Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 356 – janeiro 1992

 

Fala uma ex-Testemunha:

 

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E LIBERDADE RELIGIOSA

 

Em síntese: Vai abaixo publicado o depoimento de David Reed, Testemunha de Jeová atuante durante quinze anos e também "servo de distrito", de tempo integral, por dois anos: além do quê, passou oito anos como ancião (dirigente de uma congregação das Testemunhas). O autor explica o que acontece quando alguém, convencido de que trilha caminho errado, quer abandonar a Organização.

 

As Testemunhas de Jeová têm-se propagado através de ardente proselitismo, que penetra nos lares e tenta arrebatar novos membros para a sua Organização. Uma vez feita Testemunha de Jeová, a pessoa dificilmente consegue deixar a sua congregação, pois o seu comportamento é vigiado e pressionado para que não "apostate"; caso dê mostras de querer separar-se por perceber os erros religiosos das Testemunhas, sofre penosas sanções que constrangem os mais tímidos a ficar na Organização.

 

A propósito existe o depoimento de David Reed, que foi Testemunha atuante durante quinze anos e também "servo de distrito" de tempo integral por dois anos; além disso, passou oito anos como ancião (dirigente de uma congregação) das Testemunhas.

 

Tal depoimento é altamente interessante e significativo. Pelo quê vai, a seguir, transcrito a partir de um folheto distribuído pelos "Amigos de Jeová", ramo dissidente das Testemunhas de Jeová (Caixa Postal 8339 — 01051 São Pauto, SP).


 

A LIBERDADE RELIGIOSA VERSUS

O DOMÍNIO DA TORRE DE VIGIA DAS "TESTEMUNHAS DE JEOVÁ"

 

Quase trezentos mil brasileiros se uniram às Testemunhas de Jeová e acabaram descobrindo que têm perdido suas preciosas liberdades!

 

Os "servos de congregação" que estão encarregados do Salão do Reino dar-lhe-ão boas vindas com rostos sorridentes e braços abertos. Eles falarão do amor que é encontrado na "Organização de Deus" — A Sociedade Torre de Vigia, a religião das Testemunhas de Jeová.

 

Mas, uma vez que você é convertido em Testemunha de Jeová, então eles mesmos governarão sua vida com mão de ferro. Eles hão de indicar o que você deve falar, ler, pensar e ainda a forma como você deve pentear seus cabelos! (A Sentinela, 15-07-1983, página 22):

 

"EVITE IDÉIAS INDEPENDENTES... Como se manifestam tais ideias independentes? Um modo comum é questionar o conselho provido pela organização visível de Deus [i.e., a Sociedade Torre de Vigia]" (A Sentinela; 15-07-1983, página 22).

 

O verdadeiro cristianismo, entretanto, é caracterizado pela liberdade. A Bíblia fala de "espreitar a nossa liberdade, que temos em Cristo Jesus, a fim de que nos escravizassem completamente" (Gálatas 2:4); mas as seitas pseudo-cristãs, como as Testemunhas de Jeová, levam seus seguidores à escravidão.

 

Muitas pessoas, inocentemente, unem-se às Testemunhas de Jeová pensando que têm achado o caminho que leva a Deus, mas somente quando é tarde demais é que descobrem que têm perdido sua liberdade de expressão. Não podem exprimir qualquer opinião contrária às "linhas mestras" da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados:

 

“As mulheres entre as Testemunhas de Jeová não devem exprimir discordância alguma com relação às decisões judiciais dos "serviços" — nem mesmo por suas expressões faciais" (Extraído de "A Sujeição Teocrática", discurso da Assembléia de Circuito das Testemunhas de Jeová |EUA|, 1981).

 

A Sociedade Torre de Vigia muda seus ensinamentos mais do que qualquer outra religião. E quando as "novas verdades" são introduzidas, aplica-se certa pressão para fazer com que cada Testemunha de Jeová se adapte a elas e lhes obedeça, sem se importar se crê ou não crê na "nova verdade".

 

Uma vez dentro da organização da Torre de Vigia, não há um caminho honroso para sair dela. Se você ousar emitir um juízo a respeito do que a Torre de Vigia ensina, os "servos" levarão você a julgamento, repreendendo-o durante horas em pé, e denunciando-o publicamente perante seus escravizados ouvintes. E aos seus amigos da organização proibirão que o visitem e ainda que lhe falem um simples "oi" na rua.

 

"Por que é sábio evitar falar com alguém que foi expulso? ... um simples ‘oi' dito a alguém pode ser o primeiro passo para uma conversa ou mesmo para amizade. Queremos dar este primeiro passo com alguém desassociado?" (A Sentinela. 15/12/1981. páginas 20-21).

 

Esta disciplina organizacional vai mais longe, chegando até a separar as famílias se determinado membro se opuser aos ensinamentos da Sociedade. Muitos pais se acham separados de seus filhos, netos e outros parentes, os quais obedecem cegamente às determinações impositivas da Sociedade Torre de Vigia nesse particular.

 

"PARENTES DESASSOCIADOS... cristãos aparentados com um desassociado que não vive na mesma casa devem esforçar-se a evitar a associação desnecessária, mantendo até mesmo os negócios reduzidos ao mínimo" (A Sentinela, 15/12/1981, página 25).

 

Este medo de perder a família faz com que muitas pessoas que discordam da Sociedade, não a abandonem, ainda que deixem de acreditar nela.

 

Estas pessoas seguem a Sociedade Torre de Vigia presas ao medo.

 

De sua sede em Brooklin, Nova York, os líderes anônimos da Sociedade governam sobre um "reino" que se estende pelo mundo todo. Quase 3 milhões de Testemunhas ao redor do mundo lhes prestam obediência papal. O "reino" da Sociedade possui suas próprias leis. seus próprios tribunais, suas próprias escolas — sem liberdades.

 

Os dormitórios das fábricas abrigam milhares de operários que moram separadamente de suas famílias. Eles produzem mais de um milhão de obras literárias por dia, incluindo "Bíblias" com as palavras-chaves mudadas e acomodadas de conformidade com o ensino peculiar da Sociedade Torre de Vigia.

 

Armada com essa literatura enganosa, cada Testemunha de Jeová é obrigada a ir de porta em porta pregando as "boas novas" — não o evangelho de Cristo, mas uma proclamação falsa de que Cristo já voltou à terra em 1914 e colocou a responsabilidade do reino de Deus nas mãos dos líderes das Testemunhas.

 

O oferecimento das Testemunhas de "realizar um estudo bíblico em seu lar" abre muitas portas. O estudo da Bíblia é prontamente desviado para um dos livros da Sociedade Torre de Vigia, e aí começa o processo de lavagem cerebral. As pessoas sem profunda convicção religiosa não são problema para uma Testemunha que esteja bem doutrinada. Como resultado, muitos milhares de pessoas são levadas cada ano para esta organização.

 

As pessoas enganadas e presas pela Torre de Vigia necessitam de ajuda, e não de atitudes grosseiras. É difícil para elas escapar da armadilha em que se meteram. Se você tem parentes e amigos na Sociedade Torre de Vigia e deseja ajudá-los, o melhor que pode fazer é procurar o conselho e assistência de um pastor cristão.

 

A verdadeira liberdade vai mais além de evitar e escapar de organizações opressoras religiosas ou políticas. A verdadeira liberdade é também libertação do pecado, da culpa, do medo e de qualquer condenação.

 

Esta liberdade só pode ser encontrada em Cristo. Ele sofreu por nós e morreu na cruz para que os homens fossem verdadeiramente livres (João 8:32; 14:6). Jesus ressuscitou dos mortos. Ele está vivo. Vá diretamente a Ele e reconheça-O como Salvador e Senhor — hoje mesmo — David Reed

 

A proclamação de David Reed faz eco a numerosas outras, que vêm sendo divulgadas pela imprensa. É valioso alerta.

 

Dom Estêvão Bettencourt (OSB)


Pergunte e Responderemos - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
6 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8277247)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?30.01
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.42
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.27
Diversos  Apologética  4130 Paulo desprezou Pedro?11.95
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.22
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.17
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino10.79
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.23
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo9.02
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns8.38
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.34
Diversos  Mundo Atual  4129 Direto do Inferno8.19
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.92
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?7.86
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.76
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?7.69
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.56
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.31
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos7.30
Vídeos  Mundo Atual  4128 A 'Humanae Vitae' e a apostasia dos cristãos7.11
Diversos  Protestantismo  3970 A prostituição da alma7.06
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.05
Diversos  Prática Cristã  4123 Sete coisas que eu aprendi com a pornografia6.93
PeR  Ciência e Fé  0558 Coma Reversível e Coma Irreversível6.70
A maior prova do erro protestante está na cara de todos: DIVIDIR o cristianismo. O Espírito Santo não habita em divisões.
Claudio Maria

Católicos Online