Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 528 – junho 2006

"COM AMOR ETERNO EU TE AMEI"

(Jr 31,2)

 

Estas palavras da Escritura significam que Deus nunca existiu sem amar a cada um de nós. - Tal é a verdade mais típica do Cristianismo,... verdade que o diferencia de qualquer religiosidade meramente filosófica ou natural. Sim; para a filosofia grega, Deus não pode amar o que não é perfeito, ao passo que, para o Cristianismo, Deus cria valores e os ama irreversivelmente; Ele não pode dizer Não após ter dito Sim; mesmo quando recebe um Não da parte da criatura livre (cf. 2Tm2, 11-13).

 

E por que Deus cria valores que Ele ama?

 

Porque, como diz a Filosofia, o Bem é difusivo ou comunicativo de si. Ora Deus é o Sumo Bem. Logo é sumamente comunicativo de si. Ele vê em cada criatura um reflexo da sua Sabedoria ou uma idéia de Deus que se vai realizando.

 

Como explicar esse amor diante dos males que ocorrem na história dos homens?

 

Deus não pode ser o autor desses males. Eles se devem à criatura, que, limitada como é, pode agir em desarmonia com o verdadeiro Bem. Deus não quer, mas permite, o mal da criatura livre, pois não lhe deu uma liberdade teleguiada. O procedimento de Deus nesses casos consiste em tirar dos males dos homens bens ainda maiores. Assim o primeiro pecado foi ocasião de uma recriação do gênero humano encabeçado por um novo Adão, que nos deu muito mais do que perdemos com o primeiro Adão. Nem sempre vemos o bem que resulta de cada mal, mas podemos dizer com a Filosofia grega: pathos mathos (sofrimento é escola e educação). O sofrimento burila o ser humano, liberta-o do egoísmo e o faz mais sequioso dos verdadeiros valores.

 

Estas verdades são enfatizadas pelo autor sagrado, quando compara nossas dores à educação que todo bom pai presta a seus filhos (cf. Hb 12, 5-15). O pai que ama, não deixa seu filho "solto", mas submete-o à disciplina para o bem do educando, ao passo que o filho bastardo é deixado pelo pai no emaranhado de seus caprichos. Deus não castiga como o homem castiga, mas permite que o homem se castigue pelo pecado a fim de que volte mais consciente para o regaço do pai. É o que insinua a parábola do filho pródigo: o pai deixa partir o filho sonhador, para que ele possa voltar à casa paterna enojado do pecado e mais firme no amor ao pai.

 

Em suma, podemos dizer: um Deus imperfeito, sem providência ou autor de males não é Deus. Mais lógico seria não crer do que crer num Deus omisso ou injusto. Nem sempre O compreendemos porque Ele vê mais longe do que nós, harmonizando traços que nos escapam.

 

Pois bem; é esse amor eterno de Deus que quis pulsar num coração humano ou no Coração de Jesus; Ele o quis para dizer-nos que não é indiferente aos nossos infortúnios, mas os assume e os santifica, tornando-os canais que levam à vida eterna. Ele se manifestou no século XVII a Santa Margarida Maria apontando o descaso dos homens. E exortou à reparação e consagração.

 

É esta temática que solicita a piedade cristã no mês de junho.

 

 

Dom Estêvão Bettencourt (OSB)


Pergunte e Responderemos - Bíblia Católica - Catecismo
Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
5 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 9430824)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?82.37
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns22.92
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.26
Diversos  Apologética  4169 Comer sua carne literalmente?14.22
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.76
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo13.62
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.20
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino12.08
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.21
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.85
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?10.64
Pregações  Protestantismo  4167 Onde está na Bíblia ...10.06
Pregações  Mundo Atual  4170 A Ditadura do Relativismo9.93
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes8.68
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria8.37
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.87
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.84
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.82
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.72
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.71
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?7.52
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.40
Pregações  Apologética  4171 Há cristianismo sem Igreja?6.95
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.94
Um membro doentio ou anêmico transmite menos vitalidade do que outro plenamente sadio. Por isto se diz com razão que Deus quer salvar a uns mediante outros, Cristo quer comunicar sua ação redentora aos membros do seu Corpo Místico, para que, de um modo ou de outro, colaborem (por graça de Deus) na mais importante de todas as obras, que é a santificação e a salvação dos homens.
Dom Estêvão Bettencourt

Católicos Online