Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 516/junho 2005

Notícias

Contestado o Ministério:

 

ABORTO POR ESTUPRO

 

O Prefeito César Maia baixou um decreto que contradiz a norma do Ministério da Saúde e por isto merece especial consideração.

Abaixo seguem-se o texto do decreto e seus antecedentes.

1. O Decreto

DECRETO N° 25123 DE 11 DE MARÇO DE 2005

Dispõe sobre serviços médicos nas unidades de saúde do Município do Rio de Janeiro.

O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais; considerando a norma do Ministério da Saúde divulgada amplamente pela imprensa; considerando os riscos de grave afetação á norma jurídica vigente;

DECRETA

Ari. 1o As unidades de saúde da rede municipal não acatarão a norma técnica do Ministério da Saúde que autoriza os serviços médicos a realizarem abortos em casos hipotéticos de estupro, sem a necessidade de apresentação de registro de ocorrência policial.

Art. O descumprimento deste decreto implicará responsabilidades legais relativas.

Art. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Rio de Janeiro, 11 de março de 2005 -441° ano da fundação da Cidade.

CESAR MAIA

2. Os antecedentes

O Código Penal brasileiro, em seu artigo 128, isenta de qualquer sanção a mulher que efetue aborto em caso de estupro e em perigo de vida. Esta despenalização não quer dizer que o aborto em tais casos deixe de ser crime. É sempre crime, mas nos dois casos apontados a autora do crime não é punida, porque já se acha bastante traumatizada pelo estupro ou pelo perigo de vida. Algo de análogo ocorre quando um filho rouba do pai: não é punido, pois ele e os seus já estão assaz penalizados pela ocorrência de um crime em família.

Valendo-se do citado artigo 128, o Ministério da Saúde baixou em dezembro de 2004 uma Norma segundo a qual "a mulher, [em caso de estupro], não é obrigada a registrar queixa na polícia; o médico deve atender-lhe do mesmo jeito. Caso depois se constate que a gravidez não havia sido resultado de violência sexual, diz a Nota, o médico não poderá ser punido, uma vez que agiu com base em informações que legalizavam a prática do aborto".

Com esta nova Norma, anunciada pelo Ministério da Saúde, o aborto poderá ser livre e indiscriminadamente praticado em todo o país, apesar de continuar formalmente sendo um crime previsto no Código Penal. Efetivamente, de acordo com a nova Norma, basta a mulher declarar que foi estuprada, para ter direito a abortar seu filho. Assim sendo, qualquer médico que pratique abortos clandestinamente, poderá alegar em sua defesa que as mulheres todas que o procuraram para fazer aborto afirmaram ter sido estupradas. Mesmo que o próprio médico reconheça a improbabilidade de que vinte ou mais mulheres que o procurem diariamente tenham realmente sido estupradas, ele poderá alegar simplesmente que a Norma Técnica do Ministério da Saúde o obriga a acreditar nelas sem necessidade de nenhum outro questionamento. Uma vez aceita esta situação pela sociedade e pelo ordenamento jurídico brasileiro, o próximo passo seria a imediata legalização do aborto, que é o que se pretende de fato.

É a esta situação que o decreto de César Maia deseja opor-se.

De resto, o Supremo Tribunal Federal houve por bem lembrar ao Ministério da Saúde que o Poder Executivo não possui a faculdade de legislar, dado que esta compete ao Legislativo.

Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
3 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 8909827)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?32.20
Vídeos  Doutrina  4160 Tudo está consumado20.69
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns17.04
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação15.01
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?13.48
Vídeos  Milagres  4159 Imagens intactas em catástrofes!13.31
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?12.94
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino11.86
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo11.32
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia11.04
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas10.94
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?9.74
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?8.02
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra7.89
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade7.83
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?7.61
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo7.46
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes7.39
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes7.22
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria7.09
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.06
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.99
Diversos  Anjos  3911 Confissões do demônio a um exorcista6.97
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?6.86
Milagres são SINAIS da ação de Deus com uma intenção muito além do próprio milagre.
Padre Paulo Ricardo

Católicos Online