Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Pregações: Prática Cristã - O que fazer com a inveja? - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

O que fazer com a inveja?

"Minha fé vem diminuindo e estou me afastando de Deus ... vejo-me como o irmão do filho pródigo, pois Deus favoreceu aos outros com dons maravilhosos eu não tenho nada. O que fazer com a inveja?"

Qual a natureza da inveja? É um tipo de tristeza, a tristeza de ver o outro feliz, agraciado. Temos portanto aqui que combater a tristeza. E onde existe tristeza existe um Deus que morreu.
Como somos idólatras, colocamos pessoas no lugar de Deus e quando esses falsos deuses caem por terra, ficamos tristes e deprimidos.
Não devemos colocar nossa felicidade em dons que outros têm e nós não. Na facilidade de namorar que outros têm e você não...
Você também recebeu muito. Primeiro, nasceu católico e menciona que recebeu uma cura milagrosa. Ora, Deus não se esqueceu de você.
Primeiro, HUMILDADE. Seja feita a Vossa vontade assim na terra como no céu.
Precisamos dar graças a Deus pelos dons que os outros têm.
Deus dá graças diferentes para que precisemos uns dos outros.

Para vencer a inveja a cura principal da inveja é a oração de ação de graças.
Ação de graças, em grego eucaristia, é ver em tudo a graça de Deus. Você ganhou na loteria (!), pois entre milhões de possibilidades, você nasceu.
Olhemos para o céu, não para as idolatrias deste mundo.
Se existisse somente esta vida, seria compreensível querer tudo aqui e agora. Mas esta não é a realidade.

É difícil manter a fé. Note que Deus não tem obrigação de tratar a todos igualmente. Justiça não é dar a todos o mesmo, isto não é verdade, mas dar a cada um o que é justo.
E o que merecemos realmente? Nada. Logo, dê graças a Deus em tudo e em todos e você receberá a maior das graças: o céu.

Invejar é esquecer o quanto Deus é bom conosco.

Todo homem possui dentro de si um apetite sensível que o faz desejar coisas agradáveis que não possui. Este apetite em sim mesmo não é prejudicial nem pode ser considerado pecado. O problema surge quando o desejo saudável passa a ser “avidez”, pois ela remete ao pecado da inveja. O décimo mandamento: “não cobiçar as coisas alheias”, trata justamente dessa desordem do querer.

A inveja é a tristeza de ver o outro feliz, de ver o outro agraciado. E a tristeza também é um pecado, pois, onde existe tristeza, existe um deus morto. Diz o Catecismo da Igreja Católica, em seu número 2539 que:

A inveja é um vício capital. Designa a tristeza sentida diante do bem do outro e do desejo imoderado de sua apropriação, mesmo indevida. Quando deseja um mal grave ao próximo, é um pecado mortal: “Santo Agostinho via na inveja o pecado diabólico por excelência. Da inveja nascem o ódio, a maledicência, a calúnia, a alegria causada pela desgraça do próximo e o desprazer causado pela sua prosperidade.” (São Gregório Magno)

Com a inveja evidencia-se ainda um outro pecado: o da idolatria, pois, aquele que inveja coloca-se no lugar de Deus e quer que o verdadeiro Deus esteja sujeito às suas veleidades. É por isso que enxergar em tudo a mão divina, em tudo o sustento da mão poderosa do Senhor e agradecer por isso é a melhor maneira de curar-se desse mal.

O homem moderno acredita que a justiça de Deus significa que todos devem ser iguais, o que não é verdade. Deus distribui seus dons de modo que uns precisem dos outros sempre. Para a luta contra a tristeza, contra a inveja e contra a idolatria a melhor arma é a ação de graças. Agradecer a Deus sempre e por todas as coisas é sair do estado de esquecimento produzido pela inveja. É ter em mente que nada é merecido, que Deus não é devedor de absolutamente nada, mas que cada um é AGRACIADO por Ele, que é o Sumo Bem e a Suma Bondade.

Quereríeis ver Deus glorificado por vós? Pois bem, alegrai-vos com os progressos de vosso irmão e imediatamente Deus será glorificado por vós. Deus será louvado, dirão, porque seu servo soube vencer a inveja, colocando sua alegria no mérito dos outros. (São João Crisóstomo)

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9826851)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?87.74
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns27.52
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação16.00
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo14.49
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?14.06
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.50
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.93
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?11.63
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.45
Vídeos  Testemunhos  4175 Professor de Harvard se converte10.95
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.66
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes9.94
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.96
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?8.67
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes8.38
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade8.20
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?8.01
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.82
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.60
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.48
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.87
Diversos  Apologética  3960 Deus não divide sua glória com ninguém?6.66
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.49
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos6.46
É a pessoa de Jesus que salva, não suas ideias.
Claudio Maria

Católicos Online