Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Pregações: Homilias - Jesus e o Leproso - por Padre Paulo Ricardo

Jesus e o Leproso

“Ele tomou sobre si nossas dores” (Is 53, 4). É este o “admirável comércio” pelo qual nós fomos salvos. Ao tocar o leproso com a sua graça, Jesus inverte os papeis. No final do evangelho, é Nosso Senhor, e não mais o leproso, quem não pode entrar na cidade.
Jesus, que será crucificado fora dos muros da Cidade Santa, toma o lugar dos excomungados e pecadores para trazê-los de volta à comunhão com Deus. Embora impuros, aproximemo-nos de Deus com a mesma confiança do leproso e pronunciemos nossa oração confiante: “se queres, podes me purificar!”

A cura do leproso, em Mc 1,40-45.
Contexto: Jesus acaba de sair de Cafarnaum, após curar a sogra de Pedro e expulsar diversos demônios. Depois, Jesus sai para pregar em outras localidades.

A primeira leitura nos traça um quadro bastante acurado do que era um leproso naquela época. 'Quando alguém tiver na pele uma mancha ... será levado ao sacerdote... e andará com as vestes rasgadas, os cabelos em desordem gritando impuro, impuro'.
Olhamos para um maltrapilho, longe do contato com as pessoas, alguém excluído que ninguém podia tocar. A palavra 'lepra' vem do grego e signifca escama, uma pele em escamas comida pela lepra.

No evangelho, Jesus quebra a lei e permite a aproximação do leproso.
A atitude interior do leproso não era de ousadia, pelo prazer de romper a lei e ser revolucionário. Antes, foi uma atitude de confiança. Ele nem sequer pede a cura, mas diz 'se queres, tens o poder de curar-me'. Ele tem fé e entrega-se à vontade de Jesus.
O 'se queres' do leproso recorda um outro 'se queres', o de Jesus no Horto das Oliveiras quando entrega-se à vontade do Pai.
Esta entrega resume a essência da oração cristã, como no Pai Nosso, quando se diz 'seja feita a Vossa vontade'. No 'se queres' está o núcleo da oração cristã.

Não é por acaso essa identificação entre Jesus e o leproso. No cântico do servo sofredor de Isaías está a comparação do messias com um leproso segundo a Vulgata.
O evangelho nos faz notar que Jesus troca de lugar com o leproso, pois após curá-lo Jesus não era mais aceito publicamente nas cidades enquanto que o leproso foi reintegrado à sociedade. Há uma troca.
Os santos padres e a tradição da Igreja sempre identificaram essa lepra como sendo o nosso pecado, uma maldição do pecado. Nós somos os leprosos que precisamos nos apresentar diante de Jesus com confiança para que Jesus tome sobre si nossas dores e cure nossa lepra espiritual.

O evangelho também mostra a misericórdia de Deus que tem compaixão e cura no mesmo instante por ação divina aquele que foi golpeado pela desgraça, pelo pecado e pela lepra.
Aquele que havia sido tocado, golpeado pela desgraça, agora é tocado pela misericórdia e pela graça de Jesus. Em Números, um leproso é descrito como alguém cujo pai lhe tivesse cuspido no rosto. Jesus toma as nossas feridas e toma sobre si os golpes da nossa desgraça para nos libertar por sua graça.

Essa lepra deve ser interpretada como sendo o nosso pecado e por isso a liturgia usa o Salmo 31 "Feliz aquele cuja iniqüidade foi perdoada, cujo pecado foi absolvido.".

O evangelho de hoje nos ensina a ser confiantes. Feliz o homem que foi perdoado, cujas faltas foram encobertas.
O original grego não usa a palavra 'curado', mas 'purificado'.
Glorifiquemos o Senhor que nos cura de nossas lepras e nos purifica de todo pecado!

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
7 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9840881)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?87.71
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns27.85
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação16.03
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo14.52
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?14.06
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.50
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.94
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?11.66
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.47
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.65
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes9.99
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.99
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?8.67
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes8.39
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade8.21
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?8.02
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.82
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.60
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.47
Vídeos  Testemunhos  4175 Professor de Harvard se converte7.08
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.86
Diversos  Apologética  3960 Deus não divide sua glória com ninguém?6.67
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.50
Diversos  Santos e Místicos  3587 Poesia de Santa Teresinha6.45
Procurando tornar o Evangelho presente no ambiente digital, podemos convidar as pessoas a viverem encontros de oração ou celebrações litúrgicas em lugares concretos como igrejas ou capelas. Não deveria haver falta de coerência ou unidade entre a expressão da nossa fé e o nosso testemunho do Evangelho na realidade onde somos chamados a viver, seja ela física ou digital... Somos chamados a dar a conhecer o amor de Deus até aos confins da terra.
Papa Bento XVI

Católicos Online