Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Pregações: Homilias - Amor Não é Utopia - por Padre Paulo Ricardo

Qual o Maior Mandamento?
Amor não é utopia
30o domingo do tempo comum, o evangelho do amor.

O amor que devemos dar a Deus é o primeiro mandamento, mas não é o primeiro capítulo da história. “Nós amamos, porque Ele nos amou por primeiro” (1Jo 4,19). E este amor primeiro se fez carne, tornou-se verdadeiro Corpo e morreu por nós na cruz. A partir disto o amor não é mais uma utopia, ele é “tópico”, ele tem um lugar: está no sacrário e, se o recebemos, está em nossos corações. Assim, podemos ter a esperança de amar a Deus e ao próximo.

Após entrar em Jerusalém, Jesus criou diversos conflitos com os chefes judeus.
Neste domingo, mais uma vez um grupo de líderes judeus tenta provar Jesus com uma pergunta mal-intencionada: 'Mestre, qual o maior mandamento?'

Jesus então resume todos os mandamentos a dois: 'Amar a Deus e ao próximo'.
De onde Jesus tirou esses mandamentos?
É interessante notar que esses dois mandamentos não estão na lista dos dez mandamentos revelados a Moisés (Êxodo).
Nestes dez, o primeiro é 'não terás outros deuses'.
É preciso compreender a história de Israel, pois quando Deus revelou a Moiséis os dez mandamentos, Ele queria que Israel não tivesse outros deuses. O povo ainda não estava em condições de amar a Deus; antes, o povo precisava entender que só existe UM Deus e abandonar a idolatria.
Deus se preocupou primeiro em mostrar o seu amor a um povo que tinha grande dificuldade de evitar a idolatria.
No retorno do exílio da Babilônia Deus finalmente pede ao povo que O ame (Deuteronômio cap 5): 'amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração', escrito muitos séculos depois de Moisés, no tempo do pós-exílio.
Deus nos amou durante séculos... e só depois de longos séculos de batalha contra a idolatria, Deus nos pede o amor. Ninguém jamais tinha imaginado que Deus quisesse ser amado. O povo de Israel sabia que Deus os amava, mas ninguém tivera a ousadia de amar a Deus, pois o povo apenas servia a um Deus poderoso e onipotente.

E nós? Vemos que não damos conta de amar a Deus de todo coração, algo que parece humanamente um peso insuportável, amar a Deus com tamanha perfeição! Estamos perdidos...
É neste momento que Deus se faz carne. Esta é a boa notícia.
O amor não é algo abstrato, uma quimera, uma fantasia. Ele se fez carne, ele se fez presente no meio de nós, Ele está conosco: Jesus.
Essa notícia precisa se dada repetidamente para que as pessoas não desanimem.

'Padre, eu não nasci para ser casto'.
Se você não nasceu para ser casto, então o amor é impossível, é um ideal inalcançável e você só nasceu para usar e ser usado. Mas isto não é verdade! Existe o amor que morreu na cruz por nós, que está vivo em nosso meio, ao alcance de nossas mãos na Eucaristia! Nós que vivemos rodeados de tantos corpos falsos, mulheres e homens que investem em seu próprio corpo a base de silicone, botox, pinturas, anabolizantes, academias ... um corpo falso que não ama, enquanto o corpo verdadeiro está pregado na cruz.
Corpos falsos porque não amam, porque só querem usar e serem usados.
Mas olhamos para a cruz e ali vemos o corpo verdadeiro, vivo no sacrário. Precisamos nos ajoelhar diante desse corpo verdadeiro, Salve Cristo! Um amor que se encarnou e não é utópico, não é abstrato!

Se o amor não tivesse encarnado, viveríamos um suplício de Tântalo, personagem da mitologia grega punido para ter uma sede eterna vivendo num paraíso. Ou seja, um desejo impossível. Ele vê a água, mas nunca consegue alcançá-la. Ele vê as frutas, mas não consegue comê-las. Uma tortura.

Deus é um deus ciumento, mas de um ciúme santo. O ciúme ruim diz 'e eu, como é que EU fico?'. O ciúme santo diz 'se você me trair, pobre de você... como é que VOCÊ fica?', porque se importa conosco, fruto do verdadeiro amor.
Não que Deus precise de nós, mas somos nós que precisamos Dele. Deus se ofende com nossas faltas porque Deus vê que assim nos detruímos.
Você que acha que a castidade é impossível, você fere o coração de Deus que lhe vê correndo atrás de ídolos falsos e se destruindo.

Deus nos amou primeiro. A graça veio e agora o Amor está ao nosso alcance. Ave Verum Corpus. Louvemos a Ele porque está conosco.
Mas, é preciso também que façamos a nossa parte. A segunda parte do mandamento: amar ao próximo. Quem ama a Deus, ama o próximo. Quem não ama o próximo, não ama a Deus.
E por que não somos capazes de amar o próximo?
Porque esquecemos que o Amor existe! Se você crê no amor de Deus, então você é capaz de amar. Por isso a fé é fundamento da caridade e do amor.
Você não é um sujeuito carente, você SABE, não é SENTIR; por causa de nossas feridas afetivas, sentimos e pensamos que não somos amados suficentemente, somos vítimas...
Ficamos mendigando amor e nos esquecemos do amor de Deus em Jesus! Pare de se fazer de vítima, de ser como criança não amada! Você É amado. Já fomos amados, Deus nos amou primeiro, CREIA. Se você CRÊ que é amado, então você pode amar os outros, você não é mais vítima, mas um vaso que transborda. Somente assim você vai vencer essa depressão estúpida, essa tristeza sem fim. CREIA, se ponha de joelhos diante do Corpo Verdadeiro, sabendo que você é amado com amor transbordante e vá, ame você também!

Fonte: site Christo Nihil Praeponere

Católicos Online - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8282783)/DIA
Diversos  Espiritualidade  4131 Dez conselhos na luta contra o demônio32.73
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?30.02
Diversos  Teologia  4132 A existência de Deus29.41
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação14.43
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.30
Diversos  Apologética  4130 Paulo desprezou Pedro?11.35
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.23
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.21
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino10.80
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.24
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo9.01
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns8.47
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.34
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?7.98
Diversos  Mundo Atual  4129 Direto do Inferno7.93
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.91
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista7.74
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?7.73
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.56
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.32
Diversos  Testemunhos  3465 Ex-pastor conta como fazia para converter católicos7.31
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová7.05
Diversos  Protestantismo  3970 A prostituição da alma7.03
Vídeos  Mundo Atual  4128 A 'Humanae Vitae' e a apostasia dos cristãos6.96
É no pecado que está a raiz de todos os males, não importa partido ou ideologia. É ilusão debater as consequências do pecado sem atacar a causa.
Claudio Maria

Católicos Online