BÍBLIA CATÓLICA ONLINE

      Dicionário | AVISOS | Reiniciar  ||  Início  ->  Bíblia  


Bíblia Online
   
Livro:
Capítulo:

Pesquisar na Bíblia:

<- no máximo

Publique a bíblia acima
em seu blog ou site!



Pesquisa da bíblia

PROFETAS MAIORES: Livro de Isaías (Is), capítulo 14 |
1A VOLTA DO EXÍLIO
Sim, o SENHOR terá compaixão de Jacó, continuará escolhendo Israel, vai assentá-los na sua terra, o migrante vai juntar-se a eles, integrando a casa de Jacó.
2Povos os recolhem, a fim de levá-los a seu lugar; a casa de Israel os possuirá, na terra do SENHOR, fazendo-os escravos e escravas. Farão cativos os que os aprisionaram, dominarão aqueles que os dominaram.
3SÁTIRA SOBRE O REI DA BABILÔNIA
Naquele dia, quando o SENHOR te livrar do sofrimento, do teu desespero e da escravidão que te foi imposta,
4deverás cantar em tom de desafio ao rei da Babilônia: “Como acabou o ditador! Como acabou a arrogância!
5O SENHOR quebrou o bastão do opressor, a vara do dominador,
6que castigava o povo com violência, com torturas que não acabavam mais; que com raiva subjugava as nações, em perseguição sem limite.
7Agora o país inteiro vai bem, tranqüilo, e todos entoam um cântico!
8Estão rindo de ti até os ciprestes, e os cedros do Líbano. Dizem: ‘Depois que tu te deitaste, ninguém mais sobe aqui para nos cortar!’
9A mansão dos mortos, nas profundezas, por tua causa se agita, prepara-te uma recepção. Acorda os grandes da terra que estão naquelas sombras, faz levantarem-se dos tronos os reis todos das nações.
10E todos eles te acolhem dizendo: ‘Também tu foste derrubado como nós! Acabaste igual a nós!’
11Teu esplendor foi jogado na sepultura, junto com a música de tuas harpas. Teu colchão agora é de vermes, tua coberta é de bichos.
12Como despencaste das alturas do céu, tu, estrela da manhã, clarão da madrugada? Estás derrubado por terra, tu que derribavas as nações!
13Bem que havias planejado: ‘Hei de subir até o céu e meu trono colocar bem acima das estrelas divinas, hei de sentar-me no alto das montanhas, pelas bandas do norte, onde os deuses se reúnem!
14Vou subir acima das nuvens, tornando-me igual ao Altíssimo!’
15Foste, porém, precipitado à mansão dos mortos, chegaste ao fundo do Abismo!
16Quem te vê fica olhando, observando. É este o homem que abalou a terra, que fez tremerem os reinos,
17que fez do mundo um deserto, destruindo todas as cidades. É este quem aos prisioneiros jamais abria o cárcere.
18Os reis das nações são sepultados com honras, cada qual no seu túmulo.
19Tu, porém, serás jogado fora, sem sepultura, como “adubo-de-bolor”, coberto de gente assassinada, corpos traspassados pela espada, cadáveres jogados sobre a pedra do túmulo. Cadáver pisoteado,
20não irás juntar-te aos outros na sepultura! Foi a tua pátria que humilhaste, assassinaste o teu próprio povo. Geração de malfeitores nunca será lembrada.
21Decretai a matança dos filhos, por culpa de seus pais! Que não se levantem de novo para se fazerem donos da terra e mais uma vez encherem o mundo de ruínas.
22“Hei de levantar-me contra eles, – oráculo do SENHOR dos exércitos –, para tirar da Babilônia o nome e os sobreviventes, a semente e a geração, diz o SENHOR.
23Farei dela propriedade dos ouriços e uma região de brejos. Hei de varrê-la com a vassoura da ruína”, diz o SENHOR dos exércitos.
24A ASSÍRIA
Assim jurou o SENHOR dos exércitos: “Do jeito que pensei, assim será! Tudo o que planejei realizar-se-á:
25Liquidar a Assíria dentro da minha terra, no alto da minha montanha pisoteá-la. Sairá do pescoço a canga que ela colocou, dos ombros cairá a carga que ela impôs”.
26É esse o plano a respeito da terra inteira, o braço já erguido contra todas as nações.
27Se o SENHOR dos exércitos planejou quem há de revogar? Se o braço ele ergueu, quem vai fazê-lo recolher?
28A FILISTÉIA
No ano em que morreu o rei Acaz veio-me esta proclamação:
29“Não te alegres, Filistéia inteira, só por ter-se quebrado a vara que te batia! Pois, de geração de víboras, só nascem outras víboras, seu produto é serpente voadora.
30Mas os filhinhos dos pobres poderão matar a fome, os humildes da terra poderão dormir tranqüilamente. A tua gente, porém, hei de matar de fome o que restar de ti, liquidarei.
31Geme, ó porta! Grita, cidade! Treme Filistéia inteira! É uma nuvem que vem lá do norte, sem que ninguém abandone o seu posto”.
32Que resposta terão os mensageiros desta nação? “Foi o SENHOR quem fundou Sião, lá se abrigam os pobres, seu povo.”

PESQUISAR
 


Bíblia Católica Online