Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 530 – agosto 2006

 

Mal entendido:

 

O OPUS DEI SE DEFENDE

 

O Opus Dei é uma Prelazia ou circunscrição eclesiástica fundada em 1928 por São Josemaria Escrivã; com a plena aprovação da Santa Sé procura formar cidadãos (homens e mulheres) que deem genuíno testemunho cristão na sociedade contemporânea; para tanto recorre a séria espiritualidade.

 

O Opus Dei é caricaturado por Dan Brown em seu romance "O Código Da Vinci". Daí a defesa do Opus Dei. O Serviço de Informações do Opus Dei (a) emitiu a seguinte Nota em 12 de maio pp. em resposta a Ron Howard, diretor do filme homônimo:

 

"A imprensa italiana publicou nesta quinta-feira algumas entrevistas concedidas por Ron Howard, diretor do filme 'Código da Vinci'. Nos dizeres afirma que negar o direito de ver o filme é uma atitude fascista; também afirma que dizer a alguém que não vá ver o filme é um ato de militância, e a militância gera ódio e violência. Nessas entrevistas é várias vezes mencionado o Opus Dei. Os dizeres parecem referir-se a algumas declarações recentes de autoridades da Igreja.

 

Tomo a liberdade de pedir a Ron Howard que mantenha serenidade e se exprima com respeito. Não convém perder de vista a realidade da situação. Tal película ofende os cristãos. Howard faz as vezes do agressor, ao passo que os católicos são vítimas de uma ofensa. Não se pode negar ao agredido o seu último direito, que é o de expressar seu ponto de vista. O que gera violência não são as declarações de alguns eclesiásticos nem a solicitação de se incluir no início do filme a advertência de que se trata de ficção, mas o que gera violência são os quadros odiosos, falsos e injustos que alimentam o ódio.

 

Em suas declarações Howard repete também que é simplesmente um filme, uma história inventada que não deve ser levada muito a sério. Todavia não é possível negar a influência do cinema e da literatura. A ficção influencia o nosso modo de ver o mundo, principalmente entre os jovens. Não é correto deixar de a levar a sério. Sem dúvida, a criatividade artística precisa de um clima de liberdade, mas a liberdade não pode ser separada da responsabilidade.

Imagine você um filme que apresente Sony como responsável pelo atentado às torres de Nova Iorque, desejosa de promover a desestabilização dos Estados Unidos. Ou imagine uma novela que assevere ter a Sony pago ao pistoleiro que atirou contra o Papa na Praça de São Pedro em 1981, porque queria opor-se à liderança moral do Santo Padre. Seriam somente historias inventadas. Suponho que Sony, urna empresa respeitável e séria, não se daria por satisfeita ao ser retratada dessa maneira no foro público, nem se julgaria indenizada se recebesse uma resposta como: 'Não se preocupe, é somente ficção, não há por que a levar muito a sério'. 'A liberdade de expressão é sagrada'.

 

Como quer que seja, aqueles que participaram do projeto do filme não têm motivo para se preocupar: os cristãos não reagirão com ódio e violência, nem com insultos e ameaças. Podem continuar tranquilamente a calcular o dinheiro que o filme lhes renderá. Porque a liberdade do benefício econômico parece ser a única liberdade verdadeiramente sagrada, a única isenta de toda responsabilidade. É provável que arrecadem muito dinheiro, mas pagarão elevado preço ao ver deteriorar-se o seu prestígio e a sua reputação.

 

Faço votos para que a polêmica destes meses não seja estéril, mas contribua para que as pessoas reflitam sobre a índole relativa do benefício econômico quando estão em jogo valores mais elevados; possam refletir sobre a importância da ficção, sobre a responsabilidade que acompanha e protege sempre a liberdade.

 

O modo de pensar do Opus Dei pode encontrar-se no endereço eletrônico www.opusdei.org. Ali se explica de forma detalhada a posição do Opus Dei diante dos fatos que o afetam”.

 

(a) Manuel Sanchez Hurtado, encarregado do relacionamento com a imprensa internacional Serviço de Informações do Opus Dei em Roma


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 10431184)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?85.05
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns30.84
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação16.12
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo14.97
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?14.44
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.33
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino13.16
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?12.30
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.77
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes11.29
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.29
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria9.31
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes8.84
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?8.77
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra8.30
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade8.28
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?8.19
Diversos  Apologética  3960 Deus não divide sua glória com ninguém?7.76
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.76
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.37
Diversos  Santos e Místicos  3587 Poesia de Santa Teresinha7.33
Diversos  Mundo Atual  3795 O que há de vir?6.92
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.81
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo6.67
Não existem orações supérfluas; inúteis; nenhuma se perde. E elas encontram respostas; embora às vezes misteriosas, porque Deus é Amor e Misericórdia infinita. A oração educa-nos a ver os sinais de Deus.
Papa Bento XVI

Católicos Online