Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 510 – dezembro 2004

 

No centenário da Coroação:

 

NOSSA SENHORA APARECIDA RAINHA

 

Em síntese: O ano de 2004 foi o ano centenário da coroação de Nossa Senhora Aparecida como Rainha do Brasil. O artigo que se segue, explana a fundamentação teológica deste título, mostrando que nas cortes orientais, inclusive na de Israel, a mãe do rei era sempre uma figura privilegiada. Como tal, era intercessora qualificada junto ao rei em favor do povo. Tal papel é válida e sabiamente transferido para Maria Santíssima.

 

Encerrando o ano centenário da Coroação de Nossa Senhora Aparecida como Rainha do Brasil, vai, a seguir, publicado um artigo que expõe os fundamentos teológicos deste título mariano.

 

Na verdade, tal título decorre do fato de que Jesus, pendente da Cruz, disse a Maria, visando toda a humanidade representada por João: "Eis o teu filho"; paralelamente disse a João: "Eis a tua mãe" (Jo 19, 25-27). Com estas palavras - pode-se dizer - Jesus fazia de Maria nossa Mãe, Rainha e Intercessora. Aprofundemos estes títulos.

 

1. Mãe e Rainha

 

Antes do mais, observemos um costume das cortes do Oriente antigo: a mãe do rei gozava de especial veneração na Assíria, na Babilônia, na Fenícia, no Egito... Assim também em Israel: a rainha-mãe era aí chamada gebirah, isto é, Mãe do Senhor ou Grande Dama; ver 1Rs 15, 13; 2Rs 10, 13; Jr 13, 18; 9, 2.14.21; 15, 2-10. O nome da rainha-mãe é frequentemente mencionado pelo autor dos livros dos Reis, ver 1Rs 14, 21; 15, 2.10; 22, 42; 2Rs 8, 26; 12,2; 14,2-33... Percebe-se claramente o destaque dado à rainha-mãe comparando entre si 1 Rs 1, 16 e 2, 19: no primeiro caso a esposa de Davi, Betsabéia, vai pedir ao rei em favor de seu filho Salomão, ajoelhando-se e prostrando-se:

 

"Betsabéia foi ter com o rei em seu aposento... Ajoelhou-se e pros-trou-se diante do rei, e o rei lhe perguntou: 'Que desejas?'".

 

Ao contrário, em 1Rs 2, 19 Salomão recebe a visita de sua mãe Betsabéia; levanta-se para ir ao seu encontro, prostra-se diante dela e manda que ela se sente à sua direita;

 

"Betsabéia foi à presença do rei Salomão para lhe falar de Adonias. O rei se ergueu para ir ao seu encontro e se prostrou diante dela; depois sentou-se no seu trono e mandou colocar um assento para a mãe do rei e ela sentou-se à sua direita. Disse ela: 'Tenho um pequeno pedido para te fazer, não mo negues'. O rei lhe respondeu: 'Pede, minha mãe, que não to negarei'".

 

Estes textos bíblicos explicam bem a posição de honra atribuída pelo povo de Deus a Maria Santíssima: na qualidade de Mãe do Senhor Jesus, ela é Rainha-mãe especialmente venerada. Há cem anos o povo católico do Brasil a proclamou Rainha muito estimada, título que nestes dias é renovado com fervor filial.

 

2. Intercessora

 

Pelo Batismo fomos feitos filhos no FILHO; participamos assim da filiação divina de Jesus. Somos irmãos entre nós, pois recebemos a vida da mesma fonte. Nessa comunhão não pode faltar amor, ... o amor a Cristo e o amor aos irmãos. Por isto é que os irmãos rezam uns pelos outros enquanto peregrinos na terra (intercedem junto a Deus em favor da saúde ou do bem-estar dos seus semelhantes). Essa expressão do amor fraterno não pode ser extinta pela morte de alguém: "O amor é forte como a morte", afirma o Cântico dos Cânticos 8, 6; isto quer dizer que o amor não quebra, como a morte não quebra. Donde se segue que, entre os peregrinos na terra e os consumados no céu, continua a haver vínculos de solidariedade fraterna. Deus que é o Autor desses vínculos ou dessa comunhão, encarrega-se de a manter viva; Ele faz que os Santos tomem conhecimento de nossas necessidades e nossas preces, a fim de que possam interceder por nós na glória.

 

A intercessão dos Santos na glória em prol dos irmãos militantes na terra era conhecida pelo povo de Deus do Antigo Testamento, ou seja, é uma expressão de fé pré-cristã. Tenhamos em vista 2Mc 15, 12-14:

 

"Este foi o espetáculo que coube a Judas Macabeu apreciar: Onias, que tinha sido Sumo Sacerdote, homem honesto e bom, modesto no trato e de caráter manso, expressando-se convenientemente no falar, e desde a infância exercitado em todas as práticas da virtude, estava com as mãos estendidas, intercedendo por toda a comunidade dos judeus. Apareceu a seguir, da mesma forma, um homem notável pelos cabelos brancos e pela dignidade, sendo maravilha e majestosíssima a superioridade que o circundava. Tomando então a palavra, disse Onias: 'Este é o amigo dos seus irmãos, aquele que muito ora pelo povo e por toda a cidade santa, Jeremias, o profeta de Deus'".

 

É sobre este pano de fundo que consideramos o papel de Maria na piedade e na vida do cristão.

 

No conjunto dos Santos Maria ocupa um lugar único, pois foi chamada a ser a Mãe do Redentor e Mãe dos homens. Disto se segue que a veneração pelos cristãos dedicada a Maria difere da devoção aos demais Santos, como S. Antônio ou S. Teresinha. A prova disto é que existem verdades de fé (dogmas) concernentes a Maria, mas não os há em relação aos outros Santos.

 

A necessidade do culto de veneração a Maria se deduz do próprio Cristocentrismo da piedade cristã. Com efeito, S. Paulo afirma que "fomos predestinados a ser conformes à imagem do Filho, a fim de ser Ele o primogênito entre muitos irmãos" (Rm 8, 29). Ora, quanto mais o cristão se configura à imagem de Cristo ou quanto mais ele se identifica com Cristo, tanto mais terá em seu íntimo os sentimentos de Cristo. Ora Jesus era todo Filho do Pai (como Deus) e todo Filho de Maria (como homem). Donde se segue que, quanto mais centrado em Cristo for o cristão, tanto mais deverá sentir-se filho de Maria. A devoção mariana, portanto, está na lógica mesma do "ser um outro Cristo", programa de todo cristão. O cristão deve procurar tornar-se, para Maria, outro Jesus.

 

Do seu lado, Maria vê em cada ser humano um(a) filho(a), por quem ela ora como em Caná. Este papel de Maria-Mãe intercessora é exposto com sabedoria por Schillebeeckx, quando escreve:

 

"Em nossa vida, Maria é o coração que dá. O coração que compreende nossas necessidades e que maternalmente as expõe ao Filho, o Deus que continua sendo seu Filho. Ela pode dizer-lhe como em Caná: /Eles não têm mais vinho'. Ah, se pudéssemos ouvir o colóquio de Jesus e Maria a nosso respeito, veríamos como estão sempre a par das necessidades. Tudo como em Caná. Eles não têm mais vinho'vem a ser 'falta-lhes dinheiro', 'estão na pior das misérias', 'seu pai está doente e a mãe tem oito crianças para educar', 'eles desejam conformar-se com as leis do matrimônio, mas...' 'mamãe partiu para uma longa viagem, diz o papai aos filhinhos, e papai não sabe se ela voltará...".

 

Consciente destas verdades, o povo fiel renova sua piedade filial para com Maria Mãe e Rainha.

 

Dom Estêvão Bettencourt (OSB)


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
3 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8468336)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?31.10
Diversos  Mundo Atual  4134 Karl Marx, de cristão a satanista22.93
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.63
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.19
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.64
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.20
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.14
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino10.92
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.51
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns10.05
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo8.51
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?8.49
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.21
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.87
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.48
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.48
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.43
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos7.12
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.03
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes6.81
PeR  Ciência e Fé  0558 Coma Reversível e Coma Irreversível6.64
Diversos  Protestantismo  3970 A prostituição da alma6.46
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?6.43
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?6.34
É no pecado que está a raiz de todos os males, não importa partido ou ideologia. É ilusão debater as consequências do pecado sem atacar a causa.
Claudio Maria

Católicos Online