Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Pregações: Teologia - Por que sofro tanto? - por Padre Paulo Ricardo

(áudio)

Por que sofro tanto?

No episódio de hoje Padre Paulo Ricardo responde à seguinte pergunta: “Por que sofro tanto? Do que valeu ter sido fiel a Deus na pureza, na castidade, aos valores da família e assídua na participação da Santa Missa?”

Hoje, uma moça amargurada questiona a prosperidade de tantos que não seguem a moral católica... enquanto os que são fiéis, por que sofrem tanto? O que fiz de errado ela pergunta?

Primeiros vejamos o problema pelo aspecto teológico.
A situação de Jó do AT. O livro de Jó termina sem resposta, por que o justo padece enquanto os ímpios prosperam?
A resposta a essa questão vem com a vida eterna, com Jesus Cristo crucificado, morrendo na cruz a morte mais miserável que possa existir para nos abrir a porta e a felicidade dos céus. Ele proclama as bem-aventuranças.
A educação "seja boazinha que você vai prosperar" não é completa, pois a verdadeira felicidade não se busca na terra, mas nos céus, em Deus.
NSJC não disse 'bem-aventurados os espertos porque deles é o reino da terra', mas disse 'bem-aventurados os pobres de espírito porque deles é o reino dos céus'.
O cristianismo não se realiza na terra, mas no céu.
Há algo errado num cristianismo que está voltado para a prosperidade. Os que pensam assim ficariam mais bem ambientados na igreja do 'bispo' Macedo que promete a felicidade aqui na terra. A Igreja de Cristo nunca prometeu isto a ninguém.

Eu me recordo de um testemunho de um filho espiritual do Padre Pio dizendo-lhe 'eu queria ser santo'. O padre Pio respondeu-lhe 'está bem, mas é uma vida de cachorro'...
Neste mundo egoísta, quem quiser viver o amor será visitado pela cruz.
A felicidade nesta terra está sempre misturada com dor. Felicidade plena e eterna, só no céu.
Até aqui resolvemos um problema teológico.

Tentemos agora uma direção mais espiritual.
Não sejamos hiper-sensíveis. Antes da conversão Sta Terezinha chorava e depois chorava porque tinha chorado. Não devemos nos lamentar e viver uma vida esperando uma colônia de férias!
Não devemos invejar os amigos que vivem uma vida devassa e prosperam, tendo todo tipo de regalia material. Invejar isto é não entender o quanto isto é vazio. Se Deus prometesse isto na terra, estaria fazendo o papel do enganador (igual ao diabo). Ele nos fez para uma felicidade eterna, muito mais plena.

Sto Agostinho: 'Todos querem ser felizes. Como procurar a Vós, Senhor, meu Deus, visto que procurando a Vós procuro a bem-aventurança e a felicidade? Fazei com que Vos procure para que minha alma viva, porque meu corpo vive de minha alma e minha alma vive de Vós'.
A realidade é que só Deus pode nos satisfazer plenamente.

Há tantas famílias que vivem desunidas?
Provavelmente a causa é que estão procurando o paraíso na terra, uma felicidade que ninguém é capaz de fornecer.
Quem casa pensando que vai ser feliz e criar um paraíso na terra, está se iludindo e vai provavelmente terminar fazendo de sua família um inferno.

Um psicólogo judeu, Viktor Frankl, dizia: 'a felicidade é algo que não se obtém quando se busca diretamente, ela se obtém quando abraçamos uma missão árdua'. Isto é que nós cristãos chamamos de cruz e que dá sentido às nossas vidas.

Não devemos invejar os maus. Devemos nos arrepender sim é do pecado. Não devemos nos arrepender de fazer o bem ou de sermos fieis à educação católica, porque as alegrias deste mundo são passageiras e Deus nos fez para uma felicidade muito maior e eterna.

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
11 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9834015)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?87.72
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns27.73
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação16.01
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo14.51
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?14.06
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.50
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.93
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?11.65
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.46
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.65
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes9.96
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.98
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?8.67
Vídeos  Testemunhos  4175 Professor de Harvard se converte8.59
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes8.39
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade8.21
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?8.01
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.82
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.60
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.47
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.86
Diversos  Apologética  3960 Deus não divide sua glória com ninguém?6.66
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.49
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos6.45
Se Cristo veio ao mundo para salvar e não para condenar (cf. Jo 3,17), a existência da Igreja visível de Cristo não poderia ser motivo de condenação para a maioria do gênero humano, que talvez não lhe pertença visivelmente, mas certamente lhe pertence invisivelmente.
Dom Estêvão Bettencourt

Católicos Online