da Santa Sé. A seguir, vão os dizeres desta Carta reproduzidos em inglês juntamente com parcelas e o sentido geral da Carta em língua portuguesa.

 

3. A Carta e seu sentido

 

3.1. A carta: original inglês

 

CONGREGAZIONE PER LA DOTTRINA DELLA FEDE

January25, 2007

Prot. N. 54/92-24945

Your Eminence / Your Excellency,

The Congregation for the Doctrine of the Faith continues to receive requests for clarification in relation to the writings and activities of Mrs Vassula Rydén. These requests address in particular the import of the

Notification of 6 October 1995, and the criteria to be considered by the local Church in judging whether the writings of Mrs Vassula Rydén may appropriately be disseminated.

In this regard, the Congregation wishes to state the following:

1)  The Notification of 1995 remains valid as a doctrinal juldgment of the writings examined (see Enclosure 1).

2)  Mrs Vassula Rydén, however, after dialogue with the Congregation for the Doctrine of the Faith, has offered clarifications on some problematic points in her writings and on the nature of her messages which are presented not as divine revelations, but rather as her personal meditations (see Enclosure 2: Letter of 4 April 2002, published in True Life in God, vol. 10). From a normative point of view therefore, following the aforementioned clarifications, a case by case prudential judgment is required in view of the real possibility of the faithful being able to read the writings in the light of the said clarifications.

3)  Finally, it remains inappropriate for Catholics to take part in prayer groups established by Mrs Rydén. Concerning the question of ecumenical meetings, the faithful are to follow the norms of the Ecumenical Directory, of the Code of Canon Law (canons: 215; 233, §3) and of Diocesan Ordinaries.

Thanking you for your attention and with sentiments of esteem, I am Yours sincerely in Christ,

William Cardinal LEVADA Prefect

 

To the Cardinals, Archbishops, and Bishops Presidents of Bishops Conferences

 

3.2. Santa Sé reitera restrições a Vassula Ryden

 

A Congregação para a Doutrina da Fé (CDF) reiterou em uma comunicação enviada aos presidentes das Conferências Episcopais que "não parece oportuna a participação de católicos nos grupos de oração organizados" pela Sra. Vassula Ryden, que se autoproclama vidente e receptora de "revelações privadas" diretamente de Cristo.

Numa nota interna datada de 25 de Janeiro de 2007 e que foi publicada por vários sites, o Prefeito da CDF, Cardeal William Joseph Levada, reconhece que continuam a chegar ao seu Dicastério "cartas pedindo elucidações sobre os textos e atividades da senhora Vassula Ryden, sobretudo no que diz respeito ao valor da Notificação de 6 de outubro de 1995 e aos critérios a seguir para definir as disposições da Igreja local sobre a conveniência de difundir os textos da senhora Vassula Ryden".

 

A 6 de outubro de 1995, a CDF emitiu uma Notificação em que explica que depois de "uma análise atenta e serena de todo o assunto" se encontraram "junto a aspectos positivos, um conjunto de elementos fundamentais que devem considerar-se negativos à luz da doutrina católica" nas revelações de Ryden.

 

A CDF afirma que "a Notificação de 1995 continua a ser válida no que se refere ao julgamento doutrinal sobre os textos examinados".

Em seguida, sustenta que Ryden, "depois do diálogo tido com a Congregação para a Doutrina da Fé, fez algumas elucidações sobre certos pontos problemáticos que apareciam nos seus textos e também sobre a natureza das suas mensagens, que se apresentam não como revelações divinas, mas antes como meditações pessoais".

 

"Portanto, do ponto de vista normativo, e depois de tais elucidações, é necessária uma valorização prudencial caso a caso, levando em consideração a possibilidade concreta que têm os fiéis de ler os textos no contexto das mencionadas elucidações", adverte a CDF.

 

Finalmente, recorda que "não parece oportuna a participação de católicos nos grupos de oração organizados pela própria senhora Ryden".

 

Em nota, registramos que os adeptos de Vassula responderam ao Cardeal Levada contestando pontos de sua carta.

 



[1] Igreja Ortodoxa é a Comunhão de fiéis que se separou de Roma em 1054. Conserva muitos pontos comuns com o Catolicismo, mas admite o divórcio e segundas núpcias.


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
3 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL
#0•A1826•C328   2013-06-25 21:21:07 - Convidado/[email protected]
Porque não publicaram as mensagens dela para que também as pessoas possam avaliar? Só de cima pra baixo não dá mais.

Responder

#1•R328•C329   2013-06-25 23:14:00 - Convidado/Claudio
É só procurar na web pelo site da Sra. Vassula.

Publicar o que ela escreveu não é tão simples assim. Se lembro-me corretamente, são doze volumes grandes ... deve haver milhares de mensagens e diálogos.

A Igreja costuma ser bem prudente com relação a aparições e revelações privadas.

Responder


Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8822358)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?32.18
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.95
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns14.66
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.46
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.85
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino11.79
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.14
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.04
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.83
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?9.49
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.97
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.82
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo7.64
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.57
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.54
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.26
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.05
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.01
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?6.90
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes6.87
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos6.83
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?6.73
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria6.73
PeR  Ciência e Fé  0558 Coma Reversível e Coma Irreversível6.51
É isto que interessa: abraçar desde já 'a vida', a vida verdadeira que não pode ser destruída por nada e por ninguém.
Papa Bento XVI

Católicos Online