Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 374/julho 1993

Livros em Destaque

Deus e o Mistério do Tempo

Deus e o Mistério do Tempo, por Henri Boulad. Tradução de Barbara Theoto Lambert - Ed. Loyola, São Paulo 1992, 210x145mm, 157 pp.

O autor é um jesuíta egípcio, que estudou na França, no Líbano e nos Estados Unidos. Trabalhou em favelas, entre leprosos e doentes, além de participar de projetos educacionais pioneiros. O presente livro origina-se de palestras proferidas pelo autor, que merece o cognome de "Profeta do Otimismo".

Escreve sobre o tempo, utilizando dados científicos (como os da teoria da relatividade) e propondo reflexões de ordem filosófica e teológica assaz profundas e valiosas. No Sumário do livro lemos os títulos de seus sete capítulos: "Existem muitos tempos diferentes, A profundidade do presente, A eternidade no coração do tempo, A Sabedoria do Tempo, O passado continua, A Redenção do Tempo, Tudo é Graça".

Boulad narra vários fatos de sua experiência e ilustra seus dizeres com lendas e provérbios do Oriente, que dão sabor muito agradável a uma temática em si árdua e árida.

Em síntese, o autor, que em última análise fala como cristão, quer chamar a atenção para o valor do tempo, apregoando uma vivência intensa e consciente do mesmo. Isto não implica em cair em estafa; muito ao contrário, o autor sabe relativizar a corrida dos homens ao encalço de bens transitórios, e esmera-se por mostrar como o tempo está prenhe de eternidade, de tal modo que é preciso preenchê-lo com valores correspondentes ou que persistam por todo o sempre. O tempo que alguém possa ter mal vivido até hoje, é posto sob a luz da graça redentora, de sorte a suscitar no leitor fiel um olhar de confiança e otimismo sobre o futuro.

 

Digno espécimen do livro é o trecho que se lê às pp. 19s:

"Existe uma saudação em árabe: 'Allah yetawwel omrak. Que Deus prolongue sua vida! 'Contudo eu não lhes desejaria uma longa longa vida se isso significasse apenas uma vida prolongada; eu lhes desejaria uma vida, o mais possível plena de satisfação interior. Alguns momentos vividos intensamente valem mais do que cem anos inúteis e desperdiçados. Não é a duração, mas a qualidade que dá significado à vida.

 

Não me interessa saber quantos anos você tem, porque conheço alguns anciãos que são tão argutos quanto jovens de vinte anos, e jovens de vinte anos que agem como se tivessem oitenta anos. É o ânimo que determina a nossa idade.

 

Gostaria de acrescentar alguns pensamentos que anotei no Líbano em 1962:

 

'Não é tempo que nos falta, falta-nos ânimo'. Nunca afirme não ter tempo. Em geral, são as pessoas mais ocupadas que arranjam tempo para outras tarefas, e as que têm mais tempo de lazer que se recusam, quando lhes pedimos que façam alguma coisa. Não nos falta tempo, falta-nos ânimo.

 

'O tempo verdadeiro não é o do relógio ou do calendário, mas o tempo da consciência'. Podemos ter quatro meses de férias que valham quarenta anos porque proporcionam experiências tão ricas e intensas que, em um verão, vivemos toda uma vida. Para outras pessoas, esses quatro meses valem menos de quatro horas, porque foram um tempo vazio, de mera ausência. O tempo verdadeiro não é o do relógio ou do calendário, mas o tempo da consciência".

O livro merece grande apreço, pois, inegavelmente, lê-lo com vagar e atenção "relaxa" a mente e reergue os ânimos.

 

À guisa de complemento, seja aqui transcrita outra interessante secção do livro:

 

"Certo dia um homem de negócios dirigia-se ao trabalho, quando viu um beduíno sentado debaixo de uma palmeira da cidade, descansando e sonhando, como muita gente faz no Egito. Parou e perguntou:

Que faz aí? Respondeu o beduíno:

Como vê, estou sonhando, descansando...

Sabe, poderia ganhar dinheiro se trabalhasse.

E que faria com o dinheiro?

Se ganhasse dinheiro, poderia abrir um escritório.

Edaí?

Daí poderia ganhar mais dinheiro e abrir uma fábrica.

E daí?

Aí poderia ter uma bela casa de campo.

Ótimo! E daí?

Ainda teria dinheiro para guardar no Banco.

Sim. E daí?

Aí poderia sentar-se e descansar.

Mas é isso que estou fazendo neste momento".

 

(Henri Boulad, Deus e o Mistério do Tempo. Ed. Loyola 1992, p. 65)

E.B.


Pergunte e Responderemos
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
4 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8918934)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?32.21
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns17.18
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.01
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.49
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.94
Vídeos  Milagres  4159 Imagens intactas em catástrofes!12.73
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino11.88
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.36
Vídeos  Doutrina  4160 Tudo está consumado11.11
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.04
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.95
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?9.76
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.02
Diversos  Documentos  4161 Dos escritos de Charles de Foucauld7.96
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.94
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.83
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.61
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo7.45
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.41
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes7.24
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria7.11
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.07
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.99
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.97
A fé é uma postura da inteligência, que pode estar desligada de sentimentos prazerosos ou deleites espirituais.
Dom Estêvão Bettencourt

Católicos Online