Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Pregações: Homilias - É uma luta a vida do homem - por Padre Paulo Ricardo

É uma luta a vida do homem sobre a terra.

A doença representa uma provação para a alma e, como Jó, somos chamados a lutar para manter a fé. A comparação de Jesus para com os enfermos é muito diferente da mágica dos curandeiros. Nosso Senhor sabe que temos a alma em perigo e concede a cura física “quando for conveniente para a salvação da alma” (Concílio de Trento, DS 1696; cf. Catecismo da Igreja Católica 1512).

Mc 1,29-39
O contexto é o de um dia na cidade de Cafarnaum. No domingo passado Jesus vai à sinagoga e expulsa um demônio. Agora, Jesus vai a casa de Pedro; Jesus adota a casa de Pedro em Cafarnaum como sua, a base de operações da fase inicial de sua vida pública de Jesus na Galiléia.
Descobertas arqueológicas recentes conduzidas pelos franciscanos descobriram em Cafarnaum a casa de Pedro e sabemos exatamente onde ela está. Como saber? Porque os cristãos do primeiro séculos fizeram ao redor daquela casa um local de encontro e peregrinações.

São relatadas muitas curas de enfermidades de opressões demoníacas.
Apesar disso, Jesus não deixava que os demônios falassem quem Ele era. Por que? Para evitar equívocos. Quase 1/3 do evangelho de S. Marcos é sobre milagres de Jesus. Mas, a identidade de Jesus fica oculta até os pés da cruz quando o centurião, ao ver a forma como Jesus morreu, afirma: "verdadeiramente este homem era o filho de Deus".
Podemos entender quem é Jesus ou cometer um grande equívoco.
Jesus quer o nosso bem, mas este passa pelo mistério da cruz. As pessoas procuram Jesus, mas estranhamente Ele parece fugir delas...
Quando todos o procuram, Jesus diz: "vamos para outros lugares, foi para isso que eu vim".
Ou seja, Jesus não veio para curar todas as enfermidades.
Se você vai à Igreja, procura Deus só porque quer uma cura física, quer algo, quer um bem-estar aqui na Terra, estará procurando Jesus pela razão errada.
Ele se compadece de nós e cura alguns, mas a missão não é essa. Existe um primado do espírito. Ele não é um curandeiro que veio estabelecer o paraíso na Terra. Ele quer nos conduzir para uma felicidade perfeita no céu. Não podemos transformar essa bondade de Deus numa idolatria da prosperidade neste mundo.

O sacramento da unção dos enfermos da Igreja... é dado sobretudo por causa das necessidades espirituais dos doentes. O Concílio de Trento e o catecismo da Igreja dizem isso claramente. A pessoa que sofre de uma doença tem sua alma em perigo, a fé é tentada, e o sacramento dá à pessoa a força para sua salvação. E se for importante para a salvação da pessoa, Deus pode até curar essa pessoa.
Deus cura o corpo se isto convier à alma.
O nosso bem maior é a vida eterna. Esta vida aqui tem valor e é um bem, mas não é o valor maior. Há uma hierarquia de valores.
Se pensarmos, vemos que isso é óbvio e irrefutável. Quanto viveremos? Uns mais, outros menos mas no fim, o que vai restar?

A pessoa que sofre com a doença física está em um embate espiritual. O livro de Jó na primeira leitura trata disso: "não é acaso uma luta a vida do homem sobre a Terra?"
O papa S. Gregório Magno fez um comentário sobre essa frase de Jó: na tradução antiga estava escrito que a vida no homem sobre a terra é uma tentação. No original hebraico usa-se a figura de um exército, daí a tradução atual ser uma luta.

Jó se descreve como se fosse quase um morto-vivo, o fim inoxerável. Nossa fé é tentada pela doença.
Jesus é esse homem que agoniza e se sente abandonado por Deus, como Jó. Mas sabemos que a última palavra é a ressurreição.
Para entender a realidade da doença, é preciso olhar para a Páscoa e para a ressurreição. Se existe cruz é porque atrás de cada cruz há uma ressurreição.
O mistério da doença e da dor é um grande mistério para nossa inteligência. Nós somos realmente tentados diante do sofrimento e da doença. Mas Jesus vem em nosso socorro. Se não nos der a cura física, nos dará as graças e a força necessária para carregarmos nossas cruzes. Não nos esqueçamos da presença de Cristo!

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8729851)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?32.05
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.90
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.39
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns13.32
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.80
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino11.74
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.09
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.06
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.72
Diversos  Doutrina  4147 Senhor, quantos serão salvos?9.52
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?9.30
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.98
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.82
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo7.79
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.53
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.40
Vídeos  Testemunhos  4146 A Eucaristia na Igreja7.13
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.13
Vídeos  Liturgia  4145 Missas de Cura e Libertação7.12
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.08
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.03
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos6.88
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?6.62
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?6.60
Uma cruz sem Cristo não diz nada. Cristo na cruz diz tudo.
Claudio Maria

Católicos Online